Mostra Jean Cocteau: O Testamento de um Poeta

Mostra Jean Cocteau: O Testamento de um Poeta


CCBB SP, 01 a 26/03/2017

Trata-se de uma retrospectiva com filmes que Jean Cocteau assinou como diretor e roteirista, além de documentários sobre sua vida e filmes baseados em suas obras ou influenciados por elas. As sessões acontecem no CCBB SP entre 01 e 26 de março. Em seguida, a mostra viaja para o CCBB do Distrito Federal onde irá acontecer entre os dias 22 de março e 17 de abril. Serão exibidos os filmes Jean Cocteau: o testamento de um poetaA Bela e a FeraÁguia de Duas CabeçasO Pecado OriginalOrfeu e O Testamento de Orfeu, todos com direção do próprio Cocteau. Além de filmes baseados em obras do cineasta, como O amor de Roberto RosselliniLes Enfants Terribles de Jean-Pierre Melville e O Belo Indiferente de Jacques Demy. Filmes influenciados por Cocteau completam a programação, comoThe Hearts of Age de William Vance e Orson WellesHiroshima, Meu Amor e O Ano Passado em Marienbad de Alain Resnais, Os Incompreendidos de François Truffaut, uma série de títulos de Jacques Demy, entre outros. 

PROGRAMAÇÃO COMPLETA

Quarta, 1º de março
18h – Sangue de Um Poeta (1930), de Jean Cocteau + The Hearts of Age (1934), de William Vance e Orson Welles
19h30 – Os Guarda-Chuvas do Amor (1664), de Jacques Demy

Quinta, 2 de março
17h30 – Pele de Asno (1970), de Jacques Demy
19h30 – A Bela e a Fera (1946), de Jean Cocteau e René Clément

Sexta, 3 de março
17h30 – A Águia de Duas Cabeças (1948), de Jean Cocteau
19h30 – Vocês Ainda Não Viram Nada (2012), de Alain Resnais

Sábado, 4 de março
17h30 – Os Incompreendidos (1959), de François Truffaut
19h30 – Duas Garotas Românticas (1967), de Jacques Demy

Domingo, 5 de março
17h30 – Hiroshima, Meu Amor (1959), de Alain Resnais
19h30 – O Ano Passado em Marienbad (1961), de Alain Resnais

Segunda, 6 de março
18h – O Amor (1948), de Roberto Rossellini
19h30 – As Damas do Bois de Boulogne (1945), de Robert Bresson

Quarta, 8 de março
18h – Zero em Comportamento (1933), de Jean Vigo + The Hearts of Age (1934), de William Vance e Orson Welles
19h30 – Traité de bave et d’Eternité (1951), de Isidore Isou

Quinta, 9 de março
17h30 – Os Guarda-Chuvas do Amor (1664), de Jacques Demy
19h30 – Duas Garotas Românticas (1967), de Jacques Demy

Sexta, 10 de março
17h30 – Os Incompreendidos (1959), de François Truffaut
19h30 – Hiroshima, Meu Amor (1959), de Alain Resnais

Sábado, 11 de março
17h30 – Parking (1985), de Jacques Demy
19h30 – Vocês Ainda Não Viram Nada (2012), de Alain Resnais

Domingo, 12 de março
16h – As Damas do Bois de Boulogne (1945), de Robert Bresson
18h – Zero em Comportamento (1933), de Jean Vigo + The Hearts of Age (1934), de William Vance e Orson Welles

Segunda, 13 de março
17h30 – Les Enfants Terribles (1950), de Jean-Pierre Melville
19h30 – O Ano Passado em Marienbad (1961), de Alain Resnais

Quarta, 15 de março
15h – O Amor (1948), de Roberto Rossellini
19h30 – Sangue de Um Poeta (1930), de Jean Cocteau + O Belo Indiferente (1957), de Jacques Demy

Quinta, 16 de março
18h – A Bela e a Fera (1946), de Jean Cocteau e René Clément
19h45 – Debate

Sexta, 17 de março
18h – Jean Cocteau Autorretrato de Um Desconhecido (1985), de Edgardo Cozarinsky
19h30 – Águia de Duas Cabeças (1948), de Jean Cocteau

Sábado, 18 de março
16h – Les Enfants Terribles (1950), de Jean-Pierre Melville
18h – Cocteau e Companhia (2003), de Jean-Paul Fargier
19h30 – O Pecado Original (1948), de Jean Cocteau

Domingo, 19 de março
16h – Parking (1985), de Jacques Demy
18h – Orfeu (1950), de Jean Cocteau

Segunda, 20 de março
17h – TTraité de bave et d’Eternité (1951), de Isidore Isou
19h30 – O Testamento de Orfeu (1960), de Jean Cocteau

Quarta, 22 de março
17h30 – Os Incompreendidos (1959), de François Truffaut
19h30 – Les Enfants Terribles (1950), de Jean-Pierre Melville

Quinta, 23 de março
17h30 – O Pecado Original (1948), de Jean Cocteau
19h30 – Jean Cocteau Autorretrato de Um Desconhecido (1985), de Edgardo Cozarinsky

Sexta, 24 de março
18h – Cocteau e Companhia (2003), de Jean-Paul Fargier
19h30 – Pele de Asno (1970), de Jacques Demy

 

Ordenar por: título | data de exibição

Programação