Xavier Beauvois

Xavier Beauvois

(1967)

Biografia

Ator, Diretor e roteirista francês. Ganhou os Cesar do melhor primeiro filme e da melhor esperança masculina com o seu primeiro filme, <span style="font-weight: bold; font-style: italic;">Nord </span>(1991), o prêmio do júri do Festival de Cannes com o seu segundo filme, <span style="font-style: italic; font-weight: bold;">N'oublie pas que tu vas mourir </span>(1995) e o grande prêmio do júri do Festival de Cannes com a sua longa metragem, <span style="font-style: italic; font-weight: bold;">Des dieux et des hommes</span> (2010).<br />




Participação nos filmes

  • Bem Me Quer... Mal Me Quer
  • Bem Me Quer... Mal Me Quer

Bem Me Quer... Mal Me Quer

Je t'aime... Moi non plus (França 2004). Com Maria de Medeiros, Woody Allen, Xavier Beauvois. Em cores/82’.

Sinopse

Sinopse

De Maria de Medeiros.


A produção apresenta depoimentos de cineastas como Pedro Almodóvar, Wim Wenders e David Cronenberg, além do cantor Caetano Veloso. Escrito e dirigido por Maria de Medeiros, uma das atrizes portuguesas que mais trabalha fora de seu país, Bem Me Quer... Mal Me Quer disseca o relacionamento profissional entre atores, diretores e outros artistas com a crítica especializada. Às vezes, uma crítica negativa pode acabar com uma carreira ou condenar um filme ao ostracismo antes mesmo de sua estréia nos cinemas. Kevin Costner é um astro de Hollywood que sofreu com as péssimas (e sucessivas) críticas aos seus longas de ficção-científica Waterworld – O Segredo das Águas (1995) e O Mensageiro (1997). Até hoje, ele ainda não se recuperou do impacto negativo. Porém, uma boa crítica é capaz de elevar um nome à glória e dar ao artista a sensação de que a missão foi cumprida. É o caso recente de Philip Seymour Hoffman e Jamie Foxx, vencedores do Oscar de Melhor Ator. O debate é analisado por uma série de entrevistas feitas no Festival de Cannes com cineastas, críticos e artistas.

  • Contratadas para Matar
  • Contratadas para Matar
  • Contratadas para Matar
  • Contratadas para Matar
  • Contratadas para Matar

Contratadas para Matar

Les Femmes de l'ombre (França 2008). De Jean-Paul Salomé. Com Déborah François, Julie Depardieu, Julien Boisselier, Marie Gillain, Robin Renucci, Sophie Marceau, Vincent Rottiers, Xavier Beauvois. Em cores/120’.

Sinopse

Sinopse


Maio de 1944. Cinco mulheres de uma unidade de comando saltam de pára-quedas na França ocupada pelos nazistas com a audaciosa e perigosa missão de proteger o segredo do desembarque do Dia D e eliminar o Coronel Heindrich, comandante da contra-inteligencia alemão. Louise é uma atiradora treinada e viúva do líder da Resistência. Jeanne é uma prostituta sem sentimentos que não hesita em matar. Gaëlle é uma jovem e brilhante expert em explosivos desesperada para ver alguma ação. Suzy é uma estonteante showgirl que foi amante de Heindrich. Maria é uma condessa italiana encoberta pela a Resistência Francesa. Juntas elas lutarão para manter o segredo do Dia D encoberto.

  • Deixe a luz do sol entrar
  • Deixe a luz do sol entrar
  • Deixe a luz do sol entrar
  • Deixe a luz do sol entrar

Deixe a luz do sol entrar

Un beau soleil interieur (Bélgica, França 2017). De Claire Denis. Com Juliette Binoche, Xavier Beauvois. Em cores/94’.

Sinopse

Sinopse

Isabelle é uma artista que vive em Paris. Divorciada e mãe solteira, ela está à procura de um amor verdadeiro.
  • Homens e Deuses
  • Homens e Deuses
  • Homens e Deuses
  • Homens e Deuses
  • Homens e Deuses

Homens e Deuses

Des hommes et des dieux (França 2010). De Xavier Beauvois. Com Lambert Wilson, Michael Lonsdale. Em cores/120’.

