Retrospectiva Alain Resnais - a revolução discreta da memória


Rio de Janeiro / Brasilia / Sao Paulo, 19/08 a 05/10/2008

A mostra é patrocinada pelo Banco do Brasil, com realização da organização Abajour Lilás e Jurubeba Produções.A retrospectiva apresentará, pela primeira vez ao público brasileiro, uma completa e versátil mostra da obra cinematográfica do cineasta francês, um dos maiores da história do cinema mundial, em comemoração aos 60 anos de uma carreira recheada de obras-primas. Dentre todos os filmes, exibidos em seu formato original, estaremos estreando 7 cópias novas disponibilizadas pela Embaixada da França no Brasil. São elas Guernica; As estátuas também morrem; Noite e nevoeiro; Hiroshima, meu amor; O ano passado em Marienbad; Muriel ou O tempo de um retorno; Stavisky ou O império de Alexandre.

Junto a mostra de filmes, teremos ainda o debate ALAIN RESNAIS, UM REVOLUCIONÁRIO DISCRETO?, com Cézar Migliorin, Consuelo Lins e Simplício Neto, e o curso TEMPO E MEMÓRIA: O CINEMA DE ALAIN RESNAIS, ministrado por João Luiz Vieira.

Grande revolucionário discreto, conhecido por experiências singulares com temas como o tempo e a memória, realizou dois dos marcos fundadores do cinema moderno e do que viria a ser conhecido como a Nouvelle Vague francesa: Hiroshima, meu amor, com roteiro de Marguerite Duras e O ano passado em Marienbad, com roteiro de Alain Robbe-Grillet.

Ainda em atividade, o diretor continua transgredindo dogmas, gramáticas e fórmulas pré-concebidas de um cinema que, graças a cineastas como ele, não envelhece nem se deixa esquecer.

Bem vindos ao imaginário de Alain Resnais.

Maiores informações: http://mostra-alain-resnais.blogspot.com

19 de agosto a 7 de setembro - CCBB Rio de Janeiro

4 a 21 de setembro - CCBB São Paulo

16 de setembro a 5 de outubro - CCBB Brasília

Ordenar por: título | data de exibição | cidade

Programação

A Vida é um Romance

La Vie Est un Roman (França 1983). De Alain Resnais. Com Fanny Ardant. Em cores/111’.

Sinopse, Rio de Janeiro

Sinopse

Resnais conta três histórias. Na véspera da Primeira Guerra Mundial, o Conde Forbek começa a construir um fantástico castelo em uma floresta. Após o conflito, ele utiliza sua obra para moldar uma sociedade utópica, fazendo uma verdadeira lavagem cerebral em seus amigos. Anos depois, o castelo é usado como uma escola e, durante as férias de verão, é também palco de uma conferência sobre educação, onde ocorre a segunda história do filme. Ao mesmo tempo, algumas crianças ficam no castelo contando seus próprios contos medievais.

Rio de Janeiro

  • CCBB Rio - Sala 1
    29/08/2008 às 17h30
    Rua Primeiro de Março, 66 — Centro, Rio de Janeiro
  • CCBB Rio - Sala 1
    05/09/2008 às 15h
    Rua Primeiro de Março, 66 — Centro, Rio de Janeiro
  • Amores Parisienses
  • Amores Parisienses
  • Amores Parisienses
  • Amores Parisienses
  • Amores Parisienses

Amores Parisienses

On connaît la chanson (França 1997). De Alain Resnais. Com Agnès Jaoui, André Dussolier, Jane Birkin, Jean-Paul Roussilon, Jean-Pierre Bacri, Lambert Wilson, Sabine Azema. Em cores/120’.

Sinopse, Rio de Janeiro

Sinopse


Os desencontros amorosos de seis personagens, divididos entre suas rotinas profissionais e os dilemas do coração. Ao som de clássicos da música popular francesa, eles viverão alguns mal-entendidos capazes de gerar crises de ciúmes, stress e paixões inebriantes.

Rio de Janeiro

  • CCBB Rio - Sala 1
    26/08/2008 às 20h
    Rua Primeiro de Março, 66 — Centro, Rio de Janeiro
  • CCBB Rio - Sala 1
    07/09/2008 às 17h30
    Rua Primeiro de Março, 66 — Centro, Rio de Janeiro
  • As Estátuas Também Morrem
  • As Estátuas Também Morrem
  • As Estátuas Também Morrem
  • As Estátuas Também Morrem

As Estátuas Também Morrem

Les Statues meurent aussi (França 1953). De Alain Resnais, Chris Marker. Em preto e branco/29’.

