Mediacine
Destaques da semana

COMEÇA HOJE A 5ª EDIÇÃO DO CURTA BRASÍLIA

O Festival Internacional de Curta Metragem vai até 18 de dezembro, no Cine Brasília. A programação gratuita é formada por duas mostras competitivas (curtas-metragens e videoclipes), pela oficina “cinema de bolso” – que apresentará as possibilidades de produção audiovisual utilizando dispositivos móveis, e por diversas mostras temáticas, incluindo a Mostra À Francesa, uma seleção com os melhores curta-metragens franceses apresentados em edições recentes do Festival International du Film d’Animation d’Annecy. Dentre as ações de apoio da Embaixada da França ao Festival está o Prêmio Cine França Brasil, programa de intercâmbio que selecionará um integrante da equipe de um curta-metragem para acompanhar um festival de cinema na França, a ser escolhido pelo representante premiado, no intuito de promover parcerias internacionais e aprimoramento profissional.Os convidados franceses Bernard Payen (Coordenador de Programação da Cinemateca de Paris) e Raphaël Ceriez (Adido Cultural da Embaixada da França), que estão na Comissão Franco-Brasileira do Prêmio Cine França Brasil, participarão também, no dia 18 de dezembro às 16h20, da palestra Conexões Brasil-Europa, direcionada à apresentação de possibilidades para profissionais do audiovisual e produções brasileiras em países como Holanda, Alemanha, França e Espanha. 


“DIA DO CURTA“ NA ALIANÇA FRANCESA RJ

O evento, dedicado ao filme de curta metragem, acontecerá dia 21 de dezembro no Auditório Aliança Francesa em Botafogo. Neste mesmo dia acontece na França a Fête Le Jour le Plus Court, festa igualmente dedicada aos curtas e comemorada no dia mais curto do ano no hemisfério norte. Bernard Payen, atual Coordenador de Programação da Cinemateca de Paris, estará presente para apresentar seu filme Mister H (2014), gravado no Brasil. Bernard foi curador e coordenador da comissão de curtas metragens da Semana da Crítica (Festival de Cannes) entre 2005 e 2013. Já dirigiu diversos curtas, como Reminiscence (2006), Portrait of the french filmmaker Damien Odoul (2009) e Mister H (2014). É também redator chefe do programa Court-Circuit, apresentado no canal franco-alemão Arte. Além de Mister H, serão apresentados os curtas: Jeunesse des loups-garous (2015), de Yann Delattre (23’), Edmond était un âne (2012), de Franck Dion (15’) e Je suis comme je suis (2014), de Marion Auvin (3’). O evento conta com apoio da Embaixada da França


7ª EDIÇÃO DO MYFRENCHFILMFESTIVAL

Festival de cinema francês totalmente online, o inovador MyFrenchFilmFestival acontecerá de 13 de janeiro a 13 de fevereiro de 2017. Dez longas-metragens e dez curtas-metragens franceses, todos com legenda disponível em português, concorrem ao Prêmio Chopard dos Cineastas, ao Prêmio da Imprensa Internacional e ao Prêmio Lacoste do Público – decidido pelo voto dos internautas na plataforma do festival. O documentário Cineast(a)s (Cineast(e)s) de Julie Gayet e Mathieu Busson, exibido em novembro no Cinemaison, estará na competição. Os curtas serão gratuitos no mundo inteiro. Os longas serão gratuitos na América Latina, Rússia, Polônia, Romênia, África e Índia. Para os demais territórios a locação de um longa-metragem custará 1,99€ e o pacote do festival custará 5,99€, dando direito de acesso à todos os filmes disponíveis. Apoio: Embaixada da França e Institut Français.


