SEMANA DA FRANCOFONIA 2011

SEMANA DA FRANCOFONIA 2011


Rio de Janeiro, São Paulo, Brasília, Belo Horizonte, 11 a 27/03/2011

SÃO PAULO : De 11 a 27 de Março. A Cinemateca Brasileira participa da SEMANA DA FRANCOFONIA, apresentando uma seleção de CLÁSSICOS DO CINEMA FRANCÊS. Uma iniciativa dos Consulados Gerais da França, Canadá, Bélgica e Suíça, do Escritório de Québec em São Paulo, da Aliança Francesa, e em parceria com a Cinemateca da Embaixada da França.

De 17 a 31 de março
, o Centro Cultural São Paulo exibe, em parceria com o Consulado da França, um ciclo de cinema com os mais recentes sucessos contemporâneos de produção francesa.

De 17 a 31 de março, Claude Chabrol
, mesmo um ano depois de sua morte, recebe mais uma justa homenagem no Cine Olido. A mostra ainda traz obras de Alain Resnais, Louis Malle, Jacques Demy e Eric Rohmer necessárias não apenas para a compreensão da Nouvelle Vague, mas da própria maneira de Chabrol construir seus filmes.
De 17 a 29 de março, o Centro Cultural da Juventude Ruth Cardoso apresente um Ciclo de Cinema da África francófona.

BRASÍLIA
: de 15 a 27 de Março. Em 7 lugares do Plano Piloto e das cidades satélites : Sala Le Corbusier da Embaixada da França, SESC Setor Comercial Sul, SESC Gama, SESI Taguatinga, Aliança Francesa, Caixa Cultural e Universidade de Brasilia.

A Semana da Francofonia em Brasilia é um evento anual organizado por 37 embaixadas instaladas na cidade e por instituções parcerias (Aliança Francesa, UnB, Associação de Professores de Francês do DF, entre outras). Com o apoio da Cinemateca da Embaixada da França, vão ser apresentados 31 filmes, clássicos e contemporâneos, de vários países da Africa, da Suíça, da Bélgica, da França, do Canadá, da República Tcheca, da Polônia... Várias atividades são também organizadas durante as duas semanas (show, coloquio universitário, bazar, torneio de futebol, jogos linguísticos ...). Mais informações aqui: www.francofonia.org.br


RIO DE JANEIRO : O Serviço audiovisual do Consulado da França organiza no dia 21 de março uma sessão do Cinemaison, em parceria com o Consulado Geral da Suiça, dedicada à Francofonia. No MAM do Rio, dias 14, 15 e 16, estarão apresentadas, com o serviço de Cooperação para a Língua Francesa do Consulado da França, sessões educativas dedicadas aos estudantes de francês das escolas da Municipalidade.

Ordenar por: ciclo | título | data de exibição | cidade

Programação

SÃO PAULO: CHABROL E OUTROS DA NOUVELLE VAGUE

  • O Joelho de Claire
  • O Joelho de Claire
  • O Joelho de Claire
  • O Joelho de Claire
  • O Joelho de Claire

O Joelho de Claire

Le Genou de Claire (França 1970). De Eric Rohmer. Com Aurora Cornu, Béatrice Romand, Fabrice Luchini, Jean-Claude Brialy. Em cores/105’. Classificação etária 14 anos.

Sinopse, São Paulo

Sinopse

Jerome é um maduro, diplomata prestes a se casar e que passa suas últimas férias de solteiro às margens do lago Annecy. Lá ele reencontra Aurora, uma escritora italiana que é sua amiga e que alugou um quarto na casa de uma senhora e suas duas filhas, Laura e Claire. Logo Aurora o avisa que Laura está interessada nele, incentivando-o a ter um último namoro antes do casamento. Entretanto Jerome está interessado em Claire, tendo um desejo obsessivo em acariciar seu joelho. Ela é uma garota adorável e muito mais jovem. Um forte sentimento logo envolve o sério diplomata e a frágil, porém lúcida, garota. Como ele poderia resistir à sua personalidade, à sua inteligência e, sobretudo, como não ficar excitado com aqueles joelhos?

São Paulo

  • Cine Olido
    25/03/2011 às 17h
    Av. São João, 473 — centro, São Paulo
  • O Pequeno Soldado
  • O Pequeno Soldado
  • O Pequeno Soldado
  • O Pequeno Soldado
  • O Pequeno Soldado

O Pequeno Soldado

Le Petit soldat (França 1963). De Jean-Luc Godard. Com Anna Karina, Michel Subor. Em preto e branco/93’.

