Documentários

Há 425 registros disponíveis.

Documentários

François Truffaut, uma Autobiografia

François Truffaut, uma Autobiografia

François Truffaut, une autobiographie (França 2004). De Serge Toubiana. Em cores/78’.

Sinopse, Solicitar a locação deste filme, Disponível em DVD

Sinopse


François Truffaut guardava tudo porque queria conservar as marcas... Anne Andreau as seguiu para vinculá-las aos temas prediletos do cineasta, aqueles que encontramos em cada um dos seus filmes. Valorizando e considerando o testemunho que representa esta herança, este filme revela a ligação oculta, mas muito presente, de François Truffaut com o público de hoje em dia.

DVD

Françoise Héritier e as leis do gênero

Françoise Héritier e as leis do gênero

Françoise Héritier et les lois du genre (França 2009). De Anne-France Sion. Em cores/48’.

Sinopse, Solicitar a locação deste filme, Disponível em IFcinéma

Sinopse


Héritier, antropóloga, desenvolveu suas idéias sobre a organização da relação hierárquica entre gêneros e suas origens. De sua pesquisa sobre parentesco, ela também destacou as várias regras de alianças e de filiação inventadas pelas sociedades. Filmado no Museu de História Natural e em sua casa na Grã-Bretanha, o documentário sobre Heritier pinta uma história de sua pesquisa desde seu primeiros terrenos na África até o Collège de France. Ela explica os métodos que desenvolveu para estabelecer registros de parentesco entre os Samo em Haute Volta, mostrando a sua complexidade. Ela fala de mitos de origem e, em particular, no papel das mulheres na procriação, evoca o interesse que teve em presidir o Conselho Nacional de AIDS e alerta a geração mais jovem, chamando-os a permanecer vigilantes sobre os modos de representação do masculino / feminino.

IFcinéma

  • Free Radicals
  • Free Radicals
  • Free Radicals

Free Radicals

(França 2010). De Pip chodorov. Com ¨Timotei Duma. Em cores/82’.

Sinopse, Solicitar a locação deste filme, Disponível em DVD

Sinopse

O que é cinema experimental? Artistas e Poetas trabalhando com a celulóide antes da Primeira Guerra Mundial sempre se viram em uma "terra de ninguém". Excluídos tanto do mundo da arte quanto da industria cinematográfica, eles corajosamente criaram uma rede independente de produção e exibição para suas obras, o que fez com que se desenvolvesse um profundo corpo de trabalho que influciou e continua influenciando a nossa cultura.

DVD

  • French Waves
  • French Waves
  • French Waves

French Waves

(França 2017). De Julian Starke. Em cores/65’. Classificação etária LIVRE.

Sinopse, Solicitar a locação deste filme, Disponível em IFcinéma

Sinopse

Através dos testemunhos dos artistas emblemáticos de ontem e de hoje, da França e de outros lugares, French Waves conta a história da música eletrônica francesa do ponto de vista da geração mais jovem. Destaca raízes americanas, raves ilegais e o fenômeno French Touch, uma tendência musical cujo papel foi decisivo para o reconhecimento da música eletrônica no mundo.

IFcinéma

  • Glenn Gould - Além do Tempo
  • Glenn Gould - Além do Tempo
  • Glenn Gould - Além do Tempo

Glenn Gould - Além do Tempo

Glenn Gould - Au-delà du temps (França 2004). Em cores/106’. Classificação etária Livre.

Sinopse, Solicitar a locação deste filme, Disponível em DVD

Sinopse

De Bruno Monsaingeon.

O filme é um retrato de Glenn Gould. O diretor tenta entender a essência da genialidade do pianista e sua relação passional com seu público no mundo inteiro, muito mais amplo que a noção restrita de público musical. Glenn Gould parece estar respondendo às indagações de interlocutores anônimos, e aparece como o mestre da narração do filme. Baseando-se num conjunto de documentos existentes sobre Gould, Bruno Monsaingeon trata da questão da maestria do artista que, 20 anos após a sua morte, permanece uma das figuras mais singulares e celebradas do mundo da música clássica. * Ganhou o FIPA de Ouro em 2006. *

DVD

  • Globalização: Violência ou Diálogo?
  • Globalização: Violência ou Diálogo?
  • Globalização: Violência ou Diálogo?
  • Globalização: Violência ou Diálogo?
  • Globalização: Violência ou Diálogo?

Globalização: Violência ou Diálogo?

Mondialisation, violence ou dialogue? (França 2002). De Patrice Barrat. Em cores/52’.

