Até logo, eu espero

  • Até logo, eu espero
  • Até logo, eu espero
  • Até logo, eu espero
  • Até logo, eu espero

À bientôt, j'espère (França 1967).

De Chris Marker. Documentário em preto e branco/45’.


Em 1967, uma greve de um novo gênero (ocupação, reivindicações, animação cultural) eclode na usina Rhodiaceta em Besançon. A reportagem foi julgada inaceitável pela ORTF (órgão público de rádio e TV francês da época) que a proibiu. Ao término de um interessante confronto, ele é exibido, junto com um debate entre gente séria, que acrescenta algo ao pitoresco desta aventura e que será mostrado aqui pela primeira vez.


Formatos disponíveis para locação

Presente na coleção