Mediacine
Destaques da semana

O FESTIVAL VARILUX DE CINEMA FRANCES AINDA ESTA ROLANDO EM MAIS DE 55 CIDADES DO BRASIL

O publico brasileiro ainda pode discobrir as 19 produções francesas dessa nova edição do Festival nas salas parceiras, em mais de 55 cidades do Brasil. Não perde tambem a oportunidade de conhecer a Mostra de Realidade Virtual, cujo o curador é o diretor Michel Reilhac, no Cine Odeon no Rio de Janeiro e no Cine Arte em São Paulo, é de graça! Alem disso, o Festival Varilux de Cinema Francês com a parceria do Instituto Francês do Brasil e da Aliança Francesa de São Paulo, organizam uma sessão do documentário inédito no Brasil Amanhã (Demain) de Cyril Dion e Mélanie Laurent na segunda-feira 19 de junho as 19h00. O filme fala de sustentabilidade e será seguido de um debate com um time de cidadãos eco responsáveis:  André Palhano da Virada Sustentável de São Paulo, Carla Mayumi Albertuni de Talk Inc., Claudia Visoni (jornalista e ambientalista), Gustavo Prudente (liderança e Cultura sustentável) e Lourenço Bustani de Mandalah. Organizada no Teatro da Aliança do Centro, a sessão de Amanhã lançara o projeto Cine-Conversa que deve contar ainda com pelo menos outras três exibições até o fim do ano. Sabia mais aqui.


OBRAS BRASILEIRAS NO FESTIVAL DE ANNECY

Na mostra competitiva do Festival Internacional de Animação de Annecy se encontram quatro produções brasileiras. Endangerd Love de Diogo Kalil e Mateus De Paula Santos e Fábrica de Emoções de Gabriel Nobrega concorrem na categoria de filmes comissionados. Esses dois filmes são assinados pela Vetor Zero/ Lobo, que originaram a Vetor Filmes ­– empresa associada ao Brazilian Content, programa de exportação da Bravi em parceria com a Apex-Brasil. Estão concorrendo também,  na categoria de curtas-metragens Vênus, dirigida por Sávio Leite e O Poeta das Coisas Terríveis de Guy Chaineaux. O Brazilian Content levará uma delegação composta por seis produtoras ao Mifa, mercado integrado à programação do Festival Internacional de Animação de Annecy, na França. O evento acontece de 13 a 16 de junho. Além da Vetor Filmes, integram a delegação brasileira a 2DLab, a Intro Pictures, a Carmela Conteúdos, a Sincrocine, a Primo Filmes e a Coala Filmes. O Brazilian Content participa do mercado desde 2012, pois a animação é uma linguagem importante para o audiovisual brasileiro e tem se desenvolvido.


FESTIVAL DE ANNECY: ENCONTRO FRANÇA-BRASIL NO MIFA

No âmbito do Festival de animação de Annecy, acontece cada ano o Mercado Internacional do Filme de Animação (Mifa, até o dia 16 de junho) que é voltado para produtores de animação com projetos na primeira fase de desenvolvimento, permitindo concretizá-los ao promover seu encontro com grandes empresas atuantes no mercado audiovisual. Hoje, dia 14 de junho as seguintes instituições e vários produtores brasileiros participaram duma reunião França-Brasil para agilizar as produções animadas entre os nossos dois países: o CNC (Centre National du Cinéma et de l'Image Animée), Film France, Apex Brasil, Cinéma do Brasil, Brazilian Content, Animamundi. Foram abordados temas como : o que é e como coproduzir com a França e o Brasil, o que é o Crédito de Imposto Internacional C2I (apresentado pelo Film France), quais são as instituições brasileiras do audiovisual, o que é o FSA (apresentado pelo BRAVI). O Brazilian Content (BrC), projeto de exportação da BRAVI em parceria com a Apex-Brasil ofereceu uma consultoria exclusiva para empresas participantes, que inclui reuniões preparatórias com especialista do setor e auxílio no agendamento de encontros durante o evento. O Instituto Francês do Brasil/ Embaixada da França no Brasil está presente durante todo evento representado pela Senhora Olivia Tran ; fique a vontade para contata-la! tran.oliv@gmail.com.

