Mediacine
Destaques da semana

ANIMAÇÃO BRASILEIRA SERÁ A HOMENAGEADA NA PRÓXIMA EDIÇÃO DO FESTIVAL DE ANNECY

O Festival de Annecy (França), maior festival de animação do mundo, anunciou durante sua última edição que a animação brasileira será a homenageada do festival em 2018, que acontecerá de 11 a 16 de junho do ano que vem. A produção do Brasil será colocada em destaque tanto no festival, através de uma extensa programação de clássicos e obras contemporâneas, quanto no Mifa, o mercado do festival. A última edição aconteceu entre os dias 12 e 17 de junho e o Mifa, entre 13 e 16 de junho; ambos receberam mais de 10 mil credenciados (11% a mais que em 2016). O Brasil esteve representado nas mostras competitivas de curtas-metragens e films de commande. Já no Mifa, o país marcou presença através da delegação organizada pelo Brazilian Content, que contou com as produtoras Vetor Filmes2DLabIntro Pictures, Carmela Conteúdos, Sincrocine, Primo Filmes e Coala Filmes. No dia 14 de junho, produtores brasileiros e representantes do CNC (Centre National du Cinéma et de l'Image Animée), Film FranceApex-BrasilCinema do BrasilBrazilian Content participaram de uma reunião França-Brasil para agilizar as produções animadas entre os países.


FESTIVAL VARILUX 2017: A PROGRAMAÇÃO CONTINUA EM QUATRO CIDADES BRASILEIRAS

O Festival Varilux de Cinema Francês 2017 (7 a 21 de junho) foi um sucesso. Em duas semanas, os 19 filmes da programação percorreram 56 cidades brasileiras e foram exibidos em 106 cinemas. A boa notícia é que quatro cidades ainda mantém uma programação do festival: Caxias do Sul até 02 de julho, Curitiba e Salvador até 05 de julho e Brasília (Sala Le Corbusier) até 19 de julho. Ao todo, foram 2 noites de abertura, 32 pre-estreias em parceria com as Alianças Francesas, uma delegação de 9 artistas, 56 sessões educativas, 58 sessões de democratização, 7 mesas redondas sobre o documentário Amanhã de Cyril Dion Mélanie Laurent em 7 diferentes cidades, 3500 experiências de realidade virtual, 2 masterclass, 1 laboratório de roteiros e 38 sessões com artistas. A programação ampla e bem distribuída reforça a tentativa de democratização do cinema e desconcentração das sessões do eixo Rio - São Paulo. Em Pernambuco, por exemplo, duas salas recém-inauguradas (Cine Rio Branco em Arcoverde e Theatro-cinema Guarany em Triunfo) pelo projeto Cinemas de Rua, receberam sessões do Festival. A cobertura em fotos está disponível aqui e a programação estendida aqui.


PARTICIPAÇÃO BRASILEIRA NO SUNNY SIDE OF THE DOC

A 28ª edição do Sunny Side of the Doc, um dos principais mercados de documentário mundiais, aconteceu em La Rochelle entre os dias 19 e 22 de junho. O Brazilian Content organizou a ida de uma delegação de produtores brasileiros que contou com 12 empresas (Canal Azul, Carmela Conteúdos, Cinegroup, Duo2.tv, FATO., Feel Filmes, FM Produções, Grifa Filmes, Indiana Produções, Marahu, Na Laje Filmes e Story Productions) e 17 credenciados, os quais participaram de um encontro especial com produtoras francesas no dia 21. Também estavam presentes 5 canais da TV paga, convidados pelo evento como buyers/commissioning editors: Curta!, Canal Brasil, Arte1, Roquette Pinto e Globo News. Além disso, dois projetos brasileiros foram apresentados nos pitches: Forest People da Duo2.tv no Social issues & Human interest pitch e Operation Pedro Pan da Grifa Filmes no History pitch. 


2° FESTIVAL DE CINEMA LGBTI EM BRASÍLIA

Acreditando no poder transformador do cinema, a comunidade internacional de Brasília se reúne, pela segunda vez, para realizar o Festival Internacional de Cinema LGBTI, que acontece até 2 de julho de 2017 no Cine Brasília com entrada franca. Serão exibidos, ao longo do Festival, 13 filmes de 13 diferentes países e 10 curtas da campanha da Organização das Nações Unidas (ONU) Livres & Iguais. Todos os países organizadores do Festival bem como a ONU estão comprometidos com a promoção dos direitos humanos e são grandes aliados do movimento LGBTI. O filme francês exibido será Garotos do Leste de Robin Campillo, premiado na Mostra de Veneza (2013). Campillo foi premiado na última edição do Festival de Cannes pelo documentário 120 battements par minute. O festival é organizado pelas embaixadas da Austrália, Bélgica, Dinamarca, Estados Unidos, França e Países Baixos, com o apoio das embaixadas da Alemanha, Canadá, Croácia, Noruega, Reino Unido e Suécia; o Ministério da Saúde Brasileiro; a Organização das Nações Unidas no Brasil, o Instituto Francês do Brasil e a Secretaria de Cultura do Distrito Federal. Mais detalhes na página do evento.


