FESTIVAL DO RIO 2011

FESTIVAL DO RIO 2011


Rio de Janeiro, 06 a 18/10/2011

O Consulado Geral da França no Rio de Janeiro se une mais uma vez ao Festival do Rio para a grande festa carioca do cinema.
  • O estilista Jean Paul Gaultier será a estrela da noite do dia 09/10 quando será exibido o documentário de Farida Khelfa, Jean Paul Gaultier, quebrando as regras (às 20h, no Estação SESC Botafogo 1). A diretora estará presente.

Descubra toda a seleção francesa do Festival abaixo.
Confira os detalhes das datas e dos horários de projeção dos filmes da Semaine de la critique abaixo e de todos os filmes franceses do festival aqui.

Ordenar por: ciclo | título | data de exibição | cidade

Programação

BELA TARR

  • O Cavalo de Turim
  • O Cavalo de Turim
  • O Cavalo de Turim
  • O Cavalo de Turim
  • O Cavalo de Turim

O Cavalo de Turim

A Torinói Ló (Alemanha, França, Hungria, Suíça 2011). De Béla Tarr. Em preto e branco/146’.

Sinopse,

Sinopse


"Em Turim, em 3 de janeiro de 1889, Friedrich Nietzsche sai do imóvel da Via Carlo Albert, número 6. Não muito longe dali, o condutor de uma carruagem de aluguel está tendo problemas com um cavalo teimoso. O cavalo se recusa a sair do lugar, o que faz com que o condutor, apressado, perca a paciência e comece a chicoteá-lo. Nietzsche aparece no meio da multidão e põe fim à cena brutal, abraçando o pescoço do animal, em prantos. De volta à sua casa, Nietzsche então permanece imóvel e em silêncio durante dois dias estendido em um sofá, até que pronuncia as definitivas palavras finais ("Mãe, eu sou um idiota") e vive por mais dez anos, mudo e demente, sendo cuidado por sua mãe e suas irmãs. Não se sabe que fim levou o cavalo". Esse é o texto de abertura de O Cavalo de Turim. Béla Tarr, a partir desse evento de Nietzsche, dá prosseguimento à história, descrevendo minuciosamente a vida do condutor de uma carroça, de sua filha e do cavalo após o acontecido. Este último trabalho do diretor húngaro contém todas as marcas registradas de seu estilo inimitável, incluindo longas cenas, fotografia em preto-e-branco e raro diálogo.
* Urso de Prata em Berlim *

  • -
    31/12/1969

DARIO ARGENTO

  • O Gato de Nove Caudas
  • O Gato de Nove Caudas
  • O Gato de Nove Caudas

O Gato de Nove Caudas

Il gatto a nove code (Alemanha, França, Itália 1971). De Dario Argento. Em cores/110’.

Sinopse,

Sinopse

Faz parte da "trilogia degli animali".


O guarda de um instituto especializado em genética é assassinado. O jornalista Carlo Giordani, ajudado por um cego, investiga e descobre que pesquisadores do instituto trabalham no fator X.Y.Y. que, segundo eles, seria comum às pessoas volentas e criminosas. Uma série de assasinatos visa a impedir a investigação.

  • -
    31/12/1969
  • Quatro Moscas no Veludo Cinza
  • Quatro Moscas no Veludo Cinza
  • Quatro Moscas no Veludo Cinza
  • Quatro Moscas no Veludo Cinza

Quatro Moscas no Veludo Cinza

4 Mosche di Velluto Grigio (França, Itália 1971). De Dario Argento. Com Jean-Pierre Marielle, Mimsy Farmer. Em cores/104’.

Sinopse,

Sinopse


O músico Roberto Tobias vem sendo seguido há vários dias por um homem misterioso. Ele decide então caçá-lo até matá-lo...

  • -
    31/12/1969

DOX

  • Nem Alá, Nem Mestre
  • Nem Alá, Nem Mestre
  • Nem Alá, Nem Mestre
  • Nem Alá, Nem Mestre
  • Nem Alá, Nem Mestre

Nem Alá, Nem Mestre

Laïcicité Inch´Allah (França, Tunísia 2011). De Nadia El Fani. Em cores/72’.

Sinopse,

Sinopse


Agosto de 2010, em pleno Ramadan, sob o comando de Ben Ali e apesar da censura, Nadia El Fani filma uma Tunísia que parece aberta ao princípio da liberdade de consciência e em sua relação ao Islam… Três meses mais tarde, a Revolução Tunisiana acontece, e Nadia está lá. Enquanto o mundo árabe passa por uma fase de mudança radical, a Tunísia é novamente o país de experimentação quanto sua visão sobre religião. E se por uma vez, pela vontade do povo, um país muçulmano optasse por uma constituição laica?