 

 


5ª EDIÇÃO DO BIG FESTIVAL EM SÃO PAULO

A 5ª edição do BIG Festival (Brazil's Independent Games Festival) acontecerá entre os dias 24 de junho e 2 de julho de 2017 em São Paulo. O BIG é o mais importante festival de jogos independentes da América Latina. Além das atrações já conhecidas, a edição de 2017 contará com o BIG VR, que englobará debates e experimentos em realidade virtual e o BIG Robotics, um espaço ampliado para apresentações de robôs. Além disso, o BIG realiza o Business Forum, com palestras, encontros e rodadas de negócios para o fortalecimento da indústria nacional de games. No ano passado, o evento homenageou a França, país parceiro da indústria brasileira de jogos, através de uma parceria com a Embaixada da França, com o SNJV (Sindicado Nacional dos Videogames, em Francês) e com o Le Game (programa francês de exportação de video game).  O resultado foi uma participação inédita de 18 empresas francesas nas rodadas de negócios, palestras e atividades do BIG Festival 2016.


VoD E DIREITOS : PRIORIDADE DA ANCINE PELA DÉBORA IVANOV

Entre as prioridades listadas por a presidente-interina da Ancine, Débora Ivanov, enquanto ela se mantiver no comando da agência, estão o que ela chama de "simplificação regulatória", a discussão de uma regulamentação de direitos e a conclusão do debate sobre o VoD. Em relação à simplificação regulatória, Débora Ivanov explica que essa é uma demanda de vários players do mercado, que comumente se queixam do excesso de burocracia da agência. Em relação à regulamentação de direitos, Débora Ivanov explica que o problema foi detectado a partir da constatação de que nos diferentes projetos de coprodução envolvendo recursos públicos, muito pouco estaria sobrando para os produtores, que teriam se tornado meros executores. O Conselho Superior de Cinema provocou a terceira prioridade que é toda essa discussão em relação ao vídeo-sob-demanda. "Sabemos que é uma questão polêmica e com muita divergência, mas é um debate que não podemos ignorar", diz ela. Não se pode deixar esse debate para segundo plano e a ideia da Ancine é concluir a rodada de conversas com os diferentes interessados ainda em junho e julho, de modo que em agosto seja possível voltar ao Conselho Superior de Cinema com um relatório definitivo. Foi organizado na Segunda-feira pelo Sistema Firjan e o Sindicato Interestadual da Indústria Audiovisual (Sicav) o seminário "Propriedade Intelectual – o desafio da gestão de direitos na era digital" visando fortalecer a indústria do audiovisual no estado do Rio de Janeiro.


PROJETOS BRASILEIROS NOS PITCHS DO SUNNY SIDE OF THE DOC EM LA ROCHELLE

A 28ª edição Sunny Side of the Doc, que é um dos principais mercados de documentário mundiais, acontecerá em La Rochelle entre os dias 19 e 22 de junho. Na edição de 2016, o evento contou com mais de 2000 participantes e 500 expositores de 60 diferentes países. Inovações tecnológicas – como realidade virtual e aumentada – estarão no centro não só das discussões como do novo programa de conferências sobre a cultura digital. Além disso, o Sunny Side of the Doc lança este ano o PiXii, um evento para mostrar novas funções da tecnologia digital. Já o mercado do festival vai explorar assuntos internacionais atuais em sua relação com a História. Dois projetos brasileiros foram selecionados para os pitchs: Florestar -Povo da Floresta da Duo2.tv, foi selecionado na categoria Interesse Social e Humano, e Operação Pedro Panda da Grifa Filmes, disputa na categoria história. Em 2016, a Grifa Filmes venceu o pitching desta mesma categoria com o documentário 1968 - O Despertar, uma coprodução com Alemanha, França e Noruega, que está em fase de pré-produção. As produtoras irão ao mercado com a delegação organizada pelo Brazilian Content, projeto de exportação da BRAVI em parceria com a Apex-Brasil. Além da Duo2.tv e da Grifa Filmes, fazem parte da delegação do Brazilian Content no Sunny Side of the Doc a 3FilmGroup.TV, Canal Azul, Carmela Conteúdos, Cine Group, Fato. Feel Filmes, FM Produções, Grifa Filmes, Indiana Produções, Marahu, Na Laje Filmes, Pequi Filmes e Story Productions.


