8ª Mostra Internacional de Cinema de Belo Horizonte

8ª Mostra Internacional de Cinema de Belo Horizonte


Belo Horizonte, 16 a 23/10/2014

CineBH – Mostra Internacional de Cinema de Belo Horizonte chega a sua oitava edição de 16 a 23 de outubro de 2014 trazendo à capital mineira uma programação abrangente e gratuita que oferece exibições de filmes nacionais e internacionais, homenagens, oficinas, seminário, debates, sessões cine-escola, mostrinha de cinema e atrações artísticas. O evento consolidou-se como plataforma de rede de contatos e negócios para o cinema brasileiro em intercâmbio com o mundo.  É instrumento de formação, exibição, difusão do cinema brasileiro, contextualiza o mercado audiovisual em diálogo e com a presença de vários países. As coproduções internacionais surgem cada vez mais como alternativa no cenário global e a Mostra CineBH se propõe ser um espaço amplo e diverso de debate e negócios sobre as oportunidades e desafios que a coprodução internacional se impõe aos produtores e cineastas brasileiros.

Presença Francesa

Este ano, a França é o país com maior presença entre os convidados do seminário Brasil CineMundi e da programação de filmes. Além da retrospectiva do diretor Olivier Assayas, com oito filmes de um dos mais premiados cineastas contemporâneos, o país estará representado com cinco produtores. Eles vão se encontrar com os demais convidados e realizadores para discutirem o mercado de coprodução e de circulação audiovisual internacional.

Na programação de filmes, além dos títulos de Olivier Assayas, serão exibidos mais seis filmes franceses: os curtas “Aissa”, “Le Retour” e “Une Vie Radieuse”; uma mostra especial com dois filmes de Luc Moullet, “Catherine Breillat – La Première Fois” e “Le Assemblée Génerale”; e o longa “Par Exemple, Electre”, de Jeanne Balibar e Pierre Leon.

 Entre os produtores no Brasil CineMundi, estão: Charlotte Uzu, sócia na Les Films d’Ici e professora em vários programas de graduação na França e exterior; Eva Morsch Kihn, administradora da plataforma profissional do Festival Rencontres Cinémas d’Amérique Latine, em Toulouse, principal evento dedicado ao cinema latino-americano na Europa; Olivier Marboef, da Spectre Productions, autor, performer e curador independente, tendo produzido filmes para exposições e que foram posteriormente apresentados em diversos festivais na França e no exterior (Cinéma du Reel, FID Marseille, CPH: Dox, Berlinale); Séverine Roinssard, fundadora e produtora da Parati Films; e Yohann Cornu, fundador da Damned Films, especializado em marketing audiovisual, produção e distribuição cinematográfica na Paris 1 Panthéon Sorbonne, tendo se envolvido na promoção de filmes como “Os Donos da Noite” (James Gray), “Sin City” (Robert Rodriguez), “Minha Terra, África” (Claire Denis) e “Filme Socialismo” (Jean-Luc Godard).

Mostra CineBH e o Brasil CineMundi colocam a capital mineira no centro do diálogo entre a produção brasileira independente e o mercado audiovisual e propõe uma reflexão em palavras e atitudes, por meio de debates, formação, convergências e difusão.

  • Confira a programação dos filmes franceses a seguir e acesse cinebh.com.br

Ordenar por: ciclo | título | data de exibição | cidade

Programação

  • Uma Vida Radiante
  • Uma Vida Radiante
  • Uma Vida Radiante

Uma Vida Radiante

Une Vie Radieuse (França 2013). De Meryll Hardt. Em cores/17’. Classificação etária Livre.

Sinopse, Belo Horizonte

Sinopse

1952, Radiant City, em Marselha, recebe os primeiros ocupantes, oito servidores civis, dos quatro cantos da França. Alguns são atraídos pela promessa do ideal de Le Corbusier.

Belo Horizonte

  • CCBB - Belo Horizonte
    23/10/2014 às 19h30
    Praça da Liberdade, 1-127 — Savassi, Belo Horizonte
Viagem à Itália

Viagem à Itália

Viaggio In Italia (França, Itália 1953). De Roberto Rossellini. Com George Sanders, Ingrid Bergman. Em cores/97’.

Sinopse, Belo Horizonte

Sinopse

Um casal em crise viaja para a Itália a fim de vender a propriedade que herdou. Em suas andanças pelas belas paisagens do país, os dois descobrem um novo sentido para suas vidas e, sobretudo, para seu amor. Katherine pressentirá, no contato com o passado italiano - tão remoto, e ao mesmo tempo tão próximo - a existência de um outro tempo, muito diferente do que rege a sociedade moderna. Nesse abismo entre o imediato e o eterno, ela começa notar a falta de sentido de sua vida sem amor. Enquanto isso, Alexander, num encontro casual com uma prostituta, se depara também com seu próprio vazio existencial. Ao final, a viagem à Itália se revela um mergulho no grande mistério da existência. Marco do cinema moderno, o filme influenciou grandes cineastas, como Michelangelo Antonioni, François Truffaut e Jean-Luc Godard.

Belo Horizonte

  • Cine Humberto Mauro - Palácio das Artes
    17/10/2014 às 14h30
    Av Afonso Pena, 1537 — Centro, Belo Horizonte