Mediacine
Destaques da semana

O INSTITUTO FRANCÊS DE PARIS LANÇA "IFCINÉMA À LA CARTE"

Devido a crise sanitária e ao fechamento de quase todas as salas de cinema no mundo, o Instituto francês de Paris oferece “Ifcinéma à la carte”, uma seleção de filmes grátis para poder seguir descobrindo o cinema francês e matar a saudade de ir ao cinema.
Entre os dias 12 de junho e 13 de julho de 2020, 10 longas metragens e 11 curtas metragens franceses e africanos serão disponíveis online, grátis e sem necessidade de inscrição através da página:
 https://ifcinema.institutfrancais.com/fr/alacarte

Os filmes que contam com legendas em português são: as 3 longas de ficção Corporate de Nicolas SilholL´Effet aquatique de Sólveig Anspach e Kétéké de Peter Sedufia; as duas longas de animação La jeune fille sans mains de Sébastien Laudenbach e Le tableau de Jean-François Laguionie e os dois documentários Les pépites de Xavier de Lauzanne e Swagger de Olivier Babinet.
Dentro da seleção de curtas metragens, os filmes disponíveis com legendas em português são: a curtade animação Malika et la sorcière de Nabaloum Boureima e as cinco curtas de ficção; Les filles de Alice Douard9.58 de Louis AubertHuit de Mathieu MouterdeDunk de Sophie Martin  e Afrique-sur-Seine de Mamadou Sarr e Paulin Soumanou Vieyra. Os filmes são diversos e direcionados para um público jovem e também para adultos.


PRESENÇA BRASILEIRA NA SELEÇÃO OFICIAL DO FESTIVAL DE CANNES.

Pierre Lescure, Presidente do Festival de Cannes e Thierry Frémaux, diretor do festival, apresentaram a seleção oficial 2020 o dia 3 de junho.
Apesar do cancelamento do evento físico pela pandemia do novo coronavírus, 56 longas vão receber o "selo de aprovação" de Cannes, e alguns serão exibidos em outros festivais.
Dentro da seleção, o Brasil está presente com o primeiro longa de João Paulo Miranda Maria, Casa de Antiguidades produzido por Maneki Films. O filme conta a historia de um homem de 50 anos, um emigrado que mora longe de sua terra natal, constantemente se sentindo como um peixe fora d'água, encontra um dia objetos de sua região natal em uma casa abandonada. Memórias progressivamente voltam para ele, lentamente tornando-o louco na medida em que ele eventualmente se transforma em um animal. A cultura do interior brasileiro é notoriamente complexa e essa é a realidade que João Paulo quer mostrar. Ele não quer simplesmente contar uma história narrativa; ele quer que seu público absorva essa cultura através de suas várias formas estéticas.

Para descobrir a seleção oficial completa:https://www.festival-cannes.com/fr/infos-communiques/communique/articles/la-selection-officielle-2020
Para mais informações sobre o mercado online (22-26 junho): https://www.marchedufilm.com/fr/

 


ESTAÇÃO NET DE CINEMA LANÇA CAMPANHA DE FINANCIAMENTO COLETIVO.

Estação Net de Cinema lança campanha de financiamento coletivo "Continua, meu Estação". As 15 salas do circuito estão fechadas desde o dia 13 de março e precisam de ajuda para continuar. Nas redes sociais, a equipe do Estação Net publicou: "Queridos amigos e todos que gostam de cinema bom, segunda-feira, dia 8 de junho, vamos começar uma campanha de financiamento coletivo. Vai ser pela Benfeitoria e chama "Continua meu, Estação!"
Precisamos realmente de ajuda, e se você quiser saber com detalhes sobre a nossa situação, se puder colaborar e também nos ajudar a divulgar a campanha, pedimos para entrar no link https://benfeitoria.com/continuaestacao e deixar seus contatos. Assim mandaremos todas as informações e você vai ficar sabendo em primeira mão de várias promoções da campanha. Muito obrigada! Vai passar!"


FESTIVAL DE CINEMA BRASILEIRO JANGADA ONLINE COM CARTA BRANCA DE ARIEL SCHWEITZER.