COMEMORAÇÃO DO DIA NACIONAL DA FRANÇA EM NITEROI

O Consulado Geral da França no Rio de Janeiro, em parceria com a Prefeitura de Niterói e a Reserva Cultural, organiza uma programação especial em Niterói para comemorar o 14 de julho, que é o Dia Nacional da França. A programação acontecerá no sábado, 15 de julho, a partir da hora do almoço. Na ocasião, o público poderá desfrutar de um dia de gastronomia, música e cinema na Reserva Cultural de Niterói, o mais novo centro cultural da cidade. O evento contará com a presença de grandes chefes franceses e brasileiros e degustação de iguarias francesas. Além disso, os organizadores do evento estão preparando, em parceria com as distribuidoras de filmes FênixImovision, uma ampla programação musical e cinematográfica. Em breve, divulgaremos todos os detalhes. Para conhecer toda a programação cultural organizada pelo Consulado da França no Rio no mês de julho, clique aqui. Apoio: Instituto Francês do Brasil.


ESTREIA DO DOCUMENTÁRIO “A PASSARELA DA VIDA” NO ESPAÇO CULTURAL A MAISON (RJ)

O espaço cultural A Maison do Consulado Geral da França no Rio de Janeiro receberá no dia 13 de julho às 19h30 a estreia do documentário A passarela da vida (26’) de Emmanuel Rufi dentro da programação Olhares Cruzados. O filme acompanha um curso de modelo na Rocinha criado há 20 anos por José Luiz Summer. Quando o estilista mineiro Victor Dzenk chega à favela da Rocinha, procurando um modelo local para seu desfile na Rio Fashion Week, os adolescentes começam a sonhar com uma carreira profissional. A exibição do filme será seguida de um debate mediado pelo diretor e com a presença de José Luiz Summer, fundador do curso DREAM MODELS e Rafaela Lemes, eleita rainha do Rio para 50 anos em 2015, ex-aluna do curso. Mais detalhes na página do evento. Para conhecer toda a programação cultural organizada pelo Consulado da França no Rio no mês de julho, clique aqui. Apoio: Instituto Francês do Brasil.


MOSTRA NATUREZA ADENTRO EM SP

A Cinemateca do Serviço Audiovisual da Embaixada da França no Brasil é parceira da Mostra Natureza Adentro que acontece no Cinema da USP (Cinusp) Paulo Emílio até 14 de julho. Os filmes apresentados exploram o conflito do ser humano com a natureza e, assim, recuperam um dos primeiros e grandes fascínios provocados pelo cinema: a possibilidade de se viajar para realidades distantes. Neles podemos notar a manifesta vontade por parte das personagens de fugir da cidade. No entanto, as angústias e os problemas que motivam a fuga normalmente acompanham as personagens; é possível deslocar-se geograficamente, mas não escapar de si mesmo. Na programação, as obras francesas O Ornitólogo de João Pedro Rodrigues, Sem teto nem lei de Agnès Varda e O Território de Raoul Ruiz. A programação completa está disponível aqui.


PROGRAMAÇÃO DE FILMES FRANCESES NA CINEMATECA BRASILEIRA EM SP

A Cinemateca Brasileira, em parceria com a Embaixada da França no Brasil, dedica mais de duas semanas à produção francesa recente. Entre os dias 06 e 23 de julho serão exibidos 12 filmes franceses, a maioria deles inéditos em nosso circuito comercial, que possibilitam conhecer um pouco da riqueza audiovisual de um país tão apaixonado pela sétima arte quanto à França. A programação conta com Nocturama de Bertrand Bonello, 21 noites com Pattie de Jean-Marie LarrieuArnaud Larrieu, Não sou um canalha de Emmanuel Finkiel, Pessoas-pássaro de Pascale Ferran, Cineast(a)s de Julie GayetMathieu Busson, Garotos do leste de Robin Campillo, A última sessão de Laurent Achard, A vida doméstica de Isabelle Czajka, The Ballad of Genesis and Lady Jaye de Marie Losier, Suzanne de Katell Quillévéré, A Escola de Babel de Julie Bertuccelli e Febre de Hicham Ayouch. Os filmes são exibidos sempre de quinta a domingo. Em breve, a programação completa estará disponível aqui. Apoio: Instituto Francês do Brasil


1ª MOSTRA JOIAS DO CINEMA AFRICANO NO CINE JOIA (RJ)

