Emmanuel Gras



Participação nos filmes

A motivação

A motivação

La motivation (França 2003). De Emmanuel Gras. Em preto e branco/26’.

Sinopse

Sinopse

O retrato de Carine, jovem mãe, que Emmanuel Gras acompanhou na sua batalha para criar seu filho e também ascender socialmente. Uma montagem sensível em preto e branco.
  • Makala
  • Makala
  • Makala

Makala

Makala (França 2017). De Emmanuel Gras. Em cores/96’. Classificação etária Livre.

Sinopse

Sinopse

No Congo, um jovem aldeão espera oferecer um futuro melhor para sua família. Tem como recursos suas armas, o mato circundante e uma forte vontade. Começando em estradas perigosas e exaustivas para vender o fruto de seu trabalho, ele descobrirá o valor de seu esforço e o preço de seus sonhos.
  • Tweety Lovely Superstar
  • Tweety Lovely Superstar

Tweety Lovely Superstar

(França 2006). De Emmanuel Gras. Em cores/18’.

Sinopse

Sinopse


Quatro homens e uma criança no teto de um prédio. Seu trabalho: derrubá-lo. Suas ferramentas: seus braços. A labuta deste dia é a labuta de todo dia. Os golpes pesados marcam o compasso do progresso do trabalho, num tempo suspenso. Os gestos tornam-se música, a música se transforma em golpes e os golpes em vertigem, o nosso, perante a vacilação da História e o sofrimento dos homens.

Um Ser Vivo

Um Ser Vivo

Être Vivant (França 2013). De Emmanuel Gras. Em cores/17’.

Sinopse

Sinopse

Uma voz masculina descreve, com precisão implacável, a jornada física e mental de um homem que acabou de perder sua casa. Por trás das palavras duras, sentimos empatia por alguém que já esteve lá. Imagens das ruas de Paris, transeuntes, bancos, cantos escuros que poderiam ser usados como abrigo.