SEMANA DA FRANCOFONIA 2011

SEMANA DA FRANCOFONIA 2011


Rio de Janeiro, São Paulo, Brasília, Belo Horizonte, 11 a 27/03/2011

SÃO PAULO : De 11 a 27 de Março. A Cinemateca Brasileira participa da SEMANA DA FRANCOFONIA, apresentando uma seleção de CLÁSSICOS DO CINEMA FRANCÊS. Uma iniciativa dos Consulados Gerais da França, Canadá, Bélgica e Suíça, do Escritório de Québec em São Paulo, da Aliança Francesa, e em parceria com a Cinemateca da Embaixada da França.

De 17 a 31 de março
, o Centro Cultural São Paulo exibe, em parceria com o Consulado da França, um ciclo de cinema com os mais recentes sucessos contemporâneos de produção francesa.

De 17 a 31 de março, Claude Chabrol
, mesmo um ano depois de sua morte, recebe mais uma justa homenagem no Cine Olido. A mostra ainda traz obras de Alain Resnais, Louis Malle, Jacques Demy e Eric Rohmer necessárias não apenas para a compreensão da Nouvelle Vague, mas da própria maneira de Chabrol construir seus filmes.
De 17 a 29 de março, o Centro Cultural da Juventude Ruth Cardoso apresente um Ciclo de Cinema da África francófona.

BRASÍLIA
: de 15 a 27 de Março. Em 7 lugares do Plano Piloto e das cidades satélites : Sala Le Corbusier da Embaixada da França, SESC Setor Comercial Sul, SESC Gama, SESI Taguatinga, Aliança Francesa, Caixa Cultural e Universidade de Brasilia.

A Semana da Francofonia em Brasilia é um evento anual organizado por 37 embaixadas instaladas na cidade e por instituções parcerias (Aliança Francesa, UnB, Associação de Professores de Francês do DF, entre outras). Com o apoio da Cinemateca da Embaixada da França, vão ser apresentados 31 filmes, clássicos e contemporâneos, de vários países da Africa, da Suíça, da Bélgica, da França, do Canadá, da República Tcheca, da Polônia... Várias atividades são também organizadas durante as duas semanas (show, coloquio universitário, bazar, torneio de futebol, jogos linguísticos ...). Mais informações aqui: www.francofonia.org.br


RIO DE JANEIRO : O Serviço audiovisual do Consulado da França organiza no dia 21 de março uma sessão do Cinemaison, em parceria com o Consulado Geral da Suiça, dedicada à Francofonia. No MAM do Rio, dias 14, 15 e 16, estarão apresentadas, com o serviço de Cooperação para a Língua Francesa do Consulado da França, sessões educativas dedicadas aos estudantes de francês das escolas da Municipalidade.

Ordenar por: ciclo | título | data de exibição | cidade

Programação

CLÁSSICOS DO CINEMA FRANCÊS - CINEMATECA BRASILEIRA

  • Testamento de um Gângster
  • Testamento de um Gângster
  • Testamento de um Gângster

Testamento de um Gângster

Les Tontons flingueurs (Alemanha, França, Itália 1963). De Georges Lautner. Com Bernard Blier, Claude Rich, Lino Ventura. Em preto e branco/111’. Classificação etária 14 anos.

Sinopse, São Paulo

Sinopse

Ex-gângster é chamado por um antigo comparsa à beira da morte. Agonizante, o homem pede que ele cuide de seus negócios e de sua filha. A partir daí, a vida pacata do ex-bandido é sacudida por seu reingresso no mundo do crime.

São Paulo

  • Cinemateca - sala BNDES
    13/03/2011 às 21h
    Largo Senador Raul Cardoso, 207 Tel.(11) 3512-6111 — Vila Mariana, São Paulo
  • Cinemateca - Sala Petrobras
    18/03/2011 às 19h
    Largo Senador Raul Cardoso, 207 Tel.(11)3512-6111 — Vila Mariana, São Paulo
  • Cinemateca - Sala Petrobras
    23/03/2011 às 19h
    Largo Senador Raul Cardoso, 207 Tel.(11)3512-6111 — Vila Mariana, São Paulo

FRANCOFONIA NO RIO DE JANEIRO

  • Cúmplices
  • Cúmplices
  • Cúmplices
  • Cúmplices

Cúmplices

Complices (França, Suíça 2010). De Frédéric Mermoud. Com Cyril Descours, Emmanuelle Devos, Gilbert Melki, Nina Meurisse. Em cores/93’.