Uma parceria entre o Cine Joia, o Instituto Francês do Brasil e a Cinemateca da Embaixada da França traz a 1ª Mostra Joias do Cinema Africano ao Rio de Janeiro, entre os dias 29 de junho e 12 de julho. O público poderá assistir, pelo preço único de 8 reais, os filmes Carta de Amor à Zulu de Ramadan Suleman, Aya de Clément Oubrerie e Marguerite Abouet, Yema de Djamila Sahraoui, Hoje de Alain Gomis, A Morte do Deus Serpente de Thi Tham Nguyen, Pégaso de Mohamed Mouftakir, Viva Riva! de Djo Tunda Wa Munga e Nothing but the Truth de John Kani. Mais detalhes na página do evento. 


MINI-CURSO FICINE: “CINEMA AFRICANO, PELA DESCOLONIZAÇÃO DAS TELAS” NO CINEMAISON (RJ)

Em parceria com o FICINE - Fórum Itinerante de Cinema Negro, o Cinemaison propõe um minicurso gratuito sobre o Cinema Africano ministrado pela coordenadora do fórum, Janaína Oliveira, durante os dias 3, 4, 10 e 11 de julho de 2017. Cinema Africano pela Descolonização da Telas é aberto ao público mediante a inscrição através do e-mail contato@cinefrance.com.br. Serão 4 encontros, nas duas primeiras semanas de julho, sempre às segundas e terças-feiras, de 19 às 22h. Além das aulas, ocorrerão projeções de filmes abordados ao longo do minicurso nas tardes de segunda (13h, 15h e 17h), na terça-feira dia 4 de julho às 18h e no dia 11 de julho às 19h. Consulte a programação completa na página do evento. Apoio: Embaixada da França no Brasil e Instituto Francês do Brasil.


Ciné Le Corbusier em Brasília
Duas Garotas Românticas

12.07 Duas Garotas Românticas

Programação estendida do Festival Varilux de Cinema Francês
Les Demoiselles de Rochefort (França 1967).
De Jacques Demy. Com Catherine DeneuveDanielle DarrieuxFrançoise DorleacJacques PerrinMichel Piccoli. Musical em cores/91’.
Delphine e Solange são duas irmãs gêmeas encantadoras e espirituosas de 25 anos. Delphine, a loira, dá aulas de dança e Solange, a ruiva, aulas de música. Elas vivem então da música e sonham ir para Paris e ter uma vida de fantasias. Alguns empresários chegam à cidade e passam a frequentar o bar que é da mãe delas. Uma grande feira é promovida e um marinheiro sonhador está à procura da mulher ideal...


Perdidos em Paris

05.07 Perdidos em Paris

Programação estendida do Festival Varilux de Cinema Francês
Paris Pieds Nus (Bélgica, França 2017).
De Fiona Gordon. Com Dominique AbelFiona Gordon. Comédia em /83’.
Fiona, uma bibliotecária canadense, recebe uma carta misteriosa de uma tia distante. Na carta, a tal tia pede que ela viaje imediatamente à França, pedindo socorro. Sem ter a menor ideia do que está acontecendo e nem mesmo onde a sua tia se encontra, Fiona viaja até Paris e começa a buscar sua parente distante.
Distribuição: Pandora Filmes


Em cartaz no Brasil
Viagem através do cinema francês

06.07 Viagem através do cinema francês

Voyage à travers le cinéma français (França 2016).
De: Bernard Tavernier. Documentário em /195’.
O diretor francês Bertrand Tavernier realiza, neste filme, um verdadeiro passeio pelas memórias, pelas glórias e pelas histórias da cinematografia francesa, analisando de maneira íntima, profunda e apaixonada o trabalho de diretores como Jean Renoir, Jean Vigo, François Truffaut, Max Ophuls, Robert Bresson e também a obra de cineastas menos conhecidos. Todos eles possuem uma coisa em comum nas suas obras: a capacidade de criar emoções verdadeiras através do cinema.
Distribuição: Fênix Filmes


Perdidos em Paris

06.07 Perdidos em Paris

Paris Pieds Nus (Bélgica, França 2017).
De Fiona Gordon. Com Dominique AbelFiona Gordon. Comédia em /83’.
Fiona, uma bibliotecária canadense, recebe uma carta misteriosa de uma tia distante. Na carta, a tal tia pede que ela viaje imediatamente à França, pedindo socorro. Sem ter a menor ideia do que está acontecendo e nem mesmo onde a sua tia se encontra, Fiona viaja até Paris e começa a buscar sua parente distante.
Distribuição: Pandora Filmes


Poesia sem fim

06.07 Poesia sem fim

Poesía Sin Fin (Chile, França 2017).
De Alejandro Jodorowsky. Com Adan Jodorowsky. Em /128’.
Autobiografia do diretor chileno Alejandro Jodorowsky, que homenageia através da sua história a herança artística do Chile.
Distribuição: Espaço Filmes


