Laetitia Masson



Participação nos filmes

  • A Venda
  • A Venda
  • A Venda

A Venda

A Vendre (França 1998). De Laetitia Masson. Com Roschdy Zem, Sandrine Kiberlain, Sergio Castellito. Em cores/117’.

Sinopse

Sinopse

Às vésperas de seu casamento com Pierre (Jean-François Stévenin), France (Sandrine Kiberlain) desaparece. Primo (Sergio Castellitto), detetive particular, lança-se, então em vão na busca da noiva que evaporou, interrogando aqueles que lhe são mais próximos, amigos, família. César 1999: Indicado ao prêmio de melhor interpretação feminina (Sandrine Kiberlain) e melhor direção
  • Culpado
  • Culpado
  • Culpado

Culpado

Coupable (França 2008). De Laetitia Masson. Com Amira Casar, Anne Consigny, Denis Podalydes, Hélène Fillières, Jérémie Renier, Marc Barbe. Em cores/105’.

Sinopse

Sinopse


Esta é a história de Lucien Lambert, um advogado comum. Um dia lhe é proposto o negócio da sua vida: defender uma mulher, Blanche Grandville, suspeita de ter matado seu marido. Visitando, numa noite de insônia, a casa abandonada de sua cliente, ele encontra Marguerite Marquet, a cozinheira dos Grandville. É uma menina estranha, que não lembra nenhuma outra. Inocente? Mesmo? Um homem os observa a cada noite: Louis Berger, um inspetor de polícia. Cada um busca a verdade, cada um se pergunta sobre o amor. Quem é culpado? Quanto mais a investigação avança, mais a dúvida se instala, mais o mistério se aprofunda...

  • Menininha
  • Menininha
  • Menininha

Menininha

Petite Fille (França 2009). De Laetitia Masson. Com Hélène Fillières. Em cores/100’.

Sinopse

Sinopse


Sylvie, 35 anos, mora e trabalha na fazenda da família, isolada na serra. Sua única distração é um curso de teatro semanal. Certa noite, ela conhece um rapaz que a convida para passar o fim de semana com ele, na cidade. Nervosa com o encontro, Sylvie resolve ir...

Porque (não) o Brasil

Pourquoi (pas) le Brésil (França 2004). De Laetitia Masson. Em cores/92’. Classificação etária 14 anos.

Sinopse

Sinopse

É a história de uma diretora numa má fase artística que pensa que a verdadeira decadência para um cineasta é ter que adaptar um livro, e o pior, tentar adaptar um "bom" livro. Ela se chama Laetitia Masson. "Pourquoi (pas) le Brésil", é a história desta adaptação inversa: um livro que adapta um filme. E no momento em que a diretora, repleta de dúvidas, recusa-se a faze-lo, o filme é feito.