Sinopse, Rio de Janeiro

Sinopse


Desde a primeira troca de olhares num cybercafé Vincent e Rebecca se amaram. São jovens, apenas 18 anos, e olham a vida com despreocupação. Porém, dois meses mais tarde, o corpo de Vincent é encontrado no rio Rhône e Rebecca desapareceu. O inspetor Hervé Cagan e sua parceira Karine Mangin ficam encarregados da investigação. Ao retraçar o fio da história de amor que ligava Vincent e Rebecca à vida e à morte, Hervé e Karine encontram-se diante das falhas de suas próprias vidas...

Rio de Janeiro

  • Cinemaison Rio de Janeiro
    21/03/2011 às 20h
    Av. Presidente Antônio Carlos, 58. — Centro, Rio de Janeiro
  • De Víbora em Punho
  • De Víbora em Punho
  • De Víbora em Punho
  • De Víbora em Punho
  • De Víbora em Punho

De Víbora em Punho

Vipère au poing (França, Grã-Bretanha (Reino Unido, UK) 2004). De Philippe De Broca. Com Catherine Frot, Jacques Villeret, Jules Sitruk. Em cores/100’. Classificação etária Livre.

Sinopse, Rio de Janeiro

Sinopse

Grito de ódio e revolta, o filme é adaptado de um dos mais famosos romances infanto-juvenis da literatura francesa, de autoria de Hervé Bazin. Em boa parte autobiográfico, conta num tom tragicômico o combate violento, impiedoso e ferozmente engraçado, travado por uma criança contra sua própria mãe, numa família burguesa no final dos anos 20. Jean Rezeau e seu irmão mais velho vivem felizes em La Belle Angerie, o castelo da família, mas a morte de sua avó provoca o retorno de seus pais da Indochina, e com isso o fim da infância... Aprendizado da idade adulta, lição de vida otimista, conquista da liberdade, por uma criança que se rebelou contra aquela que fez dele, apesar de tudo, um artista e um grande escritor.

Rio de Janeiro

  • Museu de Arte Moderna Rio de Janeiro
    15/03/2011 às 15h
    Av Infante Dom Henrique 85 Parque do Flamengo Tel.: +55 (21) 2240 4944 Horários: ter - sex 12h - 18h sab - dom e feriados 12h - 19h, Rio de Janeiro
  • Madame Bovary
  • Madame Bovary
  • Madame Bovary
  • Madame Bovary
  • Madame Bovary

Madame Bovary

(França 1991). De Claude Chabrol. Com Christophe Malavoy, Isabelle Huppert, Jean Yanne, Jean-François Balmer, Lucas Belvaux. Em cores/140’.

Sinopse, Rio de Janeiro

Sinopse


Emma Rouault, de origem camponesa, casa com o médico viúvo Charles Bovary. A vida no interior a aborrece e muito. O mesmo sentimento sente em relação ao marido, cuja conversação tem a profundidade de um pires. Convidada para participar de um baile de máscaras, em que predominam o luxo e a música, Emma conhece o mais belo dia de sua existência.

"A ambição, talvez um pouco desmesurada, é a de fazer um filme tal qual Flaubert pudesse conceber; nada mais, nada menos." declarou Chabrol.
* Oscar 1992: Indicado na categoria Melhor Filme Estrangeiro;
* Globo de Ouro 1992: Indicado na categoria Melhor Filme Estrangeiro.

