Lubna Azabal

Lubna Azabal



Participação nos filmes

  • Adeus Marrocos
  • Adeus Marrocos
  • Adeus Marrocos
  • Adeus Marrocos
  • Adeus Marrocos

Adeus Marrocos

Goodbye Morocco (França, Marrocos 2012). De Nadir Mokneche. Com Faouzi Bensaïdi, Lubna Azabal, Rasha Bukvic. Em cores/102’.

Sinopse

Sinopse

Dounia, divorciada e com um filho, vive com um arquiteto sérvio no Tanger. Tal relação é vista como escandalosa pelos olhos de uma família marroquina tradicional. O casal comanda uma reforma onde se restauram túmulos cristãos do século IV. Donia se lança em um negócio lucrativo, esperando ganhar muito rápido para que possa sair do Marrocos com seu filho e seu amante. Mas um dos operários da obra desaparece...
  • Exílios
  • Exílios
  • Exílios
  • Exílios
  • Exílios

Exílios

Exils (França 2004). De Tony Gatlif. Com Habib Cheik, Leila Makhlouf, Lubna Azabal, Romain Duris, Zouhir Gacem. Em cores/104’.

Sinopse

Sinopse

Um dia, o músico Zano sugere para sua companheira Naïma atravessar a França e a Espanha para chegar à Argélia, onde eles finalmente conheceriam a cidade natal de seus pais e saberiam por que eles tiveram de fugir. Quase como um desafio, levando apenas música na bagagem, os dois caem na estrada. Apaixonados pela liberdade, envolvidos pela sensualidade de Andaluzia, eles deixam o tempo passar, até finalmente decidirem atravessar o mediterrâneo. Zano e Naïma reconstroem ao contrário o caminho do exílio... Terminando a viagem com a promessa de reencontrar a si mesmos. * Melhor Diretor - Festival de Cannes 2004 * * Indicado à Palma de Ouro - Festival de Cannes 2004

  • Incêndios
  • Incêndios
  • Incêndios
  • Incêndios
  • Incêndios

Incêndios

Incendies (Canadá, França 2010). De Denis Villeneuve. Com Lubna Azabal, Rémy Girard. Em cores/130’. Classificação etária Não recomendada para menores de 14 (quatorze) anos.

Sinopse

Sinopse

Na leitura do testamento de sua mãe, os gêmeos Simon e Jeanne descobrem que eles têm um irmão e que o pai, que os dois achavam haver falecido, está vivo. Dentre muitos pedidos, a maioria um pouco desconfortáveis, o último e mais importante vinha junto com duas cartas seladas: encontrar os dois e entregar-lhes. Para isso, eles seguem rumo ao oriente médio numa jornada que também lhes servirá como uma busca às próprias raízes sempre cercadas sob um véu de mistério.
  • Longe
  • Longe
  • Longe
  • Longe

Longe

Loin (França 2001). De André Techiné. Com Gaël Morel, Jack Taylor, Lubna Azabal, Mohamed Hamaidi, Stéphane Rideau, Yasmina Reza. Em cores/120’.

Sinopse

Sinopse

Serge é um camionheiro que transporta tecidos e roupas entre a França e o Marrocos. Ele ama Sarah, uma relação intensa mas problemática. Muitas vezes, Serge cruza com Said, sempre montado na sua bicicleta, prestando pequenos serviços para a pensão de Sarah que está prestes a fechar. Said vive sonhando em migrar para o norte e François, um jovem cineasta, interessa-se por suas tentativas de exílio... Durante 3 dias, sob o sol do Marrocos, homens e mulheres perdidos na vida procuram-se, esperam uns aos outros, se cruzam, se amam e, por vezes, acabam se traindo. * Em competição oficial no Festival de Veneza 2001*
  • Paradise Now
  • Paradise Now
  • Paradise Now

Paradise Now

(Alemanha, França, Holanda 2004). De Hany Abu-Assad. Com Lubna Azabal, Ali Suliman, Kais Nashef. Em cores/90’. Classificação etária 14 anos.

Sinopse

Sinopse

Amigos de infância, os palestinos Khaled e Said são recrutados para realizar um atentado suicida em Tel Aviv. Depois de passar com suas famílias o que teoricamente seria a última noite de suas vidas, sem poder revelar a sua missão, são levados à fronteira. No entanto, a operação não ocorre como o planejado e eles acabam se separando. Distantes um do outro, com bombas escondidas em seus corpos, Khaled e Said devem enfrentar seus destinos e defender suas convicções. Participou da competição oficial do Festival de Berlim de 2005, no qual ganhou o Prêmio da Anistia Internacional
Viva Argélia!

Viva Argélia!

Viva Laldjérie (França 2004). De Nadir Mokneche. Com Lubna Azabal. Em cores/113’. Classificação etária 14 anos.

Sinopse

Sinopse

Argel, inverno de 2003. Uma mãe, sua filha e uma prostituta vivem, desde o início das violências terroristas, em uma pensão no centro da cidade. Goucem, a filha, já tem uma vida emancipada, e divide-se entre o trabalho como balconista de uma loja de fotos, um amante generoso mas casado, e movimentados finais de semana em casas noturnas. Fifi, a amiga fiel e confidente, se prostitui sob a proteção de alguém poderoso. Papicha, a mãe, devora pizzas diante da televisão, dividida entre o medo e a nostalgia de sua antiga celebridade enquanto dançarina de cabaré. À morte que as rodeia, de maneira insinuante e insistente, elas respondem: não!