Sinopse, São Paulo

Sinopse

1958, guerra da Argélia. Bruno Forestier é desertor, está refugiado em Genebra e se apaixona por Véronica Dreyer. Recebe a incumbência, por um partido de extrema esquerda, de eliminar um jornalista político da rádio suíça. Fracassada a missão, Bruno é preso e torturado pelo FLN. Consegue escapar e volta para Véronica, que está trabalhando para o FLN. Tempos depois, ela é presa e torturada até a morte pelos extremistas franceses.

São Paulo

  • Cine Olido
    22/03/2011 às 17h
    Av. São João, 473 — centro, São Paulo
  • O Signo do Leão
  • O Signo do Leão
  • O Signo do Leão
  • O Signo do Leão
  • O Signo do Leão

O Signo do Leão

Le Signe du lion (França 1959). De Eric Rohmer. Com Gerard Philippe, Gilbert Edard, Jess Hahn, Michéle Girardon, Paul Bisciglia, Van Doude. Em preto e branco/103’. Classificação etária 12 anos.

Sinopse, São Paulo

Sinopse

Marca a estréia do francês Eric Rohmer, um dos criadores da revista Cahiers do Cinema, na direção. História trágico-cômica.

Pierre Wesselrin é um músico parisiense bon-vivant e falido, que um dia recebe um telegrama informando-o de que sua tia rica morreu. Como ela tem apenas dois parentes vivos, Pierre pressupõe que herdará sua fortuna, e convida seus amigos para uma festa celebrando a boa notícia. No dia seguinte, Pierre descobre que foi deserdado e que seu primo, que considerara um idiota, ficou com toda a herança. Sem um tostão, ele é expulso de seu apartamento, e como seus amigos estão todos em férias ou viajando a trabalho, ele é obrigado a dormir na rua.

São Paulo

  • Cine Olido
    19/03/2011 às 15h
    Av. São João, 473 — centro, São Paulo
  • Os Amantes
  • Os Amantes
  • Os Amantes
  • Os Amantes
  • Os Amantes

Os Amantes

Les Amants (França 1958). De Louis Malle. Com Jeanne Moreau. Em preto e branco/87’.

Sinopse, São Paulo

Sinopse

Jeanne, casada com Henri, homem autoritário e cáustico, se entedia no campo onde mora o casal. Durante as freqüentes estadas em Paris na casa de sua amiga Maggy, cuja vida mundana a fascina, ela conhece Raoul, que vira seu amante. Henri, querendo conhecer os amigos da mulher, convida Maggy e Raoul. No dia da recepção, voltando de Paris, o carro de Jeanne enguiça e um desconhecido, Bernard, se oferece para levá-la em casa. Ele é convidado para ficar e pernoitar. Tarde da noite, Jeanne e Bernard se encontram nos jardins e se amam loucamente. Quando amanhece, Jeanne está resolvida a ficar com Bernard, abandonando marido, filho e amante.

São Paulo

  • Cine Olido
    31/03/2011 às 19h
    Av. São João, 473 — centro, São Paulo
  • Os Incompreendidos
  • Os Incompreendidos
  • Os Incompreendidos
  • Os Incompreendidos
  • Os Incompreendidos

Os Incompreendidos

Les Quatre cents coups (França 1959). De François Truffaut. Com Jean-Pierre Léaud. Em preto e branco/99’. Classificação etária Livre.

Sinopse, São Paulo

Sinopse


Antoine Doinel tem 14 anos e mora em Paris com os pais, que não mostram muito interesse pelo jovem. Ele, por sua vez, tem problemas na escola: deixa de ir às aulas para passar as tardes no cinema e brincando com os amigos. Em meio às andanças, descobre que a mãe tem um amante. Depois de apanhar dela, o menino foge de casa e passa a viver de pequenos furtos.
Este é o primeiro longa de François Truffaut, que viria a acompanhar a vida do personagem em outros filmes.

São Paulo

  • Cine Olido
    18/03/2011 às 17h
    Av. São João, 473 — centro, São Paulo
  • Os Primos
  • Os Primos
  • Os Primos
  • Os Primos
  • Os Primos

Os Primos

Les Cousins (França 1959). De Claude Chabrol. Com Jean-Claude Brialy, Stéphane Audran. Em preto e branco/112’.

