Mediacine
Destaques da semana

FESTIVAL DO RIO 2018

O Festival do Rio de 2018 acontece entre os dias 01 e 11 de novembro com uma forte presença francesa.

Na lista de selecionados, diversos filmes franceses foram anunciados. Dentre eles, têm presença confirmada no festival a coprodução entre Argentina, Brasil, França, Alemanha e Holanda, Rojo, de Benjamin Naishtat na Première Latina; o filme de Portugal, Brasil e França, Pedro e Inês (The Dead Queen), de António Ferreira, em Expectativa; e em Clássicos e Cults, o aclamado filme franco-brasileiro Central do Brasil, de Walter Salles. Além disso, o filme O Grande Circo Místico, de Carlos Diegues, filme de coprodução entre Brasil, Portugal e França, marcará o encerramento do festival deste ano.

O diretor francês Olivier Assayas (Personnal Shopper, Sils Maria, Carlos...) estará presente no Festival do Rio para a estreia de Doubles Vies, seu último filme, no Cinema Odeon no dia 5 de novembro. Ele também participará de encontros no Rio Market entre os dias 5 e 10 e novembro na Casa FIRJAN, em Botafogo. Thomas Ordonneau fundador e dirigente da produtora Shellac que coproduz o filme de  Roberto Minervini, What you are going to do when the world is on fire?, programado no Festival, participará de uma mesa no Rio Market e fará parte do Jurí Premiere Brasil. Olivier Pélisson, crítico de cinema francês, membro do conselho editorial da revista online Bande à Part fará parte do Jury Fipresci com Eduardo Valente e Maria Caú.

Como parte da programação do Festival do Rio e do evento Novembro Digital (Novembre Numérique), uma programação de realidade virtual feita em parceria com o festival NewImages (Forum des Images) estará instalada na Midiateca do Instituto Francês do Brasil. Ainda dentro dessa parceria, o produtor da Diversion Cinema, Marc Lopato participará de uma mesa no Rio Market, dia 5 de novembro, sobre o tema “Realidade virtual, realidade aumentada: o futuro é agora”.

Confira toda a programação do Festival do Rio e do Rio Market.

O Festival do Rio acontece em parceria com o Instituto Francês do Brasil.


FORTE PRESENÇA FRANCESA NA 42ª MOSTRA DE SP

Está em curso até o dia 31 de outubro a 42ª edição da Mostra Internacional de Cinema em São Paulo. Durante a mostra, são exibidos diversos filmes de variadas nacionalidades em cinemas, espaços culturais e museus espalhados pela capital paulista, incluindo projeções gratuitas e ao ar livre.

A presença francesa vem forte no festival deste ano: mais de 70 filmes franceses foram selecionados para a mostra. A lista completa de selecionados está disponível no site da Mostra de São Paulo.

Além disso, neste ano a Mostra também conta com a presença de alguns artistas franceses: a atriz Astrid Adverbe vem ao evento para apresentar o último filme de Paul Vecchiali, Life trains or the travels of Angelique, e também para fazer parte do Júri Internacional da Competição Novos Diretores; Nicolas Champeaux, jornalista da Radio France International também estará presente para apresentar seu primeiro longa-metragem, O Estado contra Mandela e os outros. Finalmente, Marc Lopato estará na Mostra SP para apresentar os conteúdos da Diversion Cinéma, plataforma de realidade virtual.

Ademais, três filmes que fizeram sucesso do Festival de Cannes deste ano, também têm presença confirmada na programação da Mostra de SP: Assunto de família, pelo qual o diretor japonês Hirokazu Kore-Eda venceu a Palma de Ouro no festival francês; Infiltrado na Klan, filme de Spike Lee; e 3 faces do iraniano Jafar Panahi.