Tour de France

13.07 Tour de France

(França 2017).
Com Gérard Depardieu. Comédia dramatica em /95’.
De Rachid Djaïdani. Far’Hook é um jovem rapper de vinte anos que é forçado a deixar Paris por um tempo. Seu produtor, então, recomenda que o jovem artista passe um tempo com seu pai, Serge, um homem decidido a seguir os passos de Joseph Vernet, um famoso pintor francês. Logo, o rapper se junta a Serge e a jornada dos dois criará uma amizade improvável entre dois homens extremamente distintos.
Distribuição: Bonfilm


A vida de uma mulher

13.07 A vida de uma mulher

Une Vie (Bélgica, França 2017).
De Stéphane Brizé. Drama em /119’.
Jeanne volta para casa após completar os estudos e passa a ajudar os zelosos pais nas tarefas do campo. Certo dia o visconde Julien de Lamare aparece nas redondezas e logo conquista o coração da jovem, que, encantada, com ele se casa e vai morar. Conforme o tempo avança Julien se mostra infiel, avarento e nada companheiro, o que vai minando a alegria de viver da antes esperançosa Jeanne.
Distribuição: Mares Filmes

 


Julho agosto

13.07 Julho agosto

Juillet Août (França 2917).
De Diastème. Comédia dramatica em /96’.
Só de estarem juntos, a convivência entre adolescentes e adultos pode ser desesperadora. Imaginem em uma viagem familiar. Dua irmãs de 14 e 18 anos dividem as férias entre o sul da França com a mãe grávida em julho e a Grã-Bretanha com o pai solteiro em agosto.
Distribuição: Cineart Filmes


Na França

“COMO NOSSOS PAIS” GANHA PRÊMIO NO FESTIVAL DE CINEMA BRASILEIRO DE PARIS

Como Nossos Pais de Laís Bodanzky, recebeu nesta terça (27) o prêmio de público na 19ª edição do Festival de Cinema Brasileiro de Paris (20 e 27 de junho). O evento celebrou os 50 anos do tropicalismo com exibição de documentários e debates sobre o movimento. Como Nossos Pais, que estreia dia 31 de agosto no Brasil, concorreu com outros sete filmes na mostra competitiva: Não Devore Meu Coração de Felipe BragançaBeatriz de Alberto Graça, Era o Hotel Cambridge de Eliane CafféPara Ter Onde Ir de Jorane CastroRedemoinho de José Luiz VillamarimRio Mumbai de Pedro Sodré e Gabriel Mellin e Gabriel e a Montanha de Felipe Barbosa. No longa, Maria Ribeiro dá vida à Rosa,  uma mulher dividida em seus muitos papeis: mãe, filha, profissional e esposa. A diretora e a protagonista do filme participaram de um debate com o público. 


FID – FESTIVAL INTERNACIONAL DE MARSELHA 2017

O Festival acontecerá entre os dias 11 e 17 de julho e o FIDLab, laboratório que auxilia projetos em qualquer estágio de desenvolvimento a encontrar financiamento e parceiros, nos dias 13 e 14 de julho. O Brasil participa das mostras competitivas com Baronesa de Juliana Antunes, L’exilé de Marcelo Novaes Teles (França/Brasil/Alemanha), Arábia de João Dumans e Affonso Uchoa e El auge del humano de Eduardo Williams (Argentina/Brasil/Portugal), que participa também das mostras paralelas ao lado de Sutis Interferências de Paula Gaitán e Rifle de Davi Pretto (Brasil/Alemanha). O trailer do festival está disponível aqui. Ano passado, a programadora do FIDLab, Fabienne Moris, esteve presente no BrLab em São Paulo e no RECLab em Recife, para compartilhar sua experiência com os profissionais brasileiros.


45ª EDIÇÃO DO FESTIVAL DE FILMES DE LA ROCHELLE

O Festival de la Rochelle chega a sua 45ª edição amanhã, com uma ampla programação que se estende até 9 de julho de 2017. Entre retrospectivas e homenagens consagradas a grandes nomes do cinema e mostras que destacam o trabalho de novos cineastas da cena mundial, o Brasil estará representado pela coprodução com a França Gabriel e a Montanha de Fellipe Gamarano Barbosa, que recebeu os prêmios Fondation Gan para a Difusão e Revelação France 24 na última edição da Semana da Crítica do Festival de Cannes. A programação completa está disponível aqui.


SIGA-NOS NO FACEBOOK, TWITTER E PELO RSS

Facebook Twitter RSS

Caso não consiga visualizar o conteúdo, clique aqui.

Caso não queira mais assinar este boletim, clique aqui.