Sinopse, São Paulo

Sinopse

Ao visitar seu primo mulherengo que mora em Paris, jovem do interior, tímido e sonhador, acaba se apaixonando por uma das namoradas do companheiro.

São Paulo

  • Cine Olido
    20/03/2011 às 17h
    Av. São João, 473 — centro, São Paulo
  • Tempo de Guerra
  • Tempo de Guerra
  • Tempo de Guerra
  • Tempo de Guerra
  • Tempo de Guerra

Tempo de Guerra

Les Carabiniers (França, Itália 1963). De Jean-Luc Godard. Em cores/85’.

Sinopse, São Paulo

Sinopse

Durante a guerra, soldados de um país fictício recrutam fazendeiros para lutar pelo Rei, na promessa de fortuna e diversão garantidas. Dois homens são convencidos por suas mulheres a irem, e lutam por meses nas barbáries da guerra sem fim, retornando para casa cansados, desmoralizados e apenas com uma pequena mala, onde dizem estar todas as belezas do mundo.

São Paulo

  • Galeria Olido
    26/03/2011 às 17h
    Av. São João, 473 — Centro, São Paulo
  • Tio Vânia
  • Tio Vânia
  • Tio Vânia
  • Tio Vânia
  • Tio Vânia

Tio Vânia

Oncle Vania (França 2004). De Jean-Baptiste Mathieu. Em cores/120’. Classificação etária Livre.

Sinopse, São Paulo

Sinopse

Muito mais que uma simples captação do espetáculo teatral dirigido por Julie Brochen, o filme de Jean-Baptiste Mathieu entra em osmose com o ritmo e a forma tão singulares de sua direção. Da tempestade maléfica invadida por violências surdas e paixões reprimidas imaginada por Tchekhov, emerge a silhueta fantasmagórica de Jeanne Balibar, enigmática e obsessiva, tão bela quanto inacessível.

São Paulo

  • Galeria Olido
    17/03/2011 às 17h
    Av. São João, 473 — Centro, São Paulo
  • Trinta Anos Esta Noite
  • Trinta Anos Esta Noite
  • Trinta Anos Esta Noite
  • Trinta Anos Esta Noite
  • Trinta Anos Esta Noite

Trinta Anos Esta Noite

Le Feu follet (França 1963). De Louis Malle. Com Jeanne Moreau, Maurice Ronet. Em preto e branco/110’. Classificação etária 14 anos.

Sinopse, São Paulo

Sinopse


São as últimas 48 horas de um homem totalmente angustiado e perdido, Alain Leroy. Alain acaba de sair de um hospital onde fazia um tratamento para desintoxicação alcoólica. Lydia, sua amante e amiga de sua ex-mulher Dorothy – que o abandonou – deseja ajudá-lo. Alain volta a Paris e, através dos bares e de velhos amigos, começa uma espécie de busca de si mesmo na reconstituição do passado. Ao final dessa peregrinação, Alain encontra um vazio existencial, que o fará tomar uma decisão definitiva. Sobre o espelho registra uma data, e sobre a mesinha de cabeceira, o revólver está pronto...

Esta cópia se encontra no estoque de filmes do Estação. Seu uso deve ser negociado com esta empresa.

São Paulo

  • Cine Olido
    23/03/2011 às 17h
    Av. São João, 473 — centro, São Paulo
  • Um Só Pecado
  • Um Só Pecado
  • Um Só Pecado
  • Um Só Pecado
  • Um Só Pecado

Um Só Pecado

La Peau douce (França 1964). De François Truffaut. Com Daniel Ceccaldi, Françoise Dorleac, Jean Dessailly. Em preto e branco/119’. Classificação etária 12 anos.

Sinopse, São Paulo

Sinopse

O conhecido escritor Pierre Lachenay, casado e pai de família, se apaixona pela comissária de bordo Nicole durante um vôo para Lisboa, onde vai a uma turnê de conferências. Assim eles mantêm o caso escondido de todos, com Pierre fazendo viagens de negócios como forma de estar com Nicole e estar com a família, mas nem tudo transcorre da melhor forma. Incapaz de assumir a situação e postergando o momento da escolha, Pierre será morto num restaurante por sua mulher, justamente quando considerava retomar a vida conjugal.

São Paulo

  • Cine Olido
    31/03/2011 às 16h30
    Av. São João, 473 — centro, São Paulo