Sinopse

Sinopse


Na década de 90, em um mosteiro no alto de uma montanha na Argélia, um grupo de oito monges franceses vivem em perfeita harmonia com a comunidade mulçumana. Contudo, quando um grupo de fundamentalistas islâmicos massacra uma equipe de trabalhadores estrangeiros, o medo se espalha pela região. O exército oferece proteção aos monges, mas eles recusam. Apesar das ameaças crescentes, eles se convencem de que o mais correto é permanecer no local e dar continuidade a sua missão, aconteça o que acontecer.
Inspirado em fatos reais.
* Grande Prêmio do Júri do Festival de Cannes 2010 *
* Nomeado ao César 2011 em 11 categorias - Vencedor do Melhor Filme, Melhor Ator Coadjuvante - Michael Lonsdale - , e Melhor Fotografia. *

  • L'Apollonide, Os Amores da Casa de Tolerância
  • L'Apollonide, Os Amores da Casa de Tolerância
  • L'Apollonide, Os Amores da Casa de Tolerância
  • L'Apollonide, Os Amores da Casa de Tolerância
  • L'Apollonide, Os Amores da Casa de Tolerância

L'Apollonide, Os Amores da Casa de Tolerância

L'Apollonide, souvenirs de maison Close (França 2011). De Bertrand Bonello. Com Céline Salette, Hafsia Herzi, Jacques Nolot, Pauline Acquart, Xavier Beauvois. Em cores/122’.

Sinopse

Sinopse


Início do século XX: o bordel L’Apollonide está vivendo seus últimos dias. Neste mundo fechado, onde alguns homens se apaixonam e outros se tornam viciosamente dependentes, as garotas dividem seus segredos. Uma das prostitutas tem a face marcada por uma cicatriz que lhe desenha um sorriso trágico. Em volta da mulher que ri, a vida das outras garotas se organiza; suas rivalidades, seus medos e suas dores... Do mundo exterior, não se tem notícia. A maison está fechada.

Não se esqueça que você vai morrer

Não se esqueça que você vai morrer

N'oublie pas que tu vas mourir (França 1996). De Xavier Beauvois. Com Xavier Beauvois, Chiara Mastroianni, Roschdy Zem. Em cores/118’.

Sinopse

Sinopse


Benoît é um estudante de História de Arte. Quando chega o momento de prestar o serviço militar obrigatório, ele vê seus sonhos, cuidadosamente planejados, caírem por terra. Ele simula um suicídio. O truque o livra do serviço militar, mas o obriga a encarar uma realidade muito pior. Examinado por um médico do exército, descobre que tem AIDS.

  • O Pequeno Tenente
  • O Pequeno Tenente
  • O Pequeno Tenente
  • O Pequeno Tenente
  • O Pequeno Tenente

O Pequeno Tenente

Le Petit lieutenant (França 2004). De Xavier Beauvois. Com Jalil Lespert, Nathalie Baye, Roschdy Zem. Em cores/110’. Classificação etária 12 anos.

Sinopse

Sinopse

Recentemente formado, o tenente Antoine integra o grupo de luta contra o crime da polícia de Paris. Cheio de entusiasmo, ele inicia seu aprendizagem ao lado de Caroline Vaudieu, que se apega a esse jovem moço que tem a mesma idade que seu filho desaparecido.

  • O Preço da Fama
  • O Preço da Fama
  • O Preço da Fama

O Preço da Fama

La Rançon de la Gloire (França 2013). De Xavier Beauvois. Com Benoît Poelvoorde, Roschdy Zem. Em cores/114’.

Sinopse

Sinopse

No final dos anos 70, nas proximidades do Lago de Genebra, Eddy Ricaart é libertado da prisão e recebido por Osman Bricha, um grande amigo. Ambos estão passando por um momento difícil, completamente sem dinheiro, e Eddy, ao ficar sabendo da morte de Charlie Chaplin, decide sequestrar o caixão do astro e exigir um alto resgate.
O Preço da Glória

O Preço da Glória

La Raçon de la Gloire (França, Suíça 2014). De Xavier Beauvois. Com Benoît Poelvoorde, Roschdy Zem. Em cores/114’.

Sinopse

Sinopse

É final da década de 1970. Após deixar a prisão, Eddy, um belga de seus 40 anos, está de volta à cidade suíça de Vevey. Lá, é recebido por seu amigo Osman, que lhe cede um lugar para ficar em troca de um serviço de babysitter de sua filha Samira. É Natal, mas o espírito de comunhão misturado à falta de dinheiro de Eddy fez dele um sujeito amargo. Quando a morte de Charlie Chaplin é anunciada na TV, bem como a extensão de sua fortuna, o ladrão tem uma ideia: e se ele roubasse o cadáver e exigisse um resgate substancial da família?
  • Segunda-feira de Manhã
  • Segunda-feira de Manhã
  • Segunda-feira de Manhã
  • Segunda-feira de Manhã
  • Segunda-feira de Manhã

Segunda-feira de Manhã

De bon matin (Bélgica, França 2011). De Jean-Marc Moutout. Com Jean-Pierre Darroussin, Valérie Dréville, Xavier Beauvois, Yannick Renier. Em cores/91’.

Sinopse

Sinopse


Segunda-feira de manhã e Paul Wertret, de cinquenta anos, vai para o Banco onde trabalha. Chega, como sempre, às 8h. Ele entra na sala de reunião, mata dois dos seus superiores hierárquicos, e espera a polícia chegar. Enquanto ele espera, pensa nos eventos da sua vida que incitaram ele a este crime.