SEMANA DA FRANCOFONIA 2011

SEMANA DA FRANCOFONIA 2011


Rio de Janeiro, São Paulo, Brasília, Belo Horizonte, 11 a 27/03/2011

SÃO PAULO : De 11 a 27 de Março. A Cinemateca Brasileira participa da SEMANA DA FRANCOFONIA, apresentando uma seleção de CLÁSSICOS DO CINEMA FRANCÊS. Uma iniciativa dos Consulados Gerais da França, Canadá, Bélgica e Suíça, do Escritório de Québec em São Paulo, da Aliança Francesa, e em parceria com a Cinemateca da Embaixada da França.

De 17 a 31 de março
, o Centro Cultural São Paulo exibe, em parceria com o Consulado da França, um ciclo de cinema com os mais recentes sucessos contemporâneos de produção francesa.

De 17 a 31 de março, Claude Chabrol
, mesmo um ano depois de sua morte, recebe mais uma justa homenagem no Cine Olido. A mostra ainda traz obras de Alain Resnais, Louis Malle, Jacques Demy e Eric Rohmer necessárias não apenas para a compreensão da Nouvelle Vague, mas da própria maneira de Chabrol construir seus filmes.
De 17 a 29 de março, o Centro Cultural da Juventude Ruth Cardoso apresente um Ciclo de Cinema da África francófona.

BRASÍLIA
: de 15 a 27 de Março. Em 7 lugares do Plano Piloto e das cidades satélites : Sala Le Corbusier da Embaixada da França, SESC Setor Comercial Sul, SESC Gama, SESI Taguatinga, Aliança Francesa, Caixa Cultural e Universidade de Brasilia.

A Semana da Francofonia em Brasilia é um evento anual organizado por 37 embaixadas instaladas na cidade e por instituções parcerias (Aliança Francesa, UnB, Associação de Professores de Francês do DF, entre outras). Com o apoio da Cinemateca da Embaixada da França, vão ser apresentados 31 filmes, clássicos e contemporâneos, de vários países da Africa, da Suíça, da Bélgica, da França, do Canadá, da República Tcheca, da Polônia... Várias atividades são também organizadas durante as duas semanas (show, coloquio universitário, bazar, torneio de futebol, jogos linguísticos ...). Mais informações aqui: www.francofonia.org.br


RIO DE JANEIRO : O Serviço audiovisual do Consulado da França organiza no dia 21 de março uma sessão do Cinemaison, em parceria com o Consulado Geral da Suiça, dedicada à Francofonia. No MAM do Rio, dias 14, 15 e 16, estarão apresentadas, com o serviço de Cooperação para a Língua Francesa do Consulado da França, sessões educativas dedicadas aos estudantes de francês das escolas da Municipalidade.

Ordenar por: ciclo | título | data de exibição | cidade

Programação

CLÁSSICOS DO CINEMA FRANCÊS - CINEMATECA BRASILEIRA

  • Alphaville
  • Alphaville
  • Alphaville
  • Alphaville

Alphaville

(França, Grã-Bretanha (Reino Unido, UK) 1965). De Jean-Luc Godard. Com Anna Karina, Eddie Constantine. Em preto e branco/95’. Classificação etária 12 anos.

Sinopse, São Paulo

Sinopse

O detetive particular Lemmy Caution é uma espécie de espião americano e chega à cidade futurista de Alphaville, situada em outro planeta. A população de Alphaville é dominada pelo computador Alpha 60, que aboliu os sentimentos e qualquer tipo de expressão individual. Lemmy é enviado à cidade com a missão de encontrar o inventor da máquina, Professor Von Braun, e convencê-lo a destruir sua criação. Chegando lá, Natacha, filha do cientista, lhe serve de guia. No entanto, durante a aventura, ele se apaixona pela filha do diabólico cientista.

São Paulo

  • Cinemateca - sala BNDES
    15/03/2011 às 19h
    Largo Senador Raul Cardoso, 207 Tel.(11) 3512-6111 — Vila Mariana, São Paulo
  • Cinemateca - Sala Petrobras
    23/03/2011 às 21h
    Largo Senador Raul Cardoso, 207 Tel.(11)3512-6111 — Vila Mariana, São Paulo
  • Cinemateca - Sala Petrobras
    26/03/2011 às 21h15
    Largo Senador Raul Cardoso, 207 Tel.(11)3512-6111 — Vila Mariana, São Paulo
  • As Grandes Manobras
  • As Grandes Manobras
  • As Grandes Manobras
  • As Grandes Manobras
  • As Grandes Manobras

As Grandes Manobras

Les Grandes manoeuvres (França 1955). De René Clair. Com Brigitte Bardot, Gerard Philippe, Jean Dessailly, Michele Morgan, Pierre Dux. Em cores/107’. Classificação etária 14 anos.