NÃO DEVORE MEU CORAÇÃO FARÁ ESTREIA MUNDIAL NO FESTIVAL DE SUNDANCE

O longa dirigido por Felipe Bragança foi selecionado para representar o Brasil no Festival que acontecerá de 19 a 29 de Janeiro de 2017 em Utah, nos EUA. A produção, inspirada nos contos de Joca Reiners Terron e estrelada por Cauã Reymond, narra a história de um amor juvenil e tem como pano de fundo a Guerra do Paraguai. Leopoldo Pacheco, Cláudia Assunção e Ney Motogrosso também participam do filme. A previsão é que o longa chegue aos cinemas nacionais no segundo semestre do ano que vem. A França classificou Dadyaa — The Woodpeckers of Rothade Pooja Gurung e Bibhusan Basnet (coprodução com o Nepal), The Geneva Convention de Benoit Martin, Mare Nostrum de Rana Kazkaz e Anas Khalaf (coprodução com a Síria) e What Tears Us Apart de Wei Hu na categoria de Curtas Narrativos Internacionais. Na categoria Midnight Short Films classificou Un ciel bleu presque parfait de Quarxx. A animação francesa também obteve êxito, tendo quatro filmes classificados na competição: The Bald Future de Paul Cabon, Black Holes de David Nicolas e Laurent Nicolas (corpodução com os EUA), How's your prostate? de Jeanne Paturle e Cécile Rousset e LOVE de Réka Bucsi (corpodução com a Hungria). Na categoria de documentários classificou WINNIE de Pascale Lamche. E na categoria de Cinema Dramático do Mundo, My Happy Family de Nana & Simon (coprodução com a Alemanha e a Geórgia) competirá com o brasileiro Não deve o meu coração.


DIEGO BUÑUEL VIRÁ AO RIO CONTENT MARKET REPRESENTAR O CANAL+

Neto do célebre cineasta Luís Buñuel, Diego trabalha à frente da curadoria de documentários selecionados para a programação do Canal +, da França. Ele virá ao evento para conhecer melhor o mercado audiovisual brasileiro, estreitar relações com canais locais e buscar parcerias para coprodução. Aos produtores brasileiros interessados, o Canal + tem investido nos documentários, com produções originais de alta qualidade técnica e boas histórias. A missão é colocar no ar, por ano, cerca de 10 documentários de 90 minutos no horário nobre.  Além de responsável pelos documentários do Canal+, Diego Buñuel é ex-correspondente de guerra para a TV francesa, dirigiu e apresentou o documentário Boomerang, la puce à l’oreille (2012) e é conhecido pelos programas da Nat Geo Zonas de Guerra com episódios filmados inclusive no Brasil, e Don’t Tell My Mother, inspirado nas viagens que realizou pelo mundo como repórter, em que mostra os desafios das grandes metrópoles. O RioContentMarket acontecerá nos dias 8, 9 e 10 de março de 2017, no Hotel Windsor Barra, Rio de Janeiro.


INSCRIÇÕES PARA O FESTIVAL É TUDO VERDADE TERMINAM AMANHÃ

O 22º É Tudo Verdade – Festival Internacional de Documentários acontecerá simultaneamente no Rio de Janeiro e em São Paulo entre 20 e 30 de Abril de 2017. O regulamento e a ficha de inscrição estão disponíveis no site. Curtas, médias e longas metragens realizados após janeiro de 2016 podem participar em uma das quatro categorias competitivas do concurso, duas dedicadas à obras internacionais e duas ao documentário brasileiro. Na próxima edição, o prêmio inédito de Melhor Documentário Latino-Americano será concedido pelo júri internacional. Desde 2015, os documentários de curta-metragem vitoriosos nas competições brasileira e internacional do festival estão automaticamente qualificados para a disputa do Oscar.