LANÇAMENTO ÓPERA NA TELA

O Festival  Ópera na Tela começa neste sábado (27 de outubro) no Parque Lage (RJ). A primeira exibição será de La Bohème, de Puccini, filmada no Teatro Antigo de Taormina. Para celebrar o início do festival, haverá um recital com a cantora franco-italiana Nathalie Manfrino.

Depois de encerrar a programação ao ar livre no Parque Lage, o Festival Ópera na Tela chega aos cinemas de São Paulo, Salvador, Rio de Janeiro, Recife, Porto Alegre, Petrópolis, Pelotas, Palmas, Niterói, Maringá, Maceió, Londrina, Goiânia, Florianópolis, Fortaleza, Curitiba, Campinas, Brasília, Belém e Aracaju. Para os cinemas, o Festival selecionou 11 óperas recentemente apresentadas e filmadas nos teatros de Paris, Munique, Milão, Barcelona, e no Festival Taormina.

Seis das óperas selecionadas para a programação que rondará pelo país já foram exibidas no Parque Lage, enquanto as outras cinco são inéditas.

Entre os títulos do festival, o destaque vai para a volta aos palcos de Jonas Kaufmann com uma das produções mais esperadas da Ópera de Paris este ano: Don Carlos, filmada no dia 19 outubro.

Campinas será a primeira cidade a receber o festival, já no dia 7 de novembro, com a exibição de Os Contos de Hoffmann, no Cineflix Galeria Shopping. Em seguida, esta mesma ópera será projetada em Londrina, Maringá e Pelotas, também na rede Cineflix, em Porto Alegre e Brasília, no Espaço Itaú de Cinema, e em Florianópolis, no Paradigma Cine Arte. Petrópolis começará o Festival com Um Baile de Máscaras, no Cine Itaipava. Já Aracaju inicia a temporada com La Bohème no Cinema Vitória.

A programação completa pode ser conferida no site do Ópera na Tela.

O festival Ópera na Tela conta com apoio do Instituto Francês do Brasil.


NOVEMBRE NUMÉRIQUE

O tema escolhido pelo Instituto Francês do Brasil para a edição deste ano do Novembre Numérique (Novembro Digital), "Digital e Democracia", questiona: como o meio digital pode ser um instrumento de democratização das nossas sociedades? O evento, que é gratuito e dura todo o mês de novembro, visa a promoção de debates e experiências através de diversas atividades ligadas à cultura digital no Rio de Janeiro, em Recife, no Rec N’ Play, e em São Paulo.

Como parte da programação do Novembre Numérique, estarão instaladas experiências de realidade virtual na Midiateca do Instituto Francês do Brasil, como parte da programação do Festival do Rio, e no festival Rec N’ Play, em Recife. A programação de realidade virtual foi feita em parceria com o festival NewImages (Forum des Images), que aconteceu em abril de 2018 em Paris.

Durante todo o mês de novembro, tablets com aplicativos franceses da exibição Machines à Lire estarão dispostos nos horários de aberturas da BiblioMaison. Haverá horários específicos de mediação da atividade. Também na BiblioMaison, durante todas as sextas de novembro os Superconect@dos auxiliarão gratuitamente usuários necessitados de ajuda para o manuseio de leitores de livros digitais, tablets, computadores e celulares. A biblioteca também recebe alunos de francês de escolas e universidades do estado do Rio nas Manhãs Geeks da MaisonTambém haverá o lançamento do PS4 com 2 videogames da programação S’il vous Play do Instituto Francês: Last Fight (Piranaking) e (Absolver) de Soclap e um torneio dos clássicos jogos FIFA18, Just Dance e Wipeout no dia 24/11. Ocorre ainda a Mesa-Redonda Horizontes da Inteligência Artificial: diálogos entre teoria e política no dia 8/11 para discutir os rumos da Inteligência Artificial. 