  • -
    31/12/1969
  • O Mercado
  • O Mercado
  • O Mercado
  • O Mercado
  • O Mercado

O Mercado

The Market (Canadá, França, Índia 2011). De Rama Rau. Em cores/70’.

Sinopse,

Sinopse


O Mercado olha para a realidade de uma das mais lucrativas e perigosas empresas do mundo: a venda de órgãos humanos. Nos Estados Unidos todos os dias alguém morre enquanto aguarda um rim novo; no Canadá é uma a cada 3 dias. Aonde vão os pacientes para preencher esse vazio? Será que a perigosa manipulação do corpo humano transformará as favelas mundiais em depósitos de partes do corpo humano para os ricos?

  • -
    31/12/1969
  • O Primeiro Rasta
  • O Primeiro Rasta
  • O Primeiro Rasta
  • O Primeiro Rasta

O Primeiro Rasta

Le Premier rasta (França, Maurício 2010). De Christophe Farnarier, Hélène Lee. Em cores/86’.

Sinopse,

Sinopse


No começo do século passado, o jovem Leonard Percival Howell (1898-1981) deixou a Jamaica para ser marinheiro e rodar o mundo. No seu caminho, cruzou com todas as ideias que agitavam a época. Bolchevismo, Gandhi, Anarquismo, psicanálise... é com esse coquetel de ideias que Leonard “Gong” Howell volta à Jamaica para fundar em 1939 a primeira comunidade Rasta, a Pinnacle. Dela elaboram-se modos de viver e pensar que alimentarão a cultura do reggae expandida pelo mundo por Bob Marley. Trinta anos após a morte do cantor, já era tempo de prestar homenagem a Leonard Percival Howell Le Premier Rasta, cujo discurso revolucionário, político e social dialoga com os movimentos presentes hoje.

  • -
    31/12/1969

EXPECTATIVA

  • Anistia
  • Anistia
  • Anistia
  • Anistia

Anistia

Amnistie (Albânia, França, Grécia 2011). De Bujar Alimani. Em cores/83’.

Sinopse, Fortaleza

Sinopse


O governo da Albânia recém publicou uma lei permitindo aos prisioneiros casados de encontrarem suas companheiras em visita íntima uma vez por mês. Elsa vai então na data precisa a Tirana, para reencontrar seu marido preso por conta de alugueis não pagos. Sheptim também vai encontrar a esposa, presa por falsidade ideológica. Uma história de abandono começa então entre esses dois solitários.


Melhor Longa-Metragem Internacional no II Festival Lume de Cinema

Fortaleza

  • .
    31/12/1969
    Washington Soares, 85 loja 600 — Cocó, Fortaleza
  • Beleza
  • Beleza
  • Beleza
  • Beleza
  • Beleza

Beleza

Skoonheid (África do Sul, França 2011). De Oliver Hermanus. Em cores/99’.

Sinopse, Fortaleza

Sinopse


François van Heerden, um homem por volta dos seus quarenta anos, branco, de família africana, não tem mais o menor cuidado ou preocupação com sua felicidade. Está convencido que seu destino é o fracasso, e está totalmente despreparado para uma oportunidade de mudar sua vida certinha. Mas aí ele conhece Christian, de 23 anos, filho de um velho amigo, a perfeita encarnação de um jovem na flor da idade.

Fortaleza

  • .
    31/12/1969
    Washington Soares, 85 loja 600 — Cocó, Fortaleza
  • De Mãos Livres
  • De Mãos Livres
  • De Mãos Livres
  • De Mãos Livres
  • De Mãos Livres

De Mãos Livres

Les Mains libres (França 2010). De Brigitte Sy. Com Gurgon Kyap, Ronit Elkabetz. Em cores/100’.

Sinopse,

Sinopse


Barbara é diretora de cinema e trabalha no meio carcerário há vários anos. Ela prepara um filme escrito e interpretado pelos detentos em pena longa em uma cadeia central da prefireria parisiense. Duas vezes por semana, Barbara vai à Central onde ela realiza, junto com os detentos, as entrevistas que servirão de base para escrever o roteiro. Mas Barbara conhece Michel, um dos detentos do grupo. A história de amor entre eles a conduz a violar a lei.

  • -
    31/12/1969
  • Nana
  • Nana
  • Nana

Nana

(França 2011). De Valérie Massadian. Em cores/’.

Sinopse,

Sinopse


Nana tem quatro anos e vive em uma casa de pedras ao lado da floresta. De volta à escola, em um final de tarde, ela encontra na casa somente o silêncio. Uma viagem pela noite de sua infância. O mundo à sua altura.

  • -
    31/12/1969