Claude Brasseur

Claude Brasseur



Participação nos filmes

  • A Vida do Castelo
  • A Vida do Castelo
  • A Vida do Castelo

A Vida do Castelo

La Vie de Château (França 1966). De Jean-Paul Rappeneau. Com Catherine Deneuve, Claude Brasseur, Philippe Noiret. Em preto e branco/92’.

Sinopse

Sinopse

Em um castelo próximo a praia de desembarque da Alemanha, um comandante alemão vive com sua amada esposa. Até que um soldado paraquedista do exército da libertação cai do céu para acordar um castelo mergulhado no marasmo. Trata-se do primeiro longa-metragem de Jean-Paul Rappeneau, um dos primeiros realizadores franceses à falar amenamente da Segunda Guerra Mundial.
  • Bande à part
  • Bande à part
  • Bande à part

Bande à part

Bande à Part (França 1964). De Jean-Luc Godard. Com Claude Brasseur, Anna Karina. Em preto e branco/95’.

Sinopse

Sinopse


Dois bandidos com uma predileção por antigos filmes B de Hollywood convencem um estudante de idiomas para ajudá-los a cometer um assalto.

  • Camping
  • Camping
  • Camping
  • Camping
  • Camping

Camping

(França 2005). De Fabien Onteniente. Com Claude Brasseur, Frédérique Bel, Gerard Lanvin, Mathilde Seigner. Em cores/95’.

Sinopse

Sinopse


1º de agosto. No camping de Flots Bleus, é como se a Europa inteira estivesse chegando. Como todos os anos, os campistas instalam seu isopor, tenda e caravana à beira das ondas do Atlântico. Como todos os anos, acontecem os reencontros das famílias de freqüentadores. Colchões pneumáticos, conservas, churrascos, Ricard et Shogun (a boate local)... É bela a vida de havaianas! Michel Saint Josse, cirurgião plástico de Paris, acaba de se dar de presente o Aston Martin de James Bond, para levar a filha Vanessa de férias a Marbella. O pesadelo espreita... Deixado na mão por sua bela máquina, sem nenhuma outra solução possível, Michel Saint Josse se vê no camping de Flots Bleus, na tenda de Patrick Chirac. Só e desamparado, no meio das lingüiças, dos pratos de plástico, do atum à catalã, das duchas coletivas e do Benco, Michel St Josse terá que submeter-se, contra sua vontade, aos problemas existenciais de uma espécie desconhecida para ele: o campista...

  • Camping 2
  • Camping 2
  • Camping 2
  • Camping 2
  • Camping 2

Camping 2

(França 2009). De Fabien Onteniente. Com Claude Brasseur, Mathilde Seigner, Richard Anconina. Em cores/’.

Sinopse

Sinopse


Jean-Pierre Savelli, empregado no ramo de seguros, fica sabendo que Valérie, sua noiva, quer dar um tempo. Para recarregar as baterias, ele resolve mudar o destino das férias e vai para o camping de Flots Bleus, perto de Arcachon. Logo, ele encontra seu vizinho, Patrick Chirac e seu grupo de campistas irredutíveis...

Detetive

Detetive

Détective (França 1985). De Jean-Luc Godard. Com Claude Brasseur, Johnny Hallyday, Nathalie Baye. Em cores/98’. Classificação etária 12.

Sinopse

Sinopse

Num grande hotel parisiense, dois detetives investigam um antigo assassinato, enquanto Jim , treinador de boxe, está ansioso pela vitória de seu lutador Tiger para conseguir dinheiro. Na realidade, ele deve uma soma considerável a Émile Chenal e à sua esposa e ainda tem a Máfia no seu encalço.
  • Em legítima defesa
  • Em legítima defesa
  • Em legítima defesa

Em legítima defesa

Légitime violence (França 1982). De Serge Leroy. Com Claude Brasseur, Christophe Lambert, Thierry Lhermitte. Em cores/97’.

Sinopse

Sinopse



Deauville. A família Modot prepara-se para pegar o trem. De repente, dois homens armados invadem a estação e atiram na multidão. A mãe, a esposa e a filha de Martin são mortas, o pai é gravemente ferido. Como a investigação não anda, Martin lança-se pessoalmente à perseguição dos culpados...

L'autre Côté de la Mer

(França 1996). De Dominique Cabrera. Com Claude Brasseur, Roschdy Zem. Em cores/89’.

Sinopse

Sinopse

Verão de 1994. Georges Montero, um pied-noir (cidadão francês que mora na Argélia), pequeno empresário, chega à França pela primeira vez, para uma operação de catarata. Tarek Timzert, seu cirurgião, é filho de imigrantes argelinos e nunca pôs os pés na Argélia. Entre eles floresce uma bela amizade. Primeiro longa-metragem sensível e firme de Dominique Cabrera, pied-noire francesa de origem espanhola, conhecida por seus documentários.
  • La Banquière
  • La Banquière
  • La Banquière
  • La Banquière
  • La Banquière

La Banquière

(França 1980). De Francis Girod. Com Claude Brasseur, Daniel Auteuil, Jean Carmet, Jean-Claude Brialy, Jean-Louis Trintignant, Marie-France Pisier, Romy Schneider, Thierry Lhermitte. Em cores/125’.

Sinopse

Sinopse


Na Paris do entre-guerras, uma mulher afirma-se no meio das altas finanças dominado pelos homens. De origem humilde, ela atrai os pequenos investidores propondo a eles juros excepcionais. Ela propaga igualmente o gosto pelo luxo e as aventuras homossexuais. E ela pagará caro por tudo isso...

  • Legítima defesa
  • Legítima defesa
  • Legítima defesa

Legítima defesa

Légitime défense (França 2011). De Pierre Lacan. Com Claude Brasseur, Jean-Paul Rouve, Olivier Gourmet. Em cores/85’.

Sinopse

Sinopse


Benoit é um cara normal, casado e com um filho recém-nascido. Mas quando seu pai, um investigador particular, desaparece depois de um assalto, Benoit lança uma busca e, gradualmente, descobre a verdade perturbadora sobre sua vida dupla. Ele percebe que seu pai não é o herói que ele sempre acreditou. Benoit é caçado por assassinos impiedosos, que em busca de uma grande quantidade de heroína tem a intenção de matar sua família caso ele não consiga encontrar seu pai. Com a ajuda de uma prostituta, Benoit deve agora proteger sua família e salvar sua própria vida.

  • O Cabo Preso
  • O Cabo Preso
  • O Cabo Preso
  • O Cabo Preso

O Cabo Preso

Le caporal épinglé (França 1962). De Jean Renoir. Com Claude Brasseur, Jean Carmet, Jean-Pierre Cassel. Em preto e branco/105’.

Sinopse

Sinopse

Um cabo da alta classe de Paris é capturado pelos alemães quando eles invadem a França em 1940. Assistidos e acompanhados por personagens tão diversos como um fazendeiro rabugento, um garçom, um intelectual míope, um parisiense de classe operária e um assistente de dentista alemão, o cabo e seu pai querem de qualquer maneira escapar do campos de prisioneiros.

* BAFTA 1963 - Indicado à categoria de Melhor Filme.
* Festival de Berlin 1962 - Em competição.