A 22ª edição do festival do filme brasileiro em Paris, Jangada, acontece online entre os dias 3 e 24 de junho a través de Jangada VOD, plataforma que foi criada em 2019 para potencializar o acesso aos filmes brasileiros na França. O historiador do cinema, crítico de cinema e jornalista na revista Cahiers Du Cinéma, Ariel Schweitzer, que a Embaixada da França convidou o ano passado para o festival Olhar de Cinema foi escolhido pelo festival Jangada para fazer uma carta branca.
Nessa carta branca, Schweitzer homenageia os filmes O bandido da luz Vermelha de Rogério Sganzerla, Couro de Gato de Joaquim Pedro de Andrade, A hora da estrela de Susana Amaral e Trabalhar cansa de Juliana Rojas e Marco DutraAriel Schweitzer apresentou a sua seleção assim: 
“Nesta carta branca que me foi generosamente concedida por Katia Adler e a associação Jangada, quis homenagear - através de quatro filmes - o que me parece essencial no cinema contemporâneo brasileiro, enquanto coloco perspectiva com fenômenos importantes em sua história. Assim, uma primeira sessão será dedicada a dois movimentos emblemáticos do modernismo brasileiro nas décadas de 60 e 70, Cinema Novo e Cinema marginal. Desde o início, veremos Couro de Gato (1962), de Joaquim Pedro de Andrade, um brilhante curta-metragem que, em apenas doze minutos, expressa toda a tragédia da miséria social no Brasil. Seguido por O bandido da luz vermelha (1968) por Rogério Sganzerla, uma obra-prima do cinema marginal, um thriller e um trabalho excêntrico à beira do surrealismo, que também ressoa as ambiguidades políticas do seu tempo. Através de A Hora da estrela (1985) de Susana Amaral, gostaria de saudar a força do cinema feminino no Brasil, que na época da realização deste filme era muito minoritário e que cresceu significativamente nos últimos anos. O lugar das mulheres em uma sociedade patriarcal é questionado aqui à luz das relações de classe e raça no Brasil, através desse caráter avassalador de Macabea, imaginado pela escritora Clarice Lispector e sutilmente ilustrado por Amaral. 
Finalmente, Trabalhar Cansa (2011), de Juliana Rojas e Marco Dutra, é um OVNI fascinante, testemunhando a importância atual do cinema de gênero no Brasil. Os códigos do cinema de fantasia e do filme de terror são usados aqui como meio subversivo para penetrar melhor na realidade social brasileira. Essa presença do cinema de gênero é um fenômeno significativo, pois permite que os autores brasileiros mais exigentes cheguem ao público em geral, como recentemente comprovado por Kleber Mendonça Filho e Juliano Dornelles com seu explosivo Bacurau, um dos grandes sucessos comerciais de 2019."

Para mais informações sobre o festival: https://www.jangada.org/blog-fr/festival-en-ligne-jangada-vod-com

 


UNIFRANCE OFERECE "CINE-CLUB MON AMOUR".

A Unifrance apresenta o programa “Cine-club mon amour” nas redes sociais.
Desde o dia 26 de maio,está disponível uma série de vídeos com jornalistas internacionais que propõem uma seleção de filmes franceses que estão disponíveis nas plataformas VOD e SVOD locais.
Para o episódio 19 de "Ciné-Club mon amour", uniFrance publicou as dicas de filmes franceses do jornalista Rodrigo Fonseca que recomenda os filmes Climax de Gapard Noé, L´empereur de Paris de Jean-François Richet e Le Retour du héros de Laurent Tirard.
Os tres filmes estão disponíveis em plataformas brasileiras.
Para assistir ao vídeo: https://www.facebook.com/watch/?v=1106537013050660


ESTREIA DA SERIE FRANCESA LGBTQ "ENGAJADOS",EXCLUSIVA DO LOOKE.

O serviço brasileiro de streaming Looke lançou com exclusividade no Brasil a série francesa de drama e temática LGBTQ Engajados de Sullivan Le Postec nesta quinta-feira, dia 11 de junho. Esta é a quinta produção seriada exclusiva disponível no catálogo do Vídeo Club. Na trama, Hicham foge de sua casa rumo a Lyon, procurando por Thibaut, um ativista do Centro LGBTQ que tentou beijá-lo alguns anos atrás. Hicham se sente apreensivo, mas entusiasmado ao descobrir um mundo novo. No entanto, quando Hicham começa sua jornada para encontrar sua nova identidade, ele começa a perceber que Thibaut não é exatamente o homem que ele pensava.

Para assistir ao trailer: https://www.youtube.com/watch?v=tJrVCkryLAA

 


O BIG FESTIVAL SERÁ DIGITAL.

