Aurélien Recoing



Participação nos filmes

  • 13 Tzameti
  • 13 Tzameti
  • 13 Tzameti

13 Tzameti

(França 2005). De Gela Babluani. Com Aurélien Recoing, Georges Babluani. Em preto e branco/93’.

Sinopse

Sinopse

Ao receber uma carta convidando para um encontro em que poderia ganhar uma fortuna o dono da casa morre. Sébastien, que está arrumando o telhado, pega a carta e decide se passar pelo homem. E chega a um lugar onde homens apostam a vida de seres humanos.
A Face Do Medo

A Face Do Medo

Cette Femme-là (França 2003). De Guillaume Nicloux. Com Ange Rodot, Aurélien Recoing, Eric Caravaca, Josiane Balasko. Em cores/96’.

Sinopse

Sinopse

A vida da policial Michele Varin é um poço de dor desde a morte de seu filho. Para piorar as coisas, ela tem de lidar com uma insônia e com as investigações de um estranho suicídio. E acaba se deparando com gente envolta em mistério.
À Flor da Pele

À Flor da Pele

Douches froides (França 2005). De Antony Cordier. Com Aurélien Recoing, Florence Thomassin. Em cores/102’.

Sinopse

Sinopse

Esta é a história de um trio de adolescentes e seus pais. Cada um dos garotos enfrenta os problemas típicos de sua idade: Como suportar uma mãe maluca e um pai alcoólatra? E as dietas intermináveis? Ou como ter um encontro amoroso a três num hotel?
  • Amanhã ao Amanhecer
  • Amanhã ao Amanhecer
  • Amanhã ao Amanhecer
  • Amanhã ao Amanhecer

Amanhã ao Amanhecer

Demain dès l'aube (França 2009). De Denis Dercourt. Com Aurélien Recoing, Francoise Lebrun, Gérald Laroche, Jérémie Renier, Vincent Perez. Em cores/96’.

Sinopse

Sinopse


Paul, o caçula de dois irmãos, tem uma paixão por batalhas históricas que o isola da realidade. Após um pedido da mãe, Mathieu, o mais velho, tenta ajudá-lo a superar sua dependência desse mundo secreto e misterioso, onde as fronteiras entre realidade e representação se misturam. Para ajudar o irmão, Mathieu não tem outra escolha senão tornar-se parte desse mundo.
* Seleção oficial do Festival de Cannes 2009.



  • Diamante 13
  • Diamante 13
  • Diamante 13
  • Diamante 13
  • Diamante 13

Diamante 13

Diamant 13 (Bélgica, França, Luxemburgo 2009). De Gilles Béhat. Com Aïssa Maiga, Asia Argento, Aurélien Recoing, Gérard Depardieu, Olivier Marchal. Em cores/’.

Sinopse

Sinopse


Amparado numa interpretação - como de costume - magnífica de Gérard Depardieu, esta produção mostra uma Paris sem romantismo algum, ambientada no submundo da Cidade-Luz. E é neste cenário que o roteiro traça um enorme duelo, tendo de um lado um policial veterano, e de outro seu melhor amigo que se tornou um dos traficantes mais procurados e perigosos do país.

  • Jogos Sinistros
  • Jogos Sinistros
  • Jogos Sinistros
  • Jogos Sinistros
  • Jogos Sinistros

Jogos Sinistros

Un jeu d'enfants (França 2000). Com Aurélien Recoing, Charles Berling, Karin Viard, Ludivine Sagnier. Em cores/85’.

Sinopse

Sinopse

De Laurent Tuel.

Marianne, Jacques e seus dois filhos, Julien e Aude formam uma família adorável de classe média e vivem felizes num bairro chique de Paris. O filho mais velho e a filha estão estranhamente ansiosos para visitar a casa na qual passaram a infância. A partir desse momento, a calma vida da família muda radicalmente, passando a ter um sequência de acontecimentos inexplicáveis e assustadores. Enquanto Julien e Aude brincam com seus jogos sinistros, com intenção óbvia de obter poderes maléficos, ao seu redor, Marianne e Jacques ficam presos a tormentos e problemas que acabam por revelar os obscuros segredos que estavam escondidos por trás dos rostos angelicais.

