Páginas Íntimas

Páginas Íntimas

Les Créatures (França 1965).

De Agnès Varda. Com Michel Piccoli, Bernard Lajarrige, Britta Pettersson, Catherine Deneuve, Eva Dahlbeck, Jeanne Allard, Joelle Gozzi, Louis Falavigna, Lucien Bodard, Marie-France Mignal, Nino Castelnuovo, Pierre Danny, Roger Dax, Ursula Kubler. Comédia em cores/105’.

Este filme conta uma dupla estória: a vida de um casal e o nascimento de um romance. Edgar e Milene vivem reclusos e não podem dialogar, mas se amam e seu amor dará vida a uma criança. Quanto ao romance de Edgar, ele nasce do nada, à primeira vista, já que Edgar passeia sozinho pela Ilha de Noirmoutier. Mas, pouco a pouco, ao acaso de seus passeios, ele encontra alguns personagens cotidianos: um médico, uma dona de hotel, uma quitandeira, duas meninas bizarras, dois camelôs intrometidos e um homem estranho que se torna “a fera que o impedirá de escrever em círculos”. Estes personagens – dos quais ele sabe nada ou muito pouco – tornam-se, transformados ou imaginados por Edgar, as “criaturas” de seu romance, os peões de um jogo que ele inventa: o jogo da derrota. Enfim, o romance de ficção e o jogo da derrota organizam-se diante do espectador, enquanto as “criaturas” ganham vida ao longo de uma dura partida, na qual Edgar defende não apenas suas convicções, mas também seu amor.

Seleção oficial do Festival de Veneza 1966.


Presente no festival