Sinopse, Solicitar a locação deste filme, Disponível em DVD

Sinopse


Após os violentos eventos de Seattle e Gênova, por ocasião das cúpulas do G8, vêm o 11 de setembro e suas repercussões mundiais. A ideologia do Bem contra o Mal, a de uma guerra entre diferentes culturas e o confronto entre religiões também se enquadram no âmbito da globalização. Uma reflexão sobre o início do nosso século se revela indispensável, pois embora, por enquanto, as oposições entre partidários e contestadores da globalização sejam apenas verbais, não deixa de ser verdade que as visões antagonistas entre “a sociedade civil” e “os poderes instituídos” são tão generalizadas que o nosso mundo pode vir a cair na armadilha de forças que o paralisarão.
* Selecionado no Festival do Filme de Shanghaï, 2002;
* CinemAmbiente; Festival do Filme do Meio-Ambiente, Itália, 2002;
* 7o Festival do Filme do Meio-Ambiente, Turquia, 2003;
* Rencontres Médias Nord-Sud, 2003;
* Festival de Bombai, WSF, 2003. *

DVD

Goretti

Goretti

(França, Ruanda 2005). De Diana Igirimbabazi. Em cores/13’.

Sinopse, Solicitar a locação deste filme, Disponível em DVD

Sinopse


Com 16 anos, Goretti é a chefe da família. Seus pais morreram de Aids e desde então ela teve que interromper os estudos para cuidar sozinha de seus cinco irmãos.

DVD

Este filme requer a autorização do distribuidor para cada solicitação de locação.

Grande Litoral

Grande Litoral

Grand Littoral (França 2003). De Valérie Jouve. Em cores/20’.

Sinopse, Solicitar a locação deste filme, Disponível em DVD

Sinopse


A surdina incessante dos carros que passam no litoral de Marselha e os personagens que às vezes se cruzam, acompanhando o ritmo de um vasto território urbano, vazio, cheio, que se encerra sem começo nem fim, infatigavelmente... Fotógrafa de renome, Valérie Jouve dirige seu primeiro filme, multicolorido, com sons multiplos: Ela interroga nossos hábitos de percepção, as ressonâncias de tudo que nos rodeia, o mais banal, a auto-estrada e o supermercado, o homem e a mulher em busca de uma outra sensualidade.
* Selecionado no FIDMarseille 2003;
* Prêmio Georges de Beauregard *;
* Prêmio Son *.

DVD

  • Gritos de Corpos
  • Gritos de Corpos

Gritos de Corpos

Cris de corps (França 2003). Em cores/52’.

Sinopse, Solicitar a locação deste filme, Disponível em DVD

Sinopse

Filme de Céline Serrano.


Entrar no processo de criação de O. More, espetáculo criado em 2001 por Bernardo Montet, consiste em retraçar uma grande viagem. No Senegal e em Brest (França), Céline Serrano acompanhou o coreógrafo e os intérpretes nas suas pesquisas, captando momentos de dança, trocas de ideias e reflexões: corpos que dançam na areia, intérpretes que trabalham com textos lidos em diversos idiomas ou permanecem em segundo plano, de onde pode, a qualquer momento, surgir um grito. “O ser humano é modelado a partir do que acontece ao seu redor”, acredita Bernardo Montet. O coreógrafo, à escuta desta sensação, finca o seu movimento – um estado físico, um estado de consciência, no qual se vem gravar uma determinada ideia do corpo. O.More dá corpo a esta idéia, delineando um horizonte nômade em que a dança aprofunda a sua identidade e questiona tudo o que vem de fora, as suas diferentes situações, a imagem em duplicata e a violência. O filme acompanha as diversas etapas desta criação, em que todos os intérpretes são do sexo masculino: três músicos Gnawa e seis dançarinos originários de países longínquos: Quênia, Gabão, Marrocos, Grécia e Costa do Marfim. No segredo dos corpos, jaz uma figura idêntica, a de Otelo. Juntos, tornam-se mouros, um coral com uma única partição coreográfica, onde se inventa um novo poema épico de enigmáticos rituais. I-. F.
DVD 10 da coleção "Paisagens Coreográficas Contemporâneas".

DVD

Guerra e Paz no Jardim

Guerra e Paz no Jardim

Guerre et Paix dans le Potager (França 2006). Em cores/104’.

Sinopse, Solicitar a locação deste filme, Disponível em DVD

Sinopse

Um filme de Jean-Yves Collet.

A pequena horta familiar de Moulin Neuf não é um jardim qualquer. Para não poluir o solo, a fim de comer legumes saudáveis, e para não transformar o local em deserto higienizado, os jardineiros não usam menor resquício de produto químico, isto já há mais de vinte anos. Esta horta orgânica é filmada como uma selva povoada por milhares de animais e alguns gigantes...os jardineiros!

DVD

Este filme requer a autorização do distribuidor para cada solicitação de locação.