ANCINE DIVULGA DADOS DO SISTEMA DE MONITORAMENTO DA TV PAGA

A ANCINE divulgou dados de seu Sistema de Monitoramento da TV Paga, que permite a obtenção de um retrato detalhado e preciso dos conteúdos veiculados na TV Paga no Brasil. A plataforma MP-SeAC (Monitoramento de programação de Acesso Condicionado) monitora atualmente 107 canais. Os dados apontam para um aumento do volume de obras brasileiras independentes registradas na ANCINE, que passou de uma média anual de 522 obras, no período de 2010 a 2012, para 1939 de 2013 a 2015, representando um crescimento de 271%.  Do montante desse conteúdo, 62% da produção inédita produzida em 2015 e 2016 se encontra licenciada para TV paga. Da produção já licenciada, 68% já estreou nos canais por assinatura. O registro de obras publicitárias brasileiras para TV Paga também cresceu.  Em 2016, as obras publicitárias brasileiras passaram a corresponder a 87% das obras de publicidade veiculadas na TV por assinatura. Em relação à programação, a cota mínima estabelecida pela Lei 12.485 não só vem sendo cumprida, como superada em muitos canais. Neste ano, de acordo com a medição, os canais brasileiros de espaço qualificado cumpriram as obrigações legais de programação brasileira em 97,1% das semanas.


BRLAB COMEÇA A RECEBER PROJETOS EM DESENVOLVIMENTO

A sétima edição do BrLab – desenvolvimento de projetos audiovisuais acontecerá de 19 a 27 de outubro em São Paulo. Os profissionais interessados em participar poderão inscrever seus projetos gratuitamente até o dia 10 de julho. As atividades do laboratório são direcionadas ao desenvolvimento de projetos de longa-metragem de ficção (brasileiros e estrangeiros) e à qualificação de profissionais do setor audiovisual. Nessa edição, o BrLab terá duas categorias de convocatórias: a já tradicional convocatória do BrLab dedicada a projetos em fase inicial de desenvolvimento e financiamento e a inaugural do Workshop de Design de Audiência com TorinoFilmLab, para projetos em estágio avançado de desenvolvimento e financiamento, que já possuam distribuidor e/ou agente de vendas internacional comprometidos com o projeto. Mais informações no site.


Cinemaison no Rio de Janeiro
Obrigado, Patrão!

19/06 às 13h MERCI PATRON!

Merci patron! (França 2016). De François Ruffin. Em cores/93’. Classificação etária Livre.


Irrepreensível

19/06 às 15h IRREPROCHABLE

Irréprochable (França 2015). De Sébastien Marnier. Com Benjamin Biolay, Joséphine Japy, Marina Foïs. Em cores/103’. Classificação etária 12 Anos.


L'Apollonide, Os Amores da Casa de Tolerância

19/06 às 18h NOITE BONELLO : L´APPOLONIDE

L'Apollonide, souvenirs de maison Close (França 2011). De Bertrand Bonello. Com Céline Salette, Hafsia Herzi, Jacques Nolot, Pauline Acquart, Xavier Beauvois. Em cores/122’.


Nocturama

19/06 às 20h NOITE BONELLO : NOCTURAMA

(Alemanha, Bélgica, França 2016). De Bertrand Bonello. Com Finnegan Oldfield, Hamza Meziani, Vincent Rottiers. Em cores/130’.