O Brazil Independent Games Festival (BIG Festival), o maior festival de jogos independentes da América Latina acontecerá, pela primeira vez, totalmente online. A BIG Digital Edition 2020 ocorrerá durante cinco dias, começando em 22 de junho e continuando até 26 de junho, e convidará desenvolvedores, editores, compradores e investidores internacionais a participar de palestras gratuitas e agendar reuniões online. O BIG Festival reagendou seu evento físico completo, que acontecerá de 27 de janeiro de 2021 a 31 de janeiro de 2021, no Centro de Convenções Frei Caneca, em São Paulo. Profissionais da indústria e fãs estão convidados a assistir aos seminários apresentados pelos inovadores estúdios de jogos independentes e gigantes da indústria, incluindo Epic Games, Facebook, Google, Microsoft, (Xbox), Nintendo, Snapchat e Ubisoft. As sessões acontecem de 24 a 25 de junho de 2020 e podem ser vistas gratuitamente no site oficial do BIG Digital. Fiel ao evento físico do BIG Festival, a BIG Digital sediará uma incrível formação de líderes do setor que darão palestras que discutirão a próspera indústria de videogames do Brasil e sua conexão com o mercado internacional. Entre os muitos palestrantes de renome definidos para participar, convidados especiais da BIG Digital incluem:
Antonio Teoli da Andromeda Sound, um compositor premiado cujos créditos incluem Nintendo, SEGA, Samsung e muitos outros;
Ana Ribeiro, criadora da aclamada franquia Pixel Ripped;
O evangelista da Epic Games, Paulo Souza
Carla Rylance do Microsoft Studio (nDreams, Imaginati Studios e atualmente The Coalition);
Drussila Hollanda-Grönberg, líder de jogos e projetos na Supercell e fundadora da Hive Helsinki Code School;
- Reginaldo Valadares, um pioneiro na indústria de jogos multiplayer online do Brasil, atualmente Gerente Geral e Vice-presidente de Produto da Scopely.

Para ver o programa completo: https://event.bigfestival.com.br/talks/7


Na França

AJUDA PARA AS FILMAGENS

O dia 1 de junho, um fondo de idemnização foi lançado na França para permitir o retorno do funcionamento das filmagens. 0 dia 6 de maio, o Presidente da Republica francesa e o Ministro de cultura anunciaram a criação de um fundo de indemnização e garantia de 50 millões de euros, estructurado e dirigido pelo CNC.

A partir do dia 2 de junho, foi aberto online para todas as produções de audiovisuais e de cinema francesas o majoritariamente francesas e para as filmagens de obras elegíveis para os auxílios do CNC e realizadas na França:

1)O produtor delegado de uma obra francesa ou maioritariamente francesa preenche um formulário em linha e anexa a apólice de seguro fora da Covid-19.

2)Esta adesão deve ocorrer antes da ocorrência do sinistro. É validada pelos serviços do CNC.

3) Em caso de ocorrência de um sinistro antes de 31 de Dezembro nas filmagens realizadas em França, o produtor contacta o seu segurador para que este avalie o sinistro e o CNC o indemnize até ao montante do custo suplementar ligado à interrupção suplementar das filmagens nas seguintes condições:

  • O montante da ajuda  intervém após aplicação de uma franquia que fica a cargo do produtor (15% do custo suplementar).
  • Esta ajuda é limitada a 20% do capital segurado e 1,2 milhões de euros. Pode cobrir até 5 semanas de interrupção.
  • As remunerações serão indemnizadas ao nível dos mínimos da convenção colectiva.
  • É pago após remissão do custo suplementar definitivo.

Para mais informações: https://www.cnc.fr/professionnels/actualites/covid-19--informations-du-cnc_1139648

Para pedir mais informações sobre as condições de filmagens na França:  stephan@filmfrance.net / laurie@filmfrance.net / caroline@filmfrance.net


REABERTURA DOS CINEMAS NA FRANÇA

As salas de cinema estão fechadas desde o 14 de março, a distribuição dos filmes está parada e toda a industria do cinema com ela.
Frank Riester, o ministro da cultura, decidiou, o dia 28 de maio a reabertura das salas de cinema o dia 22 de junho. Um documento que detalha as medidas sanitarias que os exploradores de salas terão que respeitar foi validado pelo governo e transmitido pela Federação Nacional dos Cinemas franceses. Estas medidas vão mudar as costumes dos públicos e dos empleados dos cinemas, são as seguintes:

- Usar máscara é altamente recomendado para os hóspedes no lobby e áreas de tráfego do cinema.

- O uso da máscara não é obrigatório na sala para os espectadores.

- Um lugar deverá ser deixado vago de ambos os lados de cada espectador.

-As pessoas que chegam juntas (famílias, casais, etc.) podem sentar-se lado a lado desde que um lugar vago seja deixado dos dois lados do grupo na sala.

- Para evitar contactos, recomenda-se a compra de ingressos na Internet ou em pagamento sem contacto na caixa.

- Os espectadores são convidados a respeitar uma distância física de um metro com os outros espectadores.

- As mensagens de prevenção sanitária serão difundidas nos ecrãs antes das sessões.

 


INSCRIÇÕES AINDA ABERTAS PARA O FESTIVAL DE BIARRITZ

Ainda estão abertas as inscrições para a 29ª edição do Festival de Biarritz 2020 que acontecerá entre os dias 28 de setembro e 4 de outubro.
As inscrições para as longas-metragens estão abertas até o dia 22 de junho.

Para mais informações: https://www.festivaldebiarritz.com/edition-2020/inscription-au-festival-de-biarritz-2020/


SIGA-NOS NO FACEBOOK, TWITTER E PELO RSS

Facebook Twitter RSS

Caso não consiga visualizar o conteúdo, clique aqui.

Caso não queira mais assinar este boletim, clique aqui.