Sinopse, São Paulo

Sinopse

Uma cidade do interior, às vésperas da Primeira Guerra em 1914. Armand, tenente de cavalaria, aposta com um amigo que é capaz de seduzir a primeira mulher que vir pela frente. Esta vem a ser a costureira da rua principal. Primeiramente, ela recusa. Finalmente, cede, quando pensa que o belo oficial foi morto em duelo. O que seria um romance casual com uma bela moça parisiense transforma-se então numa grande paixão. Contudo, um ciumento vai revelar toda a história da aposta. Magoada, Marie-Louise observa a tropa partir para as manobras, prenúncio da verdadeira guerra. * Prêmio Louis Delluc 1955 *

São Paulo

  • Cinemateca - sala BNDES
    12/03/2011 às 16h30
    Largo Senador Raul Cardoso, 207 Tel.(11) 3512-6111 — Vila Mariana, São Paulo
  • Cinemateca - Sala Petrobras
    18/03/2011 às 21h
    Largo Senador Raul Cardoso, 207 Tel.(11)3512-6111 — Vila Mariana, São Paulo
  • Cinemateca - Sala Petrobras
    27/03/2011 às 19h
    Largo Senador Raul Cardoso, 207 Tel.(11)3512-6111 — Vila Mariana, São Paulo
  • Ascensor para o Cadafalso
  • Ascensor para o Cadafalso
  • Ascensor para o Cadafalso
  • Ascensor para o Cadafalso

Ascensor para o Cadafalso

Ascenseur pour l'échafaud (França 1957). De Louis Malle. Com Jeanne Moreau, Maurice Ronet. Em preto e branco/90’. Classificação etária 14 anos.

Sinopse, São Paulo

Sinopse

Florence ama Julien Tavernier e não seu marido, Simon Carala, homem rico e totalmente dedicado a seus negócios. Julien e Florence planejam o crime perfeito: Julien produz um álibi incontestável, mata Simon Carala e faz seu crime parecer um suicídio. Mas, o destino intervém e Julien fica preso dentro do elevador – o porteiro desliga a chave da corrente elétrica. Enquanto ele tenta escapar, um casal de namorados rouba seu carro e mata dois turistas alemães. A partir daí, Julien é procurado pelo homicídio que não cometeu. Ele será condenado? Primeiro longa-metragem de Louis Malle. Thriller noir, embalado pela música original de Miles Davis.

Esta cópia se encontra no estoque de filmes do Estação. Seu uso deve ser negociado com esta empresa.

São Paulo

  • Cinemateca - sala BNDES
    12/03/2011 às 20h30
    Largo Senador Raul Cardoso, 207 Tel.(11) 3512-6111 — Vila Mariana, São Paulo
  • Cinemateca - Sala Petrobras
    17/03/2011 às 19h
    Largo Senador Raul Cardoso, 207 Tel.(11)3512-6111 — Vila Mariana, São Paulo
  • Cinemateca - Sala Petrobras
    27/03/2011 às 21h
    Largo Senador Raul Cardoso, 207 Tel.(11)3512-6111 — Vila Mariana, São Paulo
  • Boudu Salvo do afogamento
  • Boudu Salvo do afogamento
  • Boudu Salvo do afogamento
  • Boudu Salvo do afogamento
  • Boudu Salvo do afogamento

Boudu Salvo do afogamento

Boudu sauvé des eaux (França 1932). De Jean Renoir. Com Ch. Granval, J. Becker, J. Gehret, Jean Dasté, M. Dalban, Marcelle Hainia, Michel Simon, Renoir, Séverine Lerezinska. Em preto e branco/80’. Classificação etária 14 anos.

Sinopse, São Paulo

Sinopse

Um livreiro parisiense salva do suicídio, nas águas do Sena, o vagabundo Boudu, que se instala em sua casa e acaba dormindo com sua mulher, e até com a criada... Longe de se mostrar grato ao gesto do homem, o vagabundo dedica-se, com furiosa obstinação, a subverter e destruir a ordem burguesa em que passa a viver. Uma das obras-primas de Renoir com imagens realistas das ruas de Paris, próximas à Notre Dame.

São Paulo

  • Cinemateca - sala BNDES
    11/03/2011 às 19h
    Largo Senador Raul Cardoso, 207 Tel.(11) 3512-6111 — Vila Mariana, São Paulo
  • Cinemateca - Sala Petrobras
    17/03/2011 às 21h
    Largo Senador Raul Cardoso, 207 Tel.(11)3512-6111 — Vila Mariana, São Paulo
  • Cinemateca - Sala Petrobras
    20/03/2011 às 18h30
    Largo Senador Raul Cardoso, 207 Tel.(11)3512-6111 — Vila Mariana, São Paulo
  • Cúmplices
  • Cúmplices
  • Cúmplices
  • Cúmplices

Cúmplices

Complices (França, Suíça 2010). De Frédéric Mermoud. Com Cyril Descours, Emmanuelle Devos, Gilbert Melki, Nina Meurisse. Em cores/93’.