Em cartaz no Brasil
Garoto fantasma

ESTREIA 22/06 GAROTO FANTASMA

Phantom Boy (Bélgica, França 2017). De Alain Gagnol, Jean-Loup Felicioli. Em cores/84’.


Na vertical

ESTREIA 22.06 NA VERTICAL

Rester vertical (França 2016). De Alain Guiraudie. Em cores/100’.


Um instante de amor

ESTREIA 29/06 UM INSTANTE DE AMOR

Mal de pierres (França 2016). De Nicole Garcia. Com Louis Garrel, Marion Cotillard. Em cores/121’.


Tour de France

ESTREIA 29/06 TOUR DE FRANCE

(França 2017). Com Gérard Depardieu. Em cores/95’.


Monsieur & Madame Adelman

ESTREIA 29/06 MONSIEUR & MADAME ADELMAN

(França 2017). De Frédérique Bedos. Em cores/120’.


Na França

19º FESTIVAL DO CINEMA BRASILEIRO DE PARIS

O Festival de Cinema Brasileiro de Paris chega a sua 19ª edição, que será realizada entre os dias 20 e 27 de junho no cinema L'Arlequin. Este ano, o evento celebra os 50 anos do Tropicalismo com uma programação que conta com clássicos e filmes brasileiros inéditos no Brasil. Além da mostra competitiva de ficção, o festival contará com mostras paralelas de documentários, ficção, filmes voltados ao público jovem e a mostra especial 50 anos do Tropicalismo. Da mostra competitiva de ficção participam Não Devore Meu Coração de Felipe Bragança, Beatriz de Alberto Graça,Era o Hotel Cambridge de Eliane Caffé, Como Nossos Pais de Laís Bodanzky, Para Ter Onde Ir de Jorane Castro, Redemoinho de José Luiz Villamarim, Rio Mumbai de Pedro Sodré e Gabriel Mellin e Gabriel e a Montanha de Felipe Barbosa. Nas mostras paralelas serão exibidos Chico - Artista Brasileiro de Miguel Faria Junior, Elis de Hugo Prata, Tropicália de Marcelo Machado, Rogério Duarte, o Tropikaoslista de José Walter Lima, Jonas e o Circo sem Lona de Paula Gomes, Menino 23 - Infâncias Perdidas no Brasil de Belisário Franca, Deixa na régua de Emílio Domingos, No Intenso Agora de João Moreira Salles, Martírio de Vincent Carelli, Ernesto de Carvalho e Tita, Outro Sertão de Adriana Jacobsen e Soraia Vilela, Danado de Bom de Deby Brennand e São Paulo em Hi-Fi de Lufe Steffen. Confira os dias e horários das sessões no site. Apoio: Embaixada da França no Brasil, Institut Français e Air France.


LA FETE DU CINEMA

A Fête du Cinéma (Festa do Cinema) chega a sua 33ª edição na França. Durante quatro dias excepcionais, este ano de 25 a 28 de junho, os ingressos dos cinemas cadastrados custam apenas 4 euros em todos os filmes e sessões. Em 2016, o evento levou mais de 3,2 milhões de espectadores às salas de cinema francesas. Assista ao teaser aqui. Mais uma vez este ano, o Instituto Francês do Brasil e a Embaixada da França no Brasil são parceiros. Cinemaison apresenta no dia 26 de junho os seguintes filmes : ás 13h00 Mash up French Touch, ás 18h00 La Loi de la jungle e ás 20h00 Mercenaire, é de graça. Venham aproveitar e celebrar com a gente essa nova edição da Fête du Cinéma!


SIGA-NOS NO FACEBOOK, TWITTER E PELO RSS

Facebook Twitter RSS

Caso não consiga visualizar o conteúdo, clique aqui.

Caso não queira mais assinar este boletim, clique aqui.