Thierry Lhermitte



Participação nos filmes

  • O palácio francês
  • O palácio francês
  • O palácio francês

O palácio francês

Quai d’Orsay (França 2012). De Bertrand Tavernier. Com Julie Gayet, Thierry Lhermitte. Em cores/’.

Sinopse

Sinopse

Recém formado na Escola Nacional de Administração, Arthur Vlaminck é chamado para trabalhar no Ministério das Relações Exteriores à serviço do ambicioso ministro Alexandre Taillard. Arthur será responsável por elaborar o discurso do ministro, mas logo percebe que em meio a golpes políticos e vaidades pessoais, esta tarefa não será nada fácil.

O Romance De Lulu

Le Roman De Lulu (França 2001). De Pierre-Oliver Scotto. Com Claire Keim, Patrick Bouchitey, Thierry Lhermitte. Em cores/’.

Sinopse

Sinopse

Roman e Lulu se encontraram. Roman rapidamente amou Lulu e Lulu imediatamente amou Roman. Entretanto Roman tem dois problemas. Primeiro problema: ele tem duas vezes a idade de Lulu. Segundo problema: isto não é de maneira alguma um problema para Lulu. Ele ama Lulu, no entanto quer que ela parta, ent­ão ela vai fazer de tudo para que ele peça que ela fique. Roman e Lulu vão jogar passionalmente a simplificar ou complicar sua vida amorosa. No entanto quando joga-se passionalmente, jogamos com o fogo.
  • Os Bronzeados
  • Os Bronzeados
  • Os Bronzeados

Os Bronzeados

Les Bronzés (França 1978). De Patrice Leconte. Com Christian Clavier, Dominique Lavanant, Gérard Jugnot, Josiane Balasko, Luis Rego, Marie-Anne Chazel, Martin Lamotte, Michel Blanc, Michel Creton, Thierry Lhermitte. Em cores/87’. Classificação etária 12 anos.

Sinopse

Sinopse

Um grupo de vinte pessoas chega exaurido em um clube localizado na África para passar alguns dias de descanso. Todos estão decididos a aproveitar ao máximo suas férias. É assim, que acompanharemos as aventuras tragi-cômicas da colérica Nathalie, de Gigi, do seguro de si Jérôme, de Christiane, do azarado Jean-Claude, e certamente dos G.O (gentis organizadores): Popeye, belo homem, musculoso, sexy, que fará virar o pescoço das mulheres dos outros, Bourseault, o animador do vilarejo que “revoluciona” o coração de Gigi, e Bobo, o animador um tanto medíocre que ambiciona triunfar em Paris. Todo este grupo conviverá por oito dias cheios de animação e alegria, até o momento da partida, no qual cada um retomará seu destino.

***«Tem sol, tem garotas... Os bronzeados revolucionaram a comédia de sociedade à francesa ironizando nossas contradições e nossa mediocridade.» Aden***

  • Papai Noel é um Picareta
  • Papai Noel é um Picareta
  • Papai Noel é um Picareta
  • Papai Noel é um Picareta
  • Papai Noel é um Picareta

Papai Noel é um Picareta

Le Père Noël est une ordure (França 1982). De Jean-Marie Poiré. Com Anémone, Bruno Moynot, Christian Clavier, Gérard Jugnot, Jacques François, Josiane Balasko, Marie-Anne Chazel, Martin Lamotte, Michel Blanc, Thierry Lhermitte. Em cores/90’. Classificação etária 12 anos.

Sinopse

Sinopse

O plantão telefônico "SOS Amizade" parisiense é perturbado na noite de Natal pela chegada de figuras esdrúxulas que provocam catástrofes em cadeia. "Um filme culto não é necessariamente uma obra prima, mas não deixa de ser uma obra singular, muitas vezes à margem da norma. Para o que der e vier, o filme atravessa as gerações. Hoje, muitos são os franceses que decoraram os diálogos deste filme!

  • Ripoux 3
  • Ripoux 3
  • Ripoux 3
  • Ripoux 3
  • Ripoux 3

Ripoux 3

(França 2003). De Claude Zidi. Com Bernardette Lafont, Jean-François Balmer, Philippe Noiret, Thierry Lhermitte. Em cores/105’.

Sinopse

Sinopse


Já se passaram mais de dez anos desde que os caminhos de René e François, «les Ripoux», se separaram. Da época gloriosa quando 'limpavam' o bairro de Montmartre, só restam as lembranças, pois o dinheiro das transas ilícitas evaporou-se com o tempo. Tudo tem um fim... até recomeçar. Caprichoso, o destino dá um jeito de reunir novamente René e François, desta vez não lado a lado, mas um contra o outro...

  • Sem Rancor
  • Sem Rancor
  • Sem Rancor

Sem Rancor

Sans rancune! (Bélgica, França 2008). De Yves Hanchar. Com Marianne Basler, Thierry Lhermitte. Em cores/104’.

Sinopse

Sinopse


1955, um internato na Bélgica. Laurent Matagne, 17 anos, acredita discernir sob a identidade de seu professor de francês, conhecido por «Vapeur», seu pai desaparecido num ataque aéreo durante a guerra de 1940. Vapeur é excêntrico, misterioso, perturbador, brilhante. Rapidamente, ele transmite a Laurent sua paixão pela literatura, a ponto de suscitar no jovem a vocação de escritor. Laurent e seu amigo Boulette resolvem investigar o caso. Enquanto preparam uma armadilha para confundir Vapeur, Laurent se atrela ao seu primeiro romance...