A ANIMAÇÃO NA FRANÇA CRIA CADA VEZ MAIS POSTOS DE TRABALHO

O crescimento do setor foi estimulado por medidas do CNC de apoio à redistribuição da produção. Paralelamente, a taxa de crédito fiscal passou de 20 à 25% e o crédito para os projetos estrangeiros realizados na França também aumentou. O resultado é um favorecimento do trabalho realizado na França, a criação de novos estúdios e a melhoria das estruturas já existentes. De acordo com os estúdios, o mercado francês será capaz de contratar a totalidade dos profissionais de animação que se formam na França durante, ao menos, 10 anos. Já segundo o SPFA (Sindicato dos produtores de filmes de animação), estima-se a criação de 600 a 1000 novos postos de trabalho até 2018. Enquanto isso, os efeitos mais imediatos são sentidos: desde a dificuldades de encontrar mão de obra especializada para desempenhar tarefas anteriormente subjugadas, como é o caso dos story-borders, animadores e rigs, até um déficit de mão de obra, levando as empresas à recrutar funcionários fora da França.


BOAS FESTAS!!!

O Serviço Audiovisual da Embaixada da França no Brasil deseja a todos um Feliz Natal e um próspero Ano Novo! 2016 foi um ano de muito sucesso para o cinema francês no Brasil, os filmes e coproduções francesas alcançaram a 3ª posição em termos de entradas por aqui. Por isso, agradecemos sinceramente os nossos parceiros e também os apaixonados pelo cinema que mantém viva a sétima arte em todos os cantos do Brasil. Voltaremos em 2017 com informações em primeira mão sobre o audiovisual francês no Brasil. Até breve!


Em cartaz no Brasil
A última licão

Estreia 22/12: A última licão

La Dernière Leçon (França 2016). De Pascale Pouzadoux. Com Marthe Villalonga, Sandrine Bonnaire. Em cores/105’.


Belos sonhos

Estreia 22/12: Belos Sonhos

Fai Bei Sogni (França, Itália 2016). De Marco Bellocchio. Em cores/134’.


O que está por vir

Estreia 22/12: O que está por vir

L'Avenir (Alemanha, França 2016). De Mia Hansen-Løve. Com Isabelle Huppert. Em cores/102’.


Na França

TERCEIRA CHAMADA PARA O PROGRAMA “AIDE AUX CINÉMAS DU MONDE” (ACM) – ETAPA DE DISTRUIBUIÇÃO

Os filmes que receberam apoio do programa do CNC e do Institut français durante sua produção podem ser inscritos para concorrer novamente à ajuda das instituições, desta vez na etapa de distribuição. O envio de projetos pode ser feito no site até o dia 10 de fevereiro de 2017. Os candidatos (sejam produtores, distribuidores...) precisam deter os direitos autorais da obra e apresentar uma estratégia de distribuição envolvendo no mínimo três territórios. Na lista de filmes aptos para concorrer ao auxílio estão três filmes dirigidos por brasileiros e cinco coproduções envolvendo o Brasil. Desde 2012, o ACM oferece suporte à filmes ao torná-los coproduções francesas. O ACM Distribuição é um novo componente do programa, desenvolvido para apoiar e promover a distribuição e circulação internacional de filmes ACM coproduzidos com países de fora da Europa.


CINÉMA EN CONSTRUCTION – CINÉLATINO: INSCRIÇÕES ABERTAS

Os interessados têm até o dia 29 de janeiro de 2017 para inscrever seus filmes no site. O programa Cinéma en Construction foi desenvolvido em parceria pelo Festival de San Sebastián  e Les Rencontres Cinelatino de Toulouse. O objetivo é oferecer suporte à longas-metragens independentes de ficção que tenham sido forçados a interromper seu curso na fase de pós-produção por carecerem de recursos. O programa viabiliza a finalização destes filmes e realiza sua promoção em nível internacional, dando visibilidade junto aos profissionais do mercado e favorecendo sua circulação e difusão. A seleção é feita em duas etapas: 6 filmes são escolhidos em março durante o Cinelatino (17 e 26 de março de 2017) em Toulouse e os outros 6 em setembro no Festival de San Sebastián.


SIGA-NOS NO FACEBOOK, TWITTER E PELO RSS

Facebook Twitter RSS

Caso não consiga visualizar o conteúdo, clique aqui.

Caso não queira mais assinar este boletim, clique aqui.