Acontece também no âmbito do Novembre Numérique o evento Lectures Electriques, que apresentará performances radiofônicas ao vivo em programas de rádio no Rio e em Recife. Esse projeto vem sendo desenvolvido há dois anos em vários territórios, como Paris, Atenas e Bruxelas, pelo coletivo francês kom.post. As performances radiofônicas acontecem no dia 7 de novembro em Recife (Rec’n’Play) e no dia 12 no Rio de Janeiro (BiblioMaison). Já no dia 27/11, o CineMaison, no Rio, apresenta a sessão #StandUp4HumanRights do Mobile Film Festival com 50 filmes da seleção oficial da 14ª edição do Mobile Film Festival. A chamada de filmes teve como base temática as festividades do 70º aniversário da Declaração Universal dos Direitos Humanos.


CURTA CINEMA 2018

A 28ª edição do Festival Curta Cinema - Festival Internacional de Curtas do Rio de Janeiro ocorre entre os dias 24 e 31 de outubro. Serão exibidos cerca de 200 filmes, nacionais e internacionais, que traçam um amplo panorama da atual produção de curta metragem. Para esta edição do festival, foram selecionados 10 títulos de produção e coprodução francesa. São eles: Chien Bleu, de Fanny Liatard e Jeremy Trouilh; L'étrange Histoire de Prince Dethmer, de Hadrien La Vapeur e Corto Vaclav; Como Fernando Pessoa Salvou Portugal, de Eugène Green, coprodução entre Portugal e França; Guaxuma, da brasileira Nara Normande; La Bouche, de Camilo Restrepo; Celui qui Brûle, de Slimane Bounia; Herculanum, de Arthur Cahn; Belle à Croquer, de Axel Courtière; e Chahine, de Youcef Khemane.

Nos últimos dias do festival (29 e 30), o Cinemaison recebe o Curta Cinema 2018. Dentro da programação, haverá a uma sessão especial no dia 30/10 com a presença de Anaïs Colpin. A francesa, que é jurada no Curta Cinema, apresentará a experiência do “Manifest”, um trabalho de colaboração entre produtores franceses para a promoção e difusão do curta-metragem na França e no mundo. Anaïs Colpin também participa de sessões de One-to-One Meetings na primeira edição do Mercado Curta Cinema.

Para mais informações, fique ligado na página do Cinemaison no Facebook e em nosso site.


11º Janela Internacional de Cinema do Recife anuncia curtas-metragens selecionados

A 11ª edição do Janela Internacional de Cinema do Recife anuncia os curtas-metragens selecionados para suas mostras competitivas nacional e internacional. A partir das inscrições, foram selecionadas 19 obras, sendo dez curtas brasileiros e nove estrangeiros. Os filmes selecionados competem entre si nas categorias Melhor Som, Montagem, Imagem e Melhor Filme.

O Janela Internacional de Cinema do Recife será realizado entre os dias 7 e 11 de novembro de 2018, no Cinema São Luiz e no Cinema da Fundação, do Derby. O festival é considerado uma das mais importantes mostras audiovisuais do país, com mostras competitivas de longas-metragens e curtas-metragens, programa de clássicos e seleções especiais, além da oficina Janela Crítica. A programação completa será divulgada em breve.

O RECLab, em parceria com o Janela, receberá duas convidadas do Instituto Francês do Brasil: as produtoras Nadia Turincev (Rouge International) e Lissandra Haulica (Irrévérence Films) para participar de encontros professionais.  

O festival Janela Internacional de Cinema do Recife é realizado pela CinemaScópio Produções Cinematográficas e Artísticas, com incentivo do Funcultura / Fundarpe, Secretaria de Cultura do Governo de Pernambuco, e apoio da Prefeitura do Recife, Embaixada da França, Centro Cultural Brasil Alemanha e Instituto Camões.


DOCSP 2018

O DOCSP é um encontro internacional de cinema documentário que oferece atividades de capacitação, mercado e exibições; é um espaço de fomento à reflexão sobre as novas narrativas do cinema documental e de desenvolvimento de pontes entre filme e o mercado. O evento acontece no mês de novembro entre os dias 1º e 9 de novembro com evento de abertura oficial no dia 5 de novembro às 10h, no Teatro da Unibes Cultural, em São Paulo .