Sinopse, Brasília

Sinopse


Desde a primeira troca de olhares num cybercafé Vincent e Rebecca se amaram. São jovens, apenas 18 anos, e olham a vida com despreocupação. Porém, dois meses mais tarde, o corpo de Vincent é encontrado no rio Rhône e Rebecca desapareceu. O inspetor Hervé Cagan e sua parceira Karine Mangin ficam encarregados da investigação. Ao retraçar o fio da história de amor que ligava Vincent e Rebecca à vida e à morte, Hervé e Karine encontram-se diante das falhas de suas próprias vidas...

Brasília

  • Espaço Le Corbusier
    22/03/2011 às 20h
    Avenida das Nações, lote 4 - quadra 801, Brasília
  • Lola Montès
  • Lola Montès
  • Lola Montès
  • Lola Montès

Lola Montès

(Alemanha, França, Luxemburgo 1955). De Max Ophüls. Em cores/115’. Classificação etária 14 anos.

Sinopse, São Paulo

Sinopse

A história de Lola Montès (1821-1861), uma dançarina e cortesã do século XIX que ficou célebre por romances escandalosos com o compositor Franz Liszt e com o Rei Ludwig I da Baviera. Depois de devotar sua vida à luxúria, ela se torna a principal atração de um circo. Em meio a trapezistas, anões e palhaços, e diante da avidez macabra do público, ela narra episódios de sua trajetória.

Filme rechaçado pela crítica e público na época de seu lançamento, retalhado na montagem pelos produtores, Lola Montès é considerado hoje uma das mais importantes obras da história do cinema, cultuada pelas cinematecas de todo o mundo. Rigorosa denúncia do sensacionalismo espetacular e da mídia, o filme foi posteriormente saudado por personalidades como François Truffaut, segundo o qual "quem nunca viu Lola Montès não pode entender de cinema".

São Paulo

  • Cinemateca - sala BNDES
    13/03/2011 às 17h
    Largo Senador Raul Cardoso, 207 Tel.(11) 3512-6111 — Vila Mariana, São Paulo
  • Cinemateca - Sala Petrobras
    19/03/2011 às 19h
    Largo Senador Raul Cardoso, 207 Tel.(11)3512-6111 — Vila Mariana, São Paulo
  • Cinemateca - Sala Petrobras
    24/03/2011 às 21h
    Largo Senador Raul Cardoso, 207 Tel.(11)3512-6111 — Vila Mariana, São Paulo
  • Meu Tio
  • Meu Tio
  • Meu Tio

Meu Tio

Mon oncle (França 1956). De Jacques Tati. Com Jacques Tati. Em cores/116’. Classificação etária 12 anos.

Sinopse, São Paulo

Sinopse

Nessa deliciosa sátira à vida mecanizada, o cineasta Jacques Tati encarna novamente a personagem de Monsieur Hulot. Hulot é admirado por seu sobrinho, que vive com os pais numa casa monótona, rodeada de parafernálias. Enquanto isso, solteiro e desempregado, Hulot vive alegremente na periferia da cidade. O apego do menino ao tio passa a gerar problemas quando seu pai começa a ter ciúmes dele. O humor explode quando o excêntrico herói Monsieur Hulot deixa a ultra moderna casa de seu cunhado e vai para uma anti-séptica fábrica de tubos de plásticos. * Oscar de Melhor Filme Estrangeiro 1959 e Prêmio Especial do Júri no Festival de Cannes-1958 *

Este filme pode ser emprestado em DVD na Mediateca da Maison de France no Rio de Janeiro. Maiores informações aqui.

São Paulo

  • Cinemateca - sala BNDES
    12/03/2011 às 18h30
    Largo Senador Raul Cardoso, 207 Tel.(11) 3512-6111 — Vila Mariana, São Paulo
  • Cinemateca - Sala Petrobras
    20/03/2011 às 16h30
    Largo Senador Raul Cardoso, 207 Tel.(11)3512-6111 — Vila Mariana, São Paulo
  • Cinemateca - Sala Petrobras
    25/03/2011 às 20h30
    Largo Senador Raul Cardoso, 207 Tel.(11)3512-6111 — Vila Mariana, São Paulo
  • Meu Tio da América
  • Meu Tio da América
  • Meu Tio da América
  • Meu Tio da América
  • Meu Tio da América

Meu Tio da América

Mon oncle d'Amérique (França 1980). De Alain Resnais. Com Gérard Depardieu, Nelly Borgeaud, Nicole Garcia, Pierre Arditi, Roger Pierre. Em cores/125’. Classificação etária 14 anos.