  • Joseph et la fille
  • Joseph et la fille
  • Joseph et la fille
  • Joseph et la fille
  • Joseph et la fille

Joseph et la fille

(França 2009). De Xavier de Choudens. Com Aurélien Recoing, Hafsia Herzi, Jacques Dutronc. Em cores/82’.

Sinopse

Sinopse


Joseph acaba de passar vinte anos na prisão. Logo depois de sair, ele só pensa numa coisa: planejar seu último assalto. Para montar o golpe de mestre, ele precisa de um cúmplice. Joseph resolve então treinar Julie, de 20 anos. Mas as coisas ficam confusas entre esses dois seres diferentes em tudo...

  • Na Mira do Inimigo
  • Na Mira do Inimigo
  • Na Mira do Inimigo
  • Na Mira do Inimigo
  • Na Mira do Inimigo

Na Mira do Inimigo

L'Ennemi intime (França, Marrocos 2007). Com Albert Dupontel, Aurélien Recoing, Benoît Magimel, Eric Savin, Marc Barbe, Vincent Rottiers. Em cores/111’.

Sinopse

Sinopse

De Florent Emilio Siri.

No ano de 1954, foi criada a força civil Frente de Libertação Nacional para libertar a Argélia, então colônia francesa há 130 anos. Em resposta às resoluções da FNL, para negociar a independência, a França enviou 500 mil jovens recrutas para lutarem. Em 1959 dentro do próprio ambiente militar, a tendência à loucura e ao mal se expressava neste período obscuro. Ali, franceses tornaram-se torturadores, não importando se eram crianças, adultos ou idosos, deixando de lado seus valores humanos e, muitas vezes, esquecedo de quem eram. Um dos soldados, chamado pelos companheiros de tenente substituto, começa a se questionar até que ponto esta guerra é realmente justa.

  • Orlando Vargas
  • Orlando Vargas
  • Orlando Vargas

Orlando Vargas

(França, Uruguai 2005). De Juan Pittaluga. Com Aurélien Recoing, Diego Bernabe, Elina Löwensohn. Em cores/80’.

Sinopse

Sinopse

Orlando Vargas é um executivo que vive há cinco anos no Uruguai, com a mulher Alice e o filho Thomaz. Ele é constantemente vigiado por um policial, enquanto seu assistente Gaspard se preocupa com seu destino. Sempre observado pelo filho, Orlando afoga as suas apreensões no álcool. Pressionado por forças governamentais misteriosas, ele se muda com a família para Josefina, pequena vila no litoral, quase fronteira com o Brasil. Lá, a vida da família tomará um rumo misterioso. Filme inspirado no pai do diretor, um diplomata afastado do cargo pela sua oposição ao regime militar uruguaio da época. Selecionado para a Semana da Crítica do Festival de Cannes 2005.
  • Souli
  • Souli
  • Souli

Souli

(França, Grã-Bretanha (Reino Unido, UK) 2004). De Alexander Abela. Com Aurélien Recoing, Eduardo Noriega, Fatou Ndiaye. Em cores/95’.

Sinopse

Sinopse

Carlos, um estudante espanhol, desembarca na África à procura de Souli, um renomado escritor africano. Ele planeja traduzir para o espanhol um antigo conto originário de tradições orais, das quais Souli é o último remanescente. Na tentativa de encontrar o escritor, que escolheu viver isolado em um remoto vilarejo de pescadores, Carlos torna-se, sem saber, o instrumento de uma elaborada vingança planejada por alguns habitantes da comunidade local. A aparente inocência do estudante termina provocando o colapso da estabilidade social e da harmonia do vilarejo.