A plataforma francesa Tënk vem como convidada ao evento no Brasil através do Institut Français. Esta plataforma de vídeo streaming para documentários independentes vem se desenvolvendo na América Latina – Tënk Latino. Seu grande objetivo é defender o gênero documental, assegurando que filmes documentais possam continuar a serem vistos e produzidos, além de ter o plano de fazer coproduções para novos documentários. No DOCSP, a representante da Tënk, Cláudia Leon, participa do evento como player nas Rodadas de Negócios (reuniões de 25 minutos entre os representantes dos projetos selecionados nas convocatórias do DOCSP e canais de televisão, festivais e parceiros em potencial onde participam) nos dias 5 e 6 de novembro na Unibes Cultural.

Para mais informações sobre esta edição do DOCSP, acesse o site do evento.


MOSTRA FRANCESA DE ANIMAÇÃO NO MARANHÃO

Entre os dias 25 e 27 de outubro, às 10h e às 14h, em São Luís do Maranhão, serão exibidos 10 curtas franceses de animação no Centro Cultural Vale Maranhão. A Mostra Infantil de Curtas de Animação Francesa apresenta uma pluralidade de olhares sobre a infância a partir do trabalho audiovisual de jovens diretores e animadores franceses.

Os dez filmes que comporão a Mostra de animação são: Sm80, de Nicolas Deveneaux; O Gato de Apartamento, de Sarah Roper; O Som das Chamas, realizado pelo Coletivo LISAA, A Migração das Bretas, realizado pelo Coletivo Les Gobelins (escola); Ao Fim do Mundo, de Konstantin Bronzit; A Luva, de Clémentine Robach, O Balé, de Louis Thomas, Flutuando na Minha Mente, de Hélène Leroux; Sob os seus Dedos, de Marie-Christine Courtès; e Lwas, de Mathilde Vacht.

A Mostra Francesa de Animação é realizada pelo CCVM em parceira com o Instituto Francês do Brasil.

O evento é gratuito e possui classificação livre.


SESC PAULISTA EXIBE CLÁSSICAS ANIMAÇÕES FRANCESAS

Entre os dias 16 e 18 de novembro no SESC Paulista, serão exibidas as célebres animações francesas O rei e o pássarode Paul Grimault, e Kiriku e a Feiticeira, de Michel Ocelot.

O filme O Rei e o Pássaro conta a história de um rei extremamente vaidoso e caprichoso que tem como hobby caçar pássaros, mesmo tendo uma péssima pontaria. Ele, o tirano Rei Charles Quinto e Três são Oito mais Oito Dezesseis, governante do Reino de Taquicardia, é cercado de súditos que vivem fazendo de tudo para que as vontades do monarca sejam atendidas. Apenas um pássaro tagarela que construiu seu ninho no alto do palácio ousa incomodar o rei.

Já Kiriku e a Feiticeira traz o fascínio da tradição africana numa história que celebra a coragem, a curiosidade e a astúcia. A obra é baseada em um conto da África Ocidental sobre uma comunidade subjulgada por uma terrível feiticeira, contra a qual o pequeno Kiriku luta para preservar sua aldeia. O filme é de um gênero inovador, com imagem e música originais que lhe deram o consagrado Grande Prêmio em Annecy em 1999.

A exibição de O rei e o pássaro e de Kiriku e a Feiticeira no SESC Paulista é realizada em parceria com a Cinemateca da Embaixada da França.


MOOC ePOP 2018

A partir do projeto Epop - Petits Ondes Participatives, desenvolvido pela RFI Planet, foi montado um MOOC - Massive Open Online Course –, em conjunto com a escola Gobelins em Paris, para treinar francófonos interessados a realizar vídeos profissionais através de smartphones.