Sinopse, Rio de Janeiro

Sinopse


Um documentário sobre a arte negra torna-se um panfleto anti-colonialista e anti-racista. Neste potente poema, ritmado pelas formas das estátuas africanas e pelo texto de Chris Marker, expõe-se a opressão e a destruição de uma arte e de um povo por outro povo.

Rio de Janeiro

  • CCBB Rio - Sala 1
    23/08/2008 às 18h45
    Rua Primeiro de Março, 66 — Centro, Rio de Janeiro
  • CCBB Rio - Sala 1
    28/08/2008 às 15h
    Rua Primeiro de Março, 66 — Centro, Rio de Janeiro
  • CCBB Rio - Sala 1
    03/09/2008 às 20h
    Rua Primeiro de Março, 66 — Centro, Rio de Janeiro
Guernica

Guernica

(França 1950). De Alain Resnais. Em preto e branco/13’.

Sinopse, Rio de Janeiro

Sinopse


O bombardeamento da cidade de Guernica pela aviação nazista, em favor de Franco, é evocado através do afresco de Picasso e de outras de suas obras.

Rio de Janeiro

  • CCBB Rio - Sala 1
    22/08/2008 às 17h30
    Rua Primeiro de Março, 66 — Centro, Rio de Janeiro
  • CCBB Rio - Sala 1
    02/09/2008 às 20h
    Rua Primeiro de Março, 66 — Centro, Rio de Janeiro
  • Hiroshima Meu Amor
  • Hiroshima Meu Amor
  • Hiroshima Meu Amor

Hiroshima Meu Amor

Hiroshima mon amour (França, Japão 1959). De Alain Resnais. Com Bernard Fresson, Eiji Okada, Emmanuelle Riva, Pierre Barbaud, Stella Dassas. Em preto e branco/90’.

Sinopse, Rio de Janeiro

Sinopse


Participando de um filme sobre a paz em Hiroshima nos anos 50, atriz francesa passa a noite com um arquiteto japonês às margens do Rio Oda. Tudo isso traz lembranças de sua juventude na cidade de Nevers durante a Segunda Guerra Mundial, período no qual foi perseguida e apaixonou-se por um soldado alemão.

Rio de Janeiro

  • CCBB Rio - Sala 1
    19/08/2008 às 15h
    Rua Primeiro de Março, 66 — Centro, Rio de Janeiro
  • CCBB Rio - Sala 1
    22/08/2008 às 20h
    Rua Primeiro de Março, 66 — Centro, Rio de Janeiro
  • CCBB Rio - Sala 1
    02/09/2008 às 17h30
    Rua Primeiro de Março, 66 — Centro, Rio de Janeiro
  • Medos Privados em Lugares Públicos
  • Medos Privados em Lugares Públicos
  • Medos Privados em Lugares Públicos
  • Medos Privados em Lugares Públicos
  • Medos Privados em Lugares Públicos

Medos Privados em Lugares Públicos

Coeurs (França 2006). De Alain Resnais. Com André Dussolier, Isabelle Carré, Lambert Wilson, Michel Vuillermoz, Pierre Arditi, Sabine Azema. Em cores/120’. Classificação etária 14 anos.

Sinopse, Rio de Janeiro

Sinopse


Em Paris, três homens e três mulheres que não se conhecem vivem no mesmo bairro. Estão em busca do amor, apesar de nunca terem sido bem-sucedidos em todas as suas tentativas. Todos são pessoas solitárias, com o destino fazendo com que suas vidas ora se cruzem, ora se afastem.
Trata-se de uma moderna experiência sobre relações humanas, com boas doses de romance e aquele humor delicioso e sofisticado, típico de Resnais.

Rio de Janeiro

  • CCBB Rio - Sala 1
    28/08/2008 às 17h30
    Rua Primeiro de Março, 66 — Centro, Rio de Janeiro
  • CCBB Rio - Sala 1
    07/09/2008 às 20h
    Rua Primeiro de Março, 66 — Centro, Rio de Janeiro
  • Melô
  • Melô
  • Melô
  • Melô
  • Melô

Melô

Mélo (França 1986). De Alain Resnais. Com André Dussolier, Fanny Ardant, Pierre Arditi, Sabine Azema. Em cores/112’.

Sinopse, Rio de Janeiro

Sinopse


Na Paris dos anos 20, Romaine, esposa de um violinista de orquestra, fica fascinada por um amigo de juventude de seu marido: Marcel Blanc, um solista de carreira internacional que vem jantar em sua casa. Apaixonada por ele, ela instiga seu relacionamento amoroso, mesmo quando seu marido, Pierre, fica doente. Romaine chega a dar a Pierre um tratamento que piora sua doença, mas depois reconsidera a traição. Três anos depois, Pierre cobra de Marcel a verdade.
Adaptação de uma peça de Henry Bernstein, de 1929.