Rio de Janeiro

  • Museu de Arte Moderna Rio de Janeiro
    14/03/2011 às 15h
    Av Infante Dom Henrique 85 Parque do Flamengo Tel.: +55 (21) 2240 4944 Horários: ter - sex 12h - 18h sab - dom e feriados 12h - 19h, Rio de Janeiro
  • O Cão, o General e os Pássaros
  • O Cão, o General e os Pássaros
  • O Cão, o General e os Pássaros
  • O Cão, o General e os Pássaros
  • O Cão, o General e os Pássaros

O Cão, o General e os Pássaros

Le Chien, le général et les oiseaux (França, Itália 2003). Com Philippe Noiret. Em cores/75’.

Sinopse, Rio de Janeiro

Sinopse

De Francis Nielsen.


Há muito muito tempo, um jovem general russo sacrificou os pássaros para incendiar Moscovo e salvar o seu país da invasão de Napoleão. Tornou-se um herói nacional. Mas, na reforma, o general não consegue ter descanso, perseguido e assombrado pela memória dos pássaros em chamas e atacado sempre que sai à rua por todos os pássaros da São Petersburgo onde vive só e se aborrece. Felizmente, o acaso faz com que se cruze no seu caminho um cão extraordinário que vai transformar os seus pesadelos em sonhos mágicos, cheios de humor e poesia. Ele adopta-o e dá-lhe o nome de Bonaparte, em memória do seu velho inimigo. Juntos, vão travar uma batalha original mas delicada. Um dia, todos os cães da cidade abandonam os donos para se juntar no lago gelado num protesto que visa a libertação de todos os pássaros que estão presos em gaiolas. Os habitantes da cidade, surpreendidos, interrogam-se que estará à frente de tal protesto, mas começam rapidamente a inquietar-se porque a Primavera aproxima-se. O gelo ameaça começar a quebrar e os cães podem afogar-se. É então a vez de o general vir em seu socorro e esse gesto será o seu combate mais nobre: um combate comovente, poético, que os livros de História parecem ter esquecido...

CONFIRA O DOSSIÊ PEDAGÔGICO DO FILME DISPONIBILIZADO EM PORTUGUÊS PELO FICI

CONFIRA O DOSSIÊ PEDAGÔGICO DO FILME DISPONIBILIZADO EM FRANCÊS PELO DISTRIBUIDOR DO FILME

Rio de Janeiro

  • Museu de Arte Moderna Rio de Janeiro
    16/03/2011 às Sessão especial para estudantes de Francês. Reservas obrigatórias : anne.ricordel@diplomatie.gouv.fr
    Av Infante Dom Henrique 85 Parque do Flamengo Tel.: +55 (21) 2240 4944 Horários: ter - sex 12h - 18h sab - dom e feriados 12h - 19h, Rio de Janeiro
  • Um Homem que Grita
  • Um Homem que Grita
  • Um Homem que Grita
  • Um Homem que Grita

Um Homem que Grita

Un homme qui crie (Bélgica, Chile, França 2010). De Mahamat Saleh Haroun. Em cores/92’.

Sinopse, Rio de Janeiro

Sinopse

República do Chade nos dias de hoje. Adam, sessenta e poucos anos, é um ex-campeão de natação e trabalha na piscina de um hotel de luxo na capital N’Djamena. Quando investidores chineses compram o hotel, ele é forçado a se demitir para que seu filho Abde assuma a função e se sente humilhado. O país está à beira de uma guerra civil. Forças rebeldes atacam o governo, que pede para a população contribuir com o “esforço de guerra” enviando dinheiro ou um voluntário com idade para combater. Constantemente, o governo local cobra de Adam sua parte na contribuição. Mas ele não tem dinheiro, tem apenas um filho. * Prêmio do Júri em Cannes 2010 *; * Vencedor do Prêmio Humanidade na Mostra Internacional de Cinema de SP *.

Rio de Janeiro

  • Cinemaison Rio de Janeiro
    21/03/2011 às 18h
    Av. Presidente Antônio Carlos, 58. — Centro, Rio de Janeiro

FESTIVAL DE CINEMA EM BRASÍLIA

  • A Grande Sedução
  • A Grande Sedução
  • A Grande Sedução
  • A Grande Sedução

A Grande Sedução

La Grande séduction (Canadá, França 2003). Em cores/108’.

Sinopse, Brasília

Sinopse

Um filme de Jean-François Pouliot.