O objetivo desta formação é também de desenvolver uma espécie de rede francesa de observação, informação e intercâmbio de cidadãos sobre as mudanças climáticas e ambientais que ameaçam as populações locais através do seus depoimentos e olhares.

O curso é gratuito, online e conta com 6 horas de duração por semana. Os interessados devem realizar sua inscrição neste link, que necessita de uma pré-inscrição.

Para mais informações, acesse o site do projeto Epop -  Petits Ondes Participatives e assista ao vídeo informativo realizado pela RFI Planet publicado recentemente no Facebook.


Cinemaison no Rio de Janeiro

CINEMAISON 29 E 30.10


Em cartaz no Brasil
Meu anjo

25.10 Meu Anjo

Angel face (França, 2018).

De Vanessa Filho. Com Marion Cotillard, Alban Lenoir e Ayline Etaix. Drama em /108’.

Eli, de 8 anos, e sua mãe, Marlène, moram em uma pequena cidade da Riviera Francesa, onde se esforçam para fugir do tédio e do serviço social. Quando Marléne se afunda em mais uma noite de excessos, ela decide deixar Eli para trás por conta de um homem que acabou de conhecer. A pequena criança deve confrontar os demônios da mãe para recuperá-la.

Distribuição: Imovision.


O poder de Diane

18.10 O Poder de Diane

Diane a les épaules (França, 2017).

De Fabien Gorgeart. Com Clotilde HesmesFabrizio RongioneThomas Suire. Comédia em /87’.

Sem hesitação, Diane aceitou carregar o filho de Thomas e Jacques, seus melhores amigos. É nessas circunstâncias, não muito ideais, que ela se apaixona por Fabrizio.

Distribuição: Bonfilm.


Na França

ABERTAS AS INSCRIÇÕES PARA O CINELATINO DE TOULOUSE DE 2019

O Festival Cinélatino - Rencontres de Toulouse abriu recentemente o processo seletivo para sua 31ª edição, esta que acontecerá entre os dias 22 e 31 de março de 2019 na cidade de Toulouse, na França. Estão aptos a se inscrever no festival filmes, sejam eles de obras de ensaio, ficção, animação, documentário, experimental e novos formatos, de diretores latino-americanos, produzidos nos anos de 2017 e 2018. O festival também recebe, em seções não competitivas, trabalhos de cineastas e produtores não latino-americanos cujos filmes são relacionados à América Latina.

O concurso é divido em três categorias competitivas: Filmes de Ficção, Documentários e Curtas. Em Filmes de Ficção, serão selecionadas doze obras que concorrerão ao Grande Prêmio Coup de Coeur de auxílio de distribuição na França, através de uma contribuição financeira de 3 mil euros para o distribuidor francês de contribuições técnicas no valor de 2 mil euros. Além disso, serão distribuídos ainda nessa categoria outros prêmios: Prêmio do Público, Prêmio FIPRESCI, Prêmio "Découverte" da Film Critics Francesa, Prêmio CCAS e Prêmio Rail d'Oc.

Já na categoria Filmes Documentários, a competição selecionará sete obras para concorrer ao Prêmio Documentário Rencontres de Toulouse com um prémio de 2 mil euros, o Prémio do Público, Prêmio SIGNIS eo Prêmio Documentário de estudantes do ensino médio. Finalmente, em Filmes de Curtas-Metragens, a competição apresentará o Prêmio Revelação, que escolherá um curta a ser exibido na região, além dos Prêmio Courtoujours e Prêmio SIGNIS de Curta Metragem.

Para as informações completas sobre a inscrição de filmes na 31ª edição do Festival Cinélatino - Rencontres de Toulouse, acesse o  site.


SIGA-NOS NO FACEBOOK, TWITTER E PELO RSS

Facebook Twitter RSS

Caso não consiga visualizar o conteúdo, clique aqui.

Caso não queira mais assinar este boletim, clique aqui.