Rio de Janeiro

  • CCBB Rio - Sala 1
    21/08/2008 às 20h
    Rua Primeiro de Março, 66 — Centro, Rio de Janeiro
  • CCBB Rio - Sala 1
    31/08/2008
    Rua Primeiro de Março, 66 — Centro, Rio de Janeiro
  • Meu Tio da América
  • Meu Tio da América
  • Meu Tio da América
  • Meu Tio da América
  • Meu Tio da América

Meu Tio da América

Mon oncle d'Amérique (França 1980). De Alain Resnais. Com Gérard Depardieu, Nelly Borgeaud, Nicole Garcia, Pierre Arditi, Roger Pierre. Em cores/125’. Classificação etária 14 anos.

Sinopse, Rio de Janeiro

Sinopse

Os labirintos aqui trilhados são os dos textos científicos de Henri Laborit. O próprio Prof. Henri Laborit explica neste filme sua teoria sobre como o ambiente interfere na formação da personalidade dos seres humanos. Ele expõe sua teoria sobre o comportamento humano, demonstrando suas ideias através de experimentos com ratos. Mas dessa vez, ao invés de ratos de laboratórios, os objetos de investigação são dois homens e uma mulher, de cidades, origens sociais e familiares diferentes, cujas vidas são acompanhadas desde a infância até a fase adulta. Como num jogo de espelhos, o filme narra a vida dos três personagens – um gerente de uma empresa em crise, uma atriz que largou a carreira artística e um político com ambições literárias.
* Grande Prêmio do Júri no Festival de Cannes de 1980
* Prêmio Fipresci no Festival de Cannes de 1980
* Indicado ao Oscar de Melhor Filme Estrangeiro em 1980.

Rio de Janeiro

  • CCBB Rio - Sala 1
    19/08/2008 às 20h
    Rua Primeiro de Março, 66 — Centro, Rio de Janeiro
  • CCBB Rio - Sala 1
    31/08/2008 às 20h
    Rua Primeiro de Março, 66 — Centro, Rio de Janeiro
  • CCBB Rio - Sala 1
    03/09/2008 às 15h
    Rua Primeiro de Março, 66 — Centro, Rio de Janeiro
  • Morrer de amor
  • Morrer de amor
  • Morrer de amor
  • Morrer de amor

Morrer de amor

L'amour à mort (França 1984). De Alain Resnais. Com Fanny Ardant, Pierre Arditi, Sabine Azema. Em preto e branco/92’.

Sinopse, Rio de Janeiro

Sinopse


Elisabeth e Simon estão profundamente apaixonados há dois meses. Uma noite, Simon entra em colapso e é dado como clinicamente morto. Ele volta à vida pouco depois, mas fica transtornado com a experiência. Apesar da saúde frágil, Simon pretende, dali em diante, aproveitar plenamente sua relação de paixão com Elisabeth. Eles se abrem com Judith e Jérôme, um casal de amigos, ambos pastores protestantes. Simon não quer passar po nenhum teste médico, mas o casal é forçado a lutar contra a possibilidade de sua morte.

Rio de Janeiro

  • CCBB Rio - Sala 1
    20/08/2008 às 17h30
    Rua Primeiro de Março, 66 — Centro, Rio de Janeiro
  • CCBB Rio - Sala 1
    29/08/2008 às 20h
    Rua Primeiro de Março, 66 — Centro, Rio de Janeiro
  • Muriel
  • Muriel
  • Muriel
  • Muriel
  • Muriel

Muriel

Muriel ou Le Temps d'un retour (França, Itália 1963). De Alain Resnais. Com Delphine Seyrig, Françoise Bertin, Jean Dasté. Em cores/115’.

Sinopse, Rio de Janeiro

Sinopse

Contando novamente com a colaboração do escritor Jean Cayrol, que escreveu o texto de Noite e Neblina, Resnais faz um novo mergulho pelos meandros da memória, pondo lado a lado passado e presente, realidade e imaginação, para contar a história de um grupo de pessoas na cidade de Boulogne, no início da década de 1960. O enredo centra-se nos personagens de uma viúva (a Delphine Seyrig, que ganhou a Taça Volpi de melhor atriz em Veneza, em 1963) e seu jovem enteado (Jean-Baptiste Thiérrée), amobos às voltas com difíceis lembranças que lhes pertubam o passado. Um antigo amor da juventude (Jean-Pierre Kérien) volta à vida da mulher e espanta o tédio de sua existência. Já o rapaz é assombrado por memórias de uma atrocidade que testemunhou durante a guerra da Argélia, quando uma jovem chamada Muriel foi torturada até a morte.

Rio de Janeiro

  • CCBB Rio - Sala 1
    04/09/2008 às 17h30
    Rua Primeiro de Março, 66 — Centro, Rio de Janeiro