Hélène Fillières



Participação nos filmes

  • Culpado
  • Culpado
  • Culpado

Culpado

Coupable (França 2008). De Laetitia Masson. Com Amira Casar, Anne Consigny, Denis Podalydes, Hélène Fillières, Jérémie Renier, Marc Barbe. Em cores/105’.

Sinopse

Sinopse


Esta é a história de Lucien Lambert, um advogado comum. Um dia lhe é proposto o negócio da sua vida: defender uma mulher, Blanche Grandville, suspeita de ter matado seu marido. Visitando, numa noite de insônia, a casa abandonada de sua cliente, ele encontra Marguerite Marquet, a cozinheira dos Grandville. É uma menina estranha, que não lembra nenhuma outra. Inocente? Mesmo? Um homem os observa a cada noite: Louis Berger, um inspetor de polícia. Cada um busca a verdade, cada um se pergunta sobre o amor. Quem é culpado? Quanto mais a investigação avança, mais a dúvida se instala, mais o mistério se aprofunda...

  • De volta para casa
  • De volta para casa

De volta para casa

A moi seule (França 2012). De Frédéric Videau. Com Hélène Fillières, Reda Kateb. Em cores/91’.

Sinopse

Sinopse


Gaëlle foi seqüestrada ainda criança, depois de oito anos vivendo com seqüestrador, em um relacionamento em que ela passou a ter o poder a jovem é libertada por ele. Mas ela agora tem que se adaptar ao mundo e a família e amigos que não sabem como se comportar perto dela.

  • France Boutique
  • France Boutique
  • France Boutique
  • France Boutique
  • France Boutique

France Boutique

(França 2003). De Tonie Marshall. Com François Cluzet, Hélène Fillières, Judith Godrèche, Julien Lucas, Karin Viard, Micheline Presle, Nathalie Baye. Em cores/90’.

Sinopse

Sinopse


France é casada com Oliver há dez anos. Juntos eles abrem uma empresa de vendas pela televisão, onde são os principais apresentadores: France Boutique. Eles têm uma grande equipe: Estelle, apresentadora, articulada e trabalhadora. Yvan, vendedor, dividido entre a sua natureza profunda e seu gosto pelo consenso. Marcus, diretor, cheio de entusiasmo pelas novas formas e a descoberta de novas atrizes... Mas eles se repetem, inovam menos, até na intimidade. Quanto à empresa, ela acusa uma nítida estagnação nas vendas. Eles encontram uma parceria: uma empresa de vendas na Internet, dirigida por Sofia, que só tem um objetivo em mente: armar uma armadilha que os leve à lona, recuperando assim o seu tempo na televisão...


  • Lady Chatterley
  • Lady Chatterley
  • Lady Chatterley
  • Lady Chatterley
  • Lady Chatterley

Lady Chatterley

(França 2007). De Pascale Ferran. Com Bernard Verley, Hélène Fillières, Hippolyte Girardot, Jean-Baptiste Maunier. Em cores/158’.

Sinopse

Sinopse


Em 1921, Constance vive numa propriedade rural com o marido, Clifford Chatterley, tenente condenado a uma cadeira de rodas por causa da Primeira Grande Guerra. Ela amarga uma vida monótona, presa à obrigação com o casamento. Um dia, durante um passeio na floresta, conhece Parkin, o guarda-caça (cuja função é evitar os caçadores furtivos) da propriedade. A atração entre os dois desperta nela um desejo nunca antes experimentado.
Baseado no romance de D.H. Lawrence.
* Exibido em Berlim 2007;
* Vencedor de 5 Césars: Melhor Filme, Melhor Atriz, Melhor Fotografia, Melhor Figurino, e Melhor Roteiro Adaptado. *

  • Low Life
  • Low Life

Low Life

Les Amants de Low Life (França 2011). De Elisabeth Perceval, Nicolas Klotz. Com Hélène Fillières. Em cores/’.

Sinopse

Sinopse


Recém-separados, Charles e Carmen fazem parte de um grupo de amigos de vinte e poucos anos que levam uma vida comunitária. Este grupo de românticos vive entre o limite do idealismo da adolescência e a realidade da vida adulta: um dia, varam a noite em festas; no outro, correm para tentar impedir a polícia de evacuar um prédio de imigrantes. Neste protesto, Carmen conhece Hussain, um poeta afegão que estuda ilegalmente na França, e os dois começam uma intensa relação. Mas com o risco de deportação que ameaça separá-los, Charles, ainda emocionalmente apegado, mantém-se próximo.