A ilha Sainte-Marie La Mauderne tem apenas 300 habitantes e parece ser um lugar abandonado à própria sorte. Há quinze anos as atividades pesqueiras deixaram de existir, estagnando a vida dos moradores. Os ex-pescadores vivem de uma aposentadoria precoce que recebem do governo.



Brasília

  • Cine Dois Candangos
    23/03/2011 às 12h30
    Faculdade de Educação, Auditório Dois Candangos -UNB Tel.:55 (61) 340.5392 , Brasília
  • Espaço Le Corbusier
    24/03/2011 às 18h
    Avenida das Nações, lote 4 - quadra 801, Brasília
  • A Última Fuga
  • A Última Fuga
  • A Última Fuga
  • A Última Fuga
  • A Última Fuga

A Última Fuga

La Dernière fugue (Canadá, França, Luxemburgo 2010). Em cores/92’. Classificação etária 14 anos.

Sinopse, Brasília

Sinopse

Um filme de Léa Pool.

Como todo ano, a família Lévesque se reúne para sua tradicional celebração natalina. Mas desta vez o clima é outro: o patriarca está sofrendo de mal de Parkinson e suas recomendações médicas estritas tiram um pouco do brilho da festa. Nos meses que se seguem, a família fica dividida entre seguir as recomendações rígidas do neurologista ou preservar os pequenos prazeres do pai em seus últimos anos de vida. Mas o amor de sua devotada esposa, e a cumplicidade do filho mais velho e do netinho Sam lhe trazem uma felicidade inédita. Adaptado de Une belle mort, de Gil Courtemanche.

Brasília

  • Caixa Cultural Brasília
    23/03/2011 às 18h
    SBS Quadra 4, lotes 3/4 Anexo do Edifício Matriz Caixa, Brasília
  • As Invasões Bárbaras
  • As Invasões Bárbaras
  • As Invasões Bárbaras
  • As Invasões Bárbaras
  • As Invasões Bárbaras

As Invasões Bárbaras

Les Invasions barbares (Canadá, França 2003). De Denys Arcand. Com Louise Portal, Marie-Josée Croze, Rémy Girard. Em cores/95’. Classificação etária 14.

Sinopse, Brasília

Sinopse

Reencontro dos amigos de "O Declinio do Império Americano", 18 anos depois. Eles estão juntos para se despedir do divorciado Rémy, abatido por um câncer raro.

Brasília

  • Caixa Cultural Brasília
    21/03/2011 às 20h
    SBS Quadra 4, lotes 3/4 Anexo do Edifício Matriz Caixa, Brasília
  • As Ruas de Casablanca
  • As Ruas de Casablanca
  • As Ruas de Casablanca
  • As Ruas de Casablanca
  • As Ruas de Casablanca

As Ruas de Casablanca

Ali Zaoua, prince de la rue (Bélgica, França, Marrocos 2000). De Nabil Ayouch. Com Hichan Moussoune, Mnounïm Kbab, Mustapha Hansali, Saïd Taghmaouï. Em cores/90’.

Sinopse, Brasília

Sinopse


Ali Kwika, Omar e Boubker são meninos de rua. Apesar das dificuldades do cotidiano, uma amizade indefectível os une. Ali é logo morto durante uma briga entre bandidos rivais. Seus três amigos agora terão um único objetivo: dar-lhe o enterro que ele merece. Contarão com a ajuda de um adulto, um pescador que tinha ficado amigo de Ali. * Prêmio de público, Amiens 2000 * * Etalon de Yennenga, Fespaco 2001 *

Brasília

  • SESI Taguatinga
    17/03/2011 às 20h
    QNF 24 Área Especial Segunda a sexta, a partir das 8:00h Tel: (61) 3355-9500 — Taguatinga Norte , Brasília
  • Espaço Le Corbusier
    18/03/2011 às 20h
    Avenida das Nações, lote 4 - quadra 801, Brasília
  • Aliança Francesa de Brasilia
    24/03/2011 às 14h
    Asa Sul: SEPS EQ 708 907 - Lote A Tel.: 061 3262-7600 , Brasília