Jean-Pierre Jeunet

Biografia




Participação nos filmes

Delicatessen

Delicatessen

(França 1991). De Jean-Pierre Jeunet. Com Jean-Claude Dreyfus. Em cores/100’. Classificação etária 18.

Sinopse

Sinopse

Em um futuro apocalíptico, homem se candidata a zelador no único prédio em pé. Mal sabe ele, que o síndico e dono de açougue costuma usar seus empregados como "suprimento de carne" para seus clientes canibais. A filha dele, apaixonada pelo zelador, decide impedir que o assassinato ocorra. TC CULT 1992 Cesar Roteiro;1992 Cesar Desenho de Produção;1992 Indicado ao César Figurino;1992 Indicado ao César Fotografia;1992 Indicado ao César Atriz Promissora;1993 Indicado ao Bafta Filme de Língua não-Inglesa;1992 Indicado ao César Som;1992 Indicado ao César Trilha Sonora;1992 Indicado ao César Ator Coadjuvante;1992 Cesar Montagem O diretor passou férias num hotel cuja comida era "ruim como carne humana". Ele foi morar sobre um açougue e acordava com a carne sendo cortada em cantoria - sua esposa dizia que eram os vizinhos e que eles seriam os próximos.
  • Eterno Amor
  • Eterno Amor
  • Eterno Amor
  • Eterno Amor
  • Eterno Amor

Eterno Amor

Un long dimanche de fiançailles (Estados Unidos, França 2004). De Jean-Pierre Jeunet. Com André Dussolier, Audrey Tautou, Jean-Claude Dreyfus, Jean-Pierre Darroussin, Julie Depardieu, Marion Cotillard. Em cores/134’.

Sinopse

Sinopse

Após o término da 1ª Guerra Mundial, a jovem Mathilde aguarda notícias sobre Maneth, seu noivo. Mathilde fica sabendo que Maneth fez parte de um grupo de cinco soldados que, individualmente, provocaram sua própria mutilação, para que deixassem a frente de batalha da guerra. Os cinco são condenados à morte pela Corte Marcial e, após serem levados a uma trincheira francesa, são deixados à morte no território existente entre o local em que estavam e a trincheira alemã. Apesar de todos serem considerados mortos pelo exército francês, Mathilde acredita que Maneth está vivo e inicia, por conta própria, uma busca por pistas que confirmem isto.

  • Foutaises
  • Foutaises

Foutaises

(França 1989). De Jean-Pierre Jeunet. Em preto e branco/9’.

Sinopse

Sinopse

'Tudo que eu amo, é tudo que não amo'
  • MicMacs - Um Plano Complicado
  • MicMacs - Um Plano Complicado
  • MicMacs - Um Plano Complicado
  • MicMacs - Um Plano Complicado
  • MicMacs - Um Plano Complicado

MicMacs - Um Plano Complicado

Micmacs à Tire-Larigot (França 2008). De Jean-Pierre Jeunet. Com André Dussolier, Dany Boon, Jean-Pierre Marielle, Yolande Moreau. Em cores/104’.

Sinopse

Sinopse

O músico de rua Basil é um sujeito sem sorte. Ainda criança, teve sua casa no deserto do Marrocos explodida por uma mina, tornando-se órfão e sem-teto. Anos mais tarde, ficaria à beira da morte por conta de uma bala perdida que se alojou em seu crânio. Retornando do hospital após este acidente, é apresentado por um ex-presidiário a um grupo de comerciantes de ferro-velho. São marginalizados que vivem dentro de uma caverna, mas cada um tem alguma habilidade extraordinária. Junto aos seus novos amigos, Basil faz de tudo para destruir a indústria de armamentos que arruinou sua vida.

  • O Fabuloso Destino de Amélie Poulain
  • O Fabuloso Destino de Amélie Poulain
  • O Fabuloso Destino de Amélie Poulain
  • O Fabuloso Destino de Amélie Poulain
  • O Fabuloso Destino de Amélie Poulain

O Fabuloso Destino de Amélie Poulain

Le Fabuleux destin d'Amélie Poulain (França 2001). De Jean-Pierre Jeunet. Com Audrey Tautou, Mathieu Kassowitz, Rufus. Em cores/120’. Classificação etária Livre.

Sinopse

Sinopse

O filme conta a história de Amélie, uma menina cujos pais a privaram de freqüentar a escola e ter contato com outras crianças, por acharem que ela apresentasse uma anomalia no coração. Ao crescer, Amélie muda-se do subúrbio para o bairro parisiense de Montmartre, onde começa a trabalhar como garçonete em um pequeno café e mora em um apartamento alugado onde vive suas fantasias. Certo dia porém, sua vida sofre uma transformação radical no dia em que descobre, em seu banheiro, uma antiga caixa cheia de objetos infantis pertencentes ao antigo morador do apartamento, Dominique. Empolgada, assume a missão de encontrar o dono e entregar o que achou, anonimamente. Essa jornada irá conduzi-la a um mundo totalmente novo. Ao notar que ele chora de alegria ao reaver o seu objeto, a moça fica impressionada e remodela sua visão do mundo. A partir de então, Amélie se engaja na realização de pequenos gestos a fim de ajudar e tornar mais felizes as pessoas ao seu redor. Ela ganha aí um novo sentido para sua existência. Em uma destas pequenas grandes ações ela encontra um homem por quem se apaixona à primeira vista. E então seu destino muda para sempre… * César de Melhor Filme, Diretor, Trilha Sonora e Diração de Arte *; * Bafta de Melhor Roteiro Original e Diração de Arte *; * 5 Indicações para o Oscar.

  • Uma viagem extraordinária
  • Uma viagem extraordinária
  • Uma viagem extraordinária

Uma viagem extraordinária

L'extravagant voyage du jeune et prodidieux T.S Spivet (França 2013). De Jean-Pierre Jeunet. Em cores/105’.

Sinopse

Sinopse

T.S. Spivet, vive num rancho isolado de Montana. Garoto superdotado e apaixonado por ciência, ele inventou a máquina de movimento perpétuo, o que o fez receber um prêmio muito prestigioso. Sem dizer nada à família, ele parte, sozinho, para buscar sua recompensa e atravessa os EUA num trem de mercadorias. Mas ninguém imagina que o feliz premiado só tem dez anos e carrega um segredo tão pesado...