  • Menininha
  • Menininha
  • Menininha

Menininha

Petite Fille (França 2009). De Laetitia Masson. Com Hélène Fillières. Em cores/100’.

Sinopse

Sinopse


Sylvie, 35 anos, mora e trabalha na fazenda da família, isolada na serra. Sua única distração é um curso de teatro semanal. Certa noite, ela conhece um rapaz que a convida para passar o fim de semana com ele, na cidade. Nervosa com o encontro, Sylvie resolve ir...

  • O Bolo de Casamento
  • O Bolo de Casamento
  • O Bolo de Casamento
  • O Bolo de Casamento

O Bolo de Casamento

Pièce montée (França 2010). De Denys Granier- Deferre. Com Aurore Clement, Danielle Darrieux, Dominique Lavanant, Hélène Fillières, Jean-Pierre Marielle, Jérémie Renier, Julie Depardieu, Julie Gayet. Em cores/93’.

Sinopse

Sinopse


Bérengère e Vincent casam-se segundo as tradições burguesas. De acordo com o costume, família e amigos se reúnem no campo num belo dia de primavera. Alegre para uns, doloroso para outros, em todo caso, será um dia decisivo e inesquecível para todos. Mas como os laços de sangue não são sempre os mesmos do coração, esse dia se tornará rapidamente "a hora da verdade"...

  • Sexta-Feira à Noite
  • Sexta-Feira à Noite
  • Sexta-Feira à Noite

Sexta-Feira à Noite

Vendredi Soir (França 2001). De Claire Denis. Com Grégoire Colin, Hélène Fillières, Valérie Lemercier, Vincent Lindon. Em cores/86’.

Sinopse

Sinopse


Em novembro e dezembro de 1995, as greves dos transportes paralisam Paris. Laure, uma jovem, depois de muito refletir, resolve ir morar com o noivo François, médico. Enquanto está presa num engarrafamento, Frédéric, um caroneiro, sobe no seu carro. Uma atração mútua nasce instantaneamente do encontro e os leva a passar a noite juntos...


  • Um Dia de Rainha
  • Um Dia de Rainha

Um Dia de Rainha

Reines d'un jour (França 2001). De Marion Vernoux. Com Atmen Kelif, Clémentine Célarié, Evelyne Buyle, Gilbert Melki, Hélène Fillières, Jane Birkin, Jonathan Zaccai, Karin Viard, Marie-Sophie L, Melvil Poupaud, Philippe Harel, Sergi Lopez, Valérie Benguigui, Victor Lanoux. Em cores/94’.

Sinopse

Sinopse

Uma jornada pela vida de cinco personagens que se inicia às oito horas da manhã e termina às seis horas da manhã seguinte. Alguns dentre eles se conhecem de longa data, outros se encontram por um acaso. Uma rede de atrações entre homens e mulheres, na qual uma delas quer tirar proveito da situação, outra acaba perturbada, e em que todos jogam com o inesperado.
  • Um homem de verdade
  • Um homem de verdade

Um homem de verdade

Un homme, un vrai (França 2002). De Arnaud Larrieu, Jean-Marie Larrieu. Com Daniel Cohen, Hélène Fillières, Mathieu Amalric, Philippe Suner, Pierre Pellet. Em cores/120’.

Sinopse

Sinopse

Durante uma noite parisiense, Bóris, um aprendiz de cineasta, e Marilyne, importante funcionária de uma empresa de informática, brincam de amor e cumplicidade um pelo outro no mesmo dia em que se conheceram. Acabam realmente se apaixonando. Cinco anos depois... Marilyne, acompanhada de Bóris e de seus filhos, viaja para Ibiza numa viagem de negócios. Quando Bóris, cansado do papel de "dono de casa" se prepara para deixá-la, Marilyne desaparece com uma aventura amorosa. Cinco anos depois... Marilyne reaparece no interior dos Pirineus guiando um grupo de americanas em estágio de "ressourcing". Ela descobre que o homem que lhes mostrará o misterioso acasalamento dos galos de bruyère em alta montanha não é ninguém menos que Bóris. Alguns anos antes eles fingiram que se conheciam, embora não se conhecessem. Agora, Marilyne e Bóris fingirão ser desconhecidos, embora se conheçam.