Sinopse, São Paulo

Sinopse

Os labirintos aqui trilhados são os dos textos científicos de Henri Laborit. O próprio Prof. Henri Laborit explica neste filme sua teoria sobre como o ambiente interfere na formação da personalidade dos seres humanos. Ele expõe sua teoria sobre o comportamento humano, demonstrando suas ideias através de experimentos com ratos. Mas dessa vez, ao invés de ratos de laboratórios, os objetos de investigação são dois homens e uma mulher, de cidades, origens sociais e familiares diferentes, cujas vidas são acompanhadas desde a infância até a fase adulta. Como num jogo de espelhos, o filme narra a vida dos três personagens – um gerente de uma empresa em crise, uma atriz que largou a carreira artística e um político com ambições literárias.
* Grande Prêmio do Júri no Festival de Cannes de 1980
* Prêmio Fipresci no Festival de Cannes de 1980
* Indicado ao Oscar de Melhor Filme Estrangeiro em 1980.

São Paulo

  • Cinemateca - sala BNDES
    05 a 15/03/2011 às 21h
    Largo Senador Raul Cardoso, 207 Tel.(11) 3512-6111 — Vila Mariana, São Paulo
  • Cinemateca - Sala Petrobras
    20/03/2011 às 20h30
    Largo Senador Raul Cardoso, 207 Tel.(11)3512-6111 — Vila Mariana, São Paulo
  • Cinemateca - Sala Petrobras
    26/03/2011 às 19h
    Largo Senador Raul Cardoso, 207 Tel.(11)3512-6111 — Vila Mariana, São Paulo
  • O Batedor de Carteiras
  • O Batedor de Carteiras
  • O Batedor de Carteiras
  • O Batedor de Carteiras

O Batedor de Carteiras

Pickpocket (França 1959). De Robert Bresson. Com Jean Pelegri, Martin Lassale, Pierre Etaix, Pierre Lemarie. Em preto e branco/75’. Classificação etária 14 anos.

Sinopse, São Paulo

Sinopse

Michel começa a bater carteiras por dinheiro, depois por prazer e adrenalina, até o estranho hobby tornar-se um vício. Preso, ele reflete sobre o assunto, pensa na família e na namorada, Jeanne, mas por fim a obsessão fala mais alto e ele logo volta ao crime; agora muito mais habilidoso.

FICHA PEDAGÓGICA :
Baixar a ficha aluno
Baixar a ficha professor
Indicação: Ensino Médio

São Paulo

  • Cinemateca - sala BNDES
    13/02 a 13/03/2011 às 19h
    Largo Senador Raul Cardoso, 207 Tel.(11) 3512-6111 — Vila Mariana, São Paulo
  • Cinemateca - sala BNDES
    16/03/2011 às 21h
    Largo Senador Raul Cardoso, 207 Tel.(11) 3512-6111 — Vila Mariana, São Paulo
  • Cinemateca - Sala Petrobras
    24/03/2011 às 19h
    Largo Senador Raul Cardoso, 207 Tel.(11)3512-6111 — Vila Mariana, São Paulo
  • O Corvo
  • O Corvo
  • O Corvo
  • O Corvo

O Corvo

Le Corbeau (França 1943). De Henri-Georges Clouzot. Com Ginette Leclerc, Micheline Francey, Pierre Fresnay, Pierre Larquey. Em preto e branco/93’. Classificação etária 14 anos.

Sinopse, São Paulo

Sinopse

Uma pequena cidade do interior é perturbada por uma grande quantidade de cartas anônimas assinadas "o Corvo". Espalham-se boatos, suspeitas e medo entre os moradores, que logo se voltam uns contra os outros em busca do autor misterioso. Dr. Rémi Germain, sombrio e mal visto pelos conservadores, é o primeiro alvo: ele é acusado de praticar abortos e de ser amante de Laura Vorzet, esposa do psiquiatra do hospital. Um a um, o médico-chefe e o administrador são atacados pelo "Corvo". Os rumores do povo recaem sobre a enfermeira Marie Corbin, cuja chegada gerou muitas inimizades. Dirigido pelo grande mestre Henri-Georges Clouzot, em plena Segunda Guerra, o filme gerou muita controvérsia na França na ocasião de seu lançamento, por conta de seu conteúdo anti-nacionalista

São Paulo

  • Cinemateca - sala BNDES
    11/03/2011 às 21h
    Largo Senador Raul Cardoso, 207 Tel.(11) 3512-6111 — Vila Mariana, São Paulo
  • Cinemateca - sala BNDES
    16/03/2011 às 19h
    Largo Senador Raul Cardoso, 207 Tel.(11) 3512-6111 — Vila Mariana, São Paulo
  • Cinemateca - Sala Petrobras
    19/03/2011 às 21h
    Largo Senador Raul Cardoso, 207 Tel.(11)3512-6111 